Caminhando e Acampando
 

Já havíamos nos aventurado em uma “acampada” em Paraty, tem mais ou menos uns 8 anos, em um iglu pequenininho e sem muitos recursos. Ficou o gostinho bom dessa experiência, mas a vida foi nos levando para outros projetos e nunca mais voltamos para estrada com esta proposta.
Mas, o espírito aventureiro fica quietinho dentro da gente e sem mais nem menos retomamos a vontade de aproveitar a vida, de uma forma mais livre, a fim de explorar esse “mundão de meu Deus”…. nós dois e tudo de bom que a vida tem pra oferecer!

Assim, iniciamos esse caminho em janeiro de 2015, como uma nova proposta de vida. Desta forma, pensamos em criar esse blog por alguns motivos:
1º- Da gente não esquecer por onde passamos, o que sentimos, o que vimos e aprendemos;
2º- Poder compartilhar com outras pessoas, que tem essa mesma paixão, as nossas experiências, mesmo que sejam ainda muito poucas nesse assunto;
3º-  Poder ajudar àqueles que estão iniciando, como fazem tão bem outros  blogs e sites voltados para essa temática e que temos tanto a agradecer. Foi essa galera que nos inspirou e motivou nossos primeiros passos e quem sabe, podermos fazer o mesmo também.

Tá legal! um blog tem que ter um nome que mostre nosso espírito, a essência que nos move, não é mesmo?
Depois de algumas tentativas de nomes (alguns já existiam e que achamos lindo) chegamos a este para o nosso blog –  CAMINHANDO E ACAMPANDO…  e seguindo a canção.
Pois é isso aí mesmo: Estamos fazendo referência a música do Geraldo Vandré, “Pra não dizer que não falei das flores”, tão revolucionária na década de 60, hino contra a ditadura militar e da resistência do movimento estudantil. Essa canção pra gente tem muito significado… enfim…

No dicionário:
– Caminhar: percorrer caminho; progredir; ideia que caminha; andar.
– Acampar: instalar em um campo. Instalar-se de maneira provisória (na praia, no campo)

Pra gente:

CAMINHANDO: ideia que vamos adiante, em busca. Movimento que permite progredir!

ACAMPANDO: nos instalando de maneira provisória onde se necessita de muito pouco pra ser feliz, só por estar em contato com a natureza e com lado melhor das pessoas que também se propõem a esta maneira provisória de viver. Bem diferente da vida na cidade que tanto nos oprime e enerva.

E SEGUINDO A CANÇÃO: seguindo essa vontade de ser feliz, com mais simplicidade,mais respeito a tudo e todos e com mais solidariedade.

É isso….

Saudações campistas!

http://caminhandoeacampando.blogspot.com.br/

 

COMPARTILHAR
CEO e Editor do MaCamp | Campista de alma de nascimento e fomentador da prática e da filosofia. Arquiteto por formação e pesquisador do campismo brasileiro por paixão. Fundador do Portal MaCamp Campismo sonha em ajudar a desenvolver no país a prática de camping nômade e de caravanismo explorando com consciência o incrível POTENCIAL natural e climático brasileiro. "O campismo naturaliza o ser humano e ajuda a integrá-lo com a natureza."