Um casal de jornalistas e fotógrafos lançou neste mês de março mais uma edição do livro “Portos e Terminais do Brasil”. Veja em primeira mão as imagens do Litoral do Paraná e de Itapoá (SC). São mais de 50 fotos disponibilizadas para o Correio do Litoral. (artigo correio do litoral)

Flávio Roberto Berger e sua esposa Vanda Rodrigues Cerqueira viajaram com um motor-home de Rio Grande (RS) a Belém e via aérea/fluvial para Manaus (AM), Santarém/PA, Macapá/PA, Itaituba/PA e Itacoatiara/AM, fotografando tomadas aéreas e terrestres de portos/terminais e cidades.

Em conversa com o MaCamp, Flávio contou um pouco do projeto: “Viajamos com paradas para fazer as fotos p o livro. De Joinville para Imbituba, Laguna, Porto Alegre, Pelotas, Rio Grande, Imbituba, Joinville, São Sebastião, Angra, Itaguai, Rio de Janeiro, Arraial do Cabo, Vitoria, região sul de Ilhéus, Ilhéus, Ilha de Itaparica, Salvador, Aracaju, Maceió, Recife, Joao Pessoa, Natal, Areia Branca, Fortaleza, São Luis, Belém. O motor home está em Belém, agora final do mês abril, retornaremos o roteiro, norte sul, mas sem a van Master 2014 engatada, já vendo a van, será agora uma tracker. O Moto home scheid 95/95 de 11m puxou a van de 3 toneladas sem problemas, mas a van é pesada. Tivemos dois problemas de quebra da bola do engate e do cambão. Estávamos a 20 km por hora, só danos pequenos. A van era uma base operacional de drone, escritório, oficina.”

4A obra está em sua quarta edição e conta com textos em português, inglês e mandarim. São 528 páginas acompanhadas de DVD com fotos e filmagens aéreas

Para fazer as imagens, a dupla utilizou carros, aviões, helicópteros, multirotores, lanchas, motos, navio, ferry boat, motor home, e muita caminhada. “O trabalho envolveu situações inusitadas, hilárias e, ao mesmo tempo, estressantes e perigosas, mas gratificante ao ver o resultado das fotos e publicado o livro portuário mais importante do Brasil”, conta Flávio Roberto Berger.

Reportagem do jornal Tribuna de Santos destaca que Berger viu de perto as mudanças do setor portuário brasileiro: “Nesta última edição, ele constatou o desenvolvimento de portos e terminais instalados nas regiões Norte e Nordeste. Em alguns casos, para alcançar os terminais, foi preciso viajar até 22 horas de barco – este é o tempo do trajeto entre Macapá (AP) e Belém (PA), onde estão sendo instalados terminais de granéis sólidos vegetais. ‘Em três anos, tudo ali será muito diferente e desenvolvido’.”

Flávio é joinvillense e Vanda, baiana. Atualmente, o casal se dedica à edição de livros portuários inéditos no mercado brasileiro e serviços fotográficos aéreos e terrestres. O próximo projeto é percorrer toda a América do Sul.

Mais informações: www.fotoimagem.com

 

COMPARTILHAR

CEO e Editor do MaCamp | Campista de alma de nascimento e fomentador da prática e da filosofia. Arquiteto por formação e pesquisador do campismo brasileiro por paixão. Fundador do Portal MaCamp Campismo sonha em ajudar a desenvolver no país a prática de camping nômade e de caravanismo explorando com consciência o incrível POTENCIAL natural e climático brasileiro. “O campismo naturaliza o ser humano e ajuda a integrá-lo com a natureza.”