A definição médica afirma que “mania” é uma “desordem mental caracterizada por preocupação excessiva com algum fato, objeto, etc.”

Vamos discutir um pouco da nossa mania?

Conhecida por aí como ECDEMOMANIA, MANIA ERRANTE ou DRAPEMANIA, que tem por definições, algo como:

Compulsão em viajar, passear, sair; manter-se longe de casa obsessivamente; desejo insano de afastar-se do lugar, da pátria;

A medicina procura entender alguns estilos de vida, que não estão dentro dos padrões “ditos normais” como: casa para o trabalho, trabalho para casa, com pequenas saídas para um cinema, ou visitas a shoppings aos fins de semana.

Os nômades, os ciganos, trocam insistentemente de lugar, com a particularidade de esgotar os recursos naturais para os primeiros e as oportunidades de ganho financeiro para os segundos. Já nós, viajantes compulsivos, trocamos de destino, assim que conhecemos tudo de bom e belo que se apresenta aos olhos. Conhecer os hábitos dos locais, saborear suas comidas típicas, enriquecer a alma e o espírito com a energia positiva característica de cada região do planeta. Feito isso, seguimos adiante, sempre avante.

A visão da estrada indecifrável, a amplitude da janela de um avião, o movimento adiante do ônibus, do trem. Tudo que nos move é expectativa do novo, ansiosamente aguardado e nem sempre, planejado.

Você tem esta MANIA? Desde muito pequeno? Já se perguntou quantas vezes pensou em fugir de casa? É daqueles que vive a semana ansiosamente pensando na sexta-feira, nas férias, no feriadão, quando vai colocar o carro na estrada? Acredite. Isto não tem CURA. Deve ser tratado homeopaticamente, com doses constantes de liberdade.

A tarefa de pesquisar sobre um destino na internet, ler livros de outros viajantes, conhecer experiências de blogueiros, guias, traçar rotas, viver planejando a próxima viagem, são os sintomas mais comuns deste distúrbio, se assim podemos definir.

Você está se identificando? Sofre por não admitir que está doente? Junte-se a nós e aceite o inevitável.

Venha VIAJAR. Comece pelo CAMPISMO, pelo CARAVANISMO. Aqui você vai encontrar seus pares convivendo com o novo. Para certificar-se que está diante de um exemplar verdadeiro, olhe fundo nos olhos e observe se há um brilho intenso, parecido com uma janela aberta para o horizonte.

Pode começar uma amizade segura. Você está do lado BOM da FORÇA.

Carlos Roberto Paiva

 

 

COMPARTILHAR
Colunista: Carlos Paiva
Carlos Roberto Paiva tem 59 anos, é analista de sistemas quase se aposentando, natural do Rio de Janeiro. Montanhista entusiamado. Mora com a esposa Gleidys em Teresópolis, no Camping Clube Quinta da Barra, onde além de seu trailer fixo, estaciona sua Camper Duaron. Apaixonados por viagens, lugares e culturas novas, estão na estrada e nos campings há mais de 22 anos juntos. Editam os blogs Nas Estradas do Planeta e Cozinha Prática nas Estradas. nasestradasdoplaneta@gmail.com nasestradasdoplaneta.com.br, cozinhapraticanasestradas.com.br