Camping do Rio Vermelho Chama a Atenção Pela Limpeza
 
Depois de dois anos fechado, reinauguração aconteceu em 14 de dezembro.

O Camping do Rio Vermelho em Florianópolis-SC, administrado pela Fatma, foi reinaugurado no dia 14 de dezembro, depois de dois anos fechado. Toda a área passou por reforma, inclusive com bomba d’água e gerador eólico de energia elétrica, para evitar a falta de ambos durante a alta temporada. O recurso arrecadado com o camping é destinado à manutenção de unidades do Parque, como o Centro de Triagem de Animais Silvestres, o único espaço público a receber animais doentes no Estado.

O que me chama a atenção é a limpeza certamente mantida pelos servidores, com a colaboração e educação dos visitantes. Parabéns!

Férias na alta temporada I

Uma desesperada manifestação relacionada aos problemas de fornecimento de água e energia elétrica na região: o consultor e educador Danilo Aronovich Cunha sugere, em sua página no Facebook, que os diretores de empresas públicas que prestam serviços essenciais à população deveriam ser proibidos de autorizar férias para seus dirigentes e equipes de enfrentamento de emergências durante a alta estação.

Férias na alta temporada II

Ele defende que essas empresas deveriam ter parâmetros estabelecidos pelos governos estaduais, com faixas de baixa tolerância a essas falhas ou incompetências cometidas.
Até creio que esses parâmetros já existam e são determinados pelas tais agências aeguladoras — cujos dirigentes, lamentavelmente, também ainda não devem ser proibidos de entrar em férias nesse período.

Perdeu seus documentos?

Se você perdeu seus documentos, o primeiro passo é fazer o registro do boletim de ocorrência (BO) em qualquer uma das delegacias da Polícia Civil do Estado, que funcionam 24 horas por dia. Para saber o endereço da delegacia mais próxima, basta ligar para o número 181. O registro do BO é gratuito e também pode ser feito pela internet. O BO passa a valer como um documento oficial, tendo o mesmo peso que uma carteira de identidade ou uma certidão de nascimento. O procedimento é o mesmo para turistas de outros estados ou do exterior. Caso o visitante seja estrangeiro e não consiga se comunicar em português, em Florianópolis ele pode procurar as delegacias especiais de atendimento ao turista, que funcionam dentro do Aeroporto Internacional Hercílio Luz e da rodoviária, onde trabalham policiais que falam diferentes idiomas. Caso tenha perdido também o passaporte, o turista precisa procurar a Polícia Federal para emitir um provisório.

fonte: http://horadesantacatarina.clicrbs.com.br

por Mário Motta


 

COMPARTILHAR

CEO e Editor do MaCamp | Campista de alma de nascimento e fomentador da prática e da filosofia. Arquiteto por formação e pesquisador do campismo brasileiro por paixão. Fundador do Portal MaCamp Campismo sonha em ajudar a desenvolver no país a prática de camping nômade e de caravanismo explorando com consciência o incrível POTENCIAL natural e climático brasileiro. “O campismo naturaliza o ser humano e ajuda a integrá-lo com a natureza.”