Um campista um pouco mais “estruturado” em relação aos equipamentos acaba dependendo de um botijão de gás GLP para abastecer seu fogão, lampião e até geladeira, caso não utilize nenhum equipamento minimamente portátil que utilize cartuchos de gás butano. Há também os proprietários de trailers, motor homes e outros RV’s. Estes sim necessitam de um botijão para alimentar aquecedores de água além dos equipamentos já mencionados.

É nesta hora que começa com um botijão pequeno, geralmente de 2kg e depois acaba no dilema de qual utilizar, já que descobre que, além de durar pouco, é raro se conseguir uma troca de botijão diferente do mais comum de 13kg. É para isto que o MaCamp foi pesquisar e listar aqui os demais vasilhames do mercado, cada um com suas características para você poder eleger o mais adequado ao seu equipamento.

É importante pensar na possibilidade de todos os modelos de vasilhames para seu caso,mas principalmente nos quesitos:

1- Peso total

2- Tamanho

3- Troca

Por questões práticas da realidade de quem acampa, apenas levaremos em consideração os modelos de 2kg, 5kg, 8kg e 13kg. Isto porque o modelo de 20kg serve apenas para uso em empilhadeiras e afins (único que pode ser utilizado na horizintal) e os vasilhames de 45kg e 90kg restringem-se a uso doméstico e comercial, não sendo utilizados em Camping ou RV.

Primeiramente, a grande verdade é que fora das grandes Capitais, só mesmo o botijão de 13kg será fácil de ser encontrado.

Principalmente falando de Trailers e outros RV’s o peso é o fator que mais deve ser observado, já que os 13kg indicados referem-se somente ao líquido do gás que está dentro do botijão e tal peso total poderá trazer problemas para o engate do carro, suspensão do próprio veículo e fatores de dirigibilidade e segurança. No caso o quesito “tamanho”fica em um cargo mais fácil… já que ou cabe ou não cabe. Daí sim verificar se a troca do vasilhame escolhido será possível nos locais que deseja visitar.

Para quem utiliza apenas fogão e lampião, o botijão de 2kg será bastante durável e suas maiores vantagens estão no tamanho e peso, que além de seus valores serem atrativos, não seria o fim do mundo levar mais um de reserva, aumentando o tempo para troca ou ainda garantindo uma total independência da mesma. É correto aformar também que o botijão de 2kg é o mais encontrado entre os menos encontrados, ou seja, todos com exceção do 13kg. Sua desvantagem é o preço. Proporcionalmente é o que mais se paga caro se levarmos em consideração o volume de gás comprado. Consulte tabela abaixo.

Aos que utilizam fogão de 4 bocas com forno, aquecedor de chuveiro e/ou geladeira a gás já começam a ter problemas com a durabilidade dos botijões. uma geladeira a gás, por exemplo consome em torno de um botijão de 13kg a cada 28 dias de operação. Um aquecedor de água a gás também consome muito, gastando por exemplo em torno de um botijão de 5kg para alimentar um trailer com um casal usando fogao de duas bocas e aquecedor de água de 7L durante 15 dias.O botijão de 5kg ainda possui um tamanho e peso bastante favorável no contexto, porém é muito dificil de ser encontrado e fica em um nivel bem limitado em uso no exemplo acima.

E porque não utilizar logo o 13kg? Afinal este é o mais barato proporcionalmente aos demais e encontrado em qualquer revendedor. O problema, para alguns, está exatamente no peso e tamanho. Ou simplesmente não cabe no equipamento ou seu peso afeta algum fator preponderante no conjunto, como por exemplo o excesso de peso sobre a lança (engate) do trailer levando a um esforço muito grande na bola do engate ou no veículo trator.

O que pudemos levantar até agora é que o vasilhame de 8kg, que parece ser uma promessa para o futuro, carregando uma posição intermediária entre os tamanhos disponíveis ainda não é uma realidade presente nos revendedores do Brasil. Em uma revendedora de renome na cidade de Ubatuba-SP, por exemplo, diz sequer preverem a sua chegada. Enão aconselhamos que o mais importante na pesquisa do campista será levar em consideração a tabela abaixo, onde classifica cada vasilhame nos quesitos: modelo, tamanho, peso, preço e presença.

TABELA DE PREÇOS:

(Atenção!!! esta tabela é uma cotação realizada em 2011, compreços específicos de uma revenda na Capital de São Paulo e deve ser encarada apenas como uma ILUSTRAÇÃO)

Modelo    Tamanho (D x H)    Peso Total (cheio)    Preço    Grau de presença
2kg          23,0 cm x 22,7 cm                 06kg          R$20,00          15%
5kg         27,2 cm x 34,1 cm                 13kg          R$25,00          5%
8kg         30,0 cm x 46,4 cm                 XXkg          R$XX,00          5%
13kg         36,0 cm x 47,6 cm                28kg           R$35,00       100%

 Enchendo um botijão pequeno a partir de um maior.

 O site MaCamp vem alertar para que nunca façam este tipo de coisa. Os riscos são enormes. Certamente conhecerá pessoas que fazem isto e alegam nunca ter acontecido nada de mais. Acredite, mesmo que seja uma porcentagem pequena de chance de algo dar errado, se for na sua vez o estrago será irreparável. Se não a morte, seqüelas para sempre irão acompanhar quem sofrer ou acompanhantes próximos. Se a economia de dinheiro é que importa, saiba que consequências de um acidente serão gigantescas.

Por isso nós não iremos ensinar aqui como fazer isso, mas daremos uma única informação a fim de evitar ainda mais acidentes. O processo que efetua-se por aí, leva-se em conta que, apesar de falarmos de um “gás”, o produto quando dentro do botijão é “liquido” só entrando em estado gasoso quando entra em contato com o ar externo. Portanto nunca faça esta operação com o botijão alimentador (maior) na posição normal. Se este não estiver de “cabeça para baixo” e acima do nível do  vasilhame receptor as chances de acidente serão muitíssimo maiores. Se for utilizar o serviço de alguém que se intitula “experiente”, fique bem longe dele durante o processo.

Proteja sua vida, de sua família e de quem depende de você.

 

COMPARTILHAR
CEO e Editor do MaCamp | Campista de alma de nascimento e fomentador da prática e da filosofia. Arquiteto por formação e pesquisador do campismo brasileiro por paixão. Fundador do Portal MaCamp Campismo sonha em ajudar a desenvolver no país a prática de camping nômade e de caravanismo explorando com consciência o incrível POTENCIAL natural e climático brasileiro. "O campismo naturaliza o ser humano e ajuda a integrá-lo com a natureza."