Colchões Infláveis
 

O colchão inflável é um acessório de bastante conforto e praticidade, substituindo os velhos colchonetes que formam um grande volume quando enrolados, porém muito finos quando estendidos para o uso.

O colchão inflável deve ser muito bem escolhido. Existem várias marcas e modelos: mais largos, mais altos, de solteiro e de casal.

O único ponto negativo deste acessório é quando fura. São um pouco difíceis de remedar e a pessoa acorda no chão.

Quando você utiliza um colchão desses, infle para uma pressão boa. Sente e apóie somente o traseiro numa parte do colchão, suspendendo as pernas e braços. Se seu corpo não encostar ao chão, quer dizer que a pressão está boa. Não infle muito para não forçar as emendas do colchão. Sempre que inflá-lo, no dia seguinte, terá de reforçar a pressão interna devido à elasticidade do colchão que estava acostumado com o formato vazio.

Prefira os colchões revestidos de feltro (veludo) na parte de cima. Isto impede que você transpire e acorde colado no colchão, que o lençol deslize sobre o inflável e também previne contra furos indesejáveis. Se for escolher um modelo com travesseiro acoplado, pense que terá que aturá-lo todo o tempo na mesma posição.

Na hora de levantar acampamento você notará que não consegue guardar o seu colchão do jeito que veio quando novo. Isto acontece porque mesmo liberando a válvula, ainda existe ar dentro do equipamento. Na hora de desinflar, após ter liberado a maioria da quantidade de ar, ajuste o seu inflador na posição contrária a de quando você inflou. Retire todo o ar do colchão e quando você dobrá-lo, verá que ele estará tão compacto como quando você comprou.

Remendos e reparos

A maioria dos colchões infláveis acompanha um kit de reparos de furos. Leia as instruções e aplique-as. Não tendo um resultado de sucesso, vai aí uma dica que, feita com cuidado e capricho, atende 80% dos furos indesejáveis. Você vai precisar de:

– 1 cola de Vinil (para bóias e piscinas)
– 1 fita “Silver Tape”
– 1 tesoura
– 1 isqueiro

· Limpe a região do furo com álcool e em seguida passe um pedaço de jornal na superfície. O jornal ajuda na eliminação de umidade e gordura do local. – Isto é importantíssimo.
· Corte um pequeno quadrado de “Silver Tape” (pouquinho maior que o tamanho do furo).
·  Passe a cola nas duas superfícies (do colchão e da fita).
·  Espere o tempo indicado no tubo de cola.
·  Junte as superfícies e pressione firmemente por um minuto.
·  Aqueça a fita com o isqueiro para a fita minguar.
·  Repita esta operação mais ou menos quatro vezes com o tamanho da fita cada vez maior, para que um conjunto envolva o outro e reforce cada vez mais o remendo.
·  Faça a operação com calma e capricho.

Para conhecer mais sobre os acessórios para inflar seu colchão, entre na seção acessórios e confira todos os tipos de foles e infladores disponíveis no mercado.

Encontrando furos em grandes infláveis

Não é novidade para ninguém a maneira mais eficiente de se achar um furo em um pequeno inflável: mergulhá-lo sob a água e aguardar o surgimento de pequenas bolhas de ar oriundas de seu interior escapadas pelo furo.
A maior dificuldade é mesmo quando o inflável é muito grande, como colchões, sendo praticamente impossível mergulhá-lo em um recipiente de água. Você vai precisar de:

– 1 Recipiente pulverizador de plantas
– Água
– Detergente

· Encha o pulverizador com água e um pouco de detergente.
·  Agite bem o frasco para que se misture bem e crie mais espuma
·  Pulverize todo o inflável uniformemente buscando uma produção maior de bolhas. Comece pelas partes que você julgar mais possíveis de estarem avariadas. Geralmente os furos ocorrem nas emendas ou dobras dos infláveis.
Assim você poderá detectar o furo e assim aplicar o remendo original ou o remendo caseiro apresentado acima desta matéria.

 Enchendo o Colchão no Escapamento do Carro

 Sem dúvida alguma o ato de se encher um colchão inflável no acampamento é sempre uma coisa chata. Demora e é incômodo. Muitas vezes não dá para colocar o colchão inflado dentro da barraca e é preciso enchê-lo lá dentro e isto piora a situação. Mesmo com enchedores elétricos é preciso utilizar as duas entradas de ar do colchão para fazer tudo em menos tempo e muitas vezes o barulho é ensurdecedor e a sensação de perturbação ao vizinho é grande, principalmente na calada da noite.

 Independente da técnica ou equipamento uma falsa-boa alternativa é se utilizar da força e volume do ar do escapamento do carro para encher o colchão. Nossa equipe já passou por esta experiência e poderá dividí-la com você.

Inicialmente podemos dizer que a técnica é ótima, já que o ar do escapamento é “gratuito”, forte e volumoso, onde de infla o colchão em pucos segundos sem grandes esforços. É necessário duas pessoas para fazê-lo de modo rápido ou uma pessoa fazendo de modo mais vagaroso adaptando-se uma mangueira fina a um afunilador. Também o fato de que quando for desinflá-lo irá sair uma fumaça visível é pura ilusão e é aí que mora o perigo.

Além do perigo do colchão estourar pelo fato de não se ter controle da pressão, a explosão no ato do enchimento ou no meio da noite é arriscado. Principalmente porque você irá inalar uma grande concentração de gases tóxicos de uma só vez, principalmente se for dentro da barraca fechada. De qualquer forma, no momento do desinflamento você também entrará de alguma forma em contato com isto. Por último, nossa experiência resultou em algo muito estranho e sem uma explicação mais técnica do que aconteceu, mas em uma viagem posterior o colchão apresentou, do lado de fora e do veludo, um muco muito parecido com mofo. A grande quantidade deste bolor pode ter se dado pelos gases e umidade que se depositou na superfície aveludada na hora de desinflar o colchão. Finalmente na próxima viagem o colchão, provavelmente ressecado, apresentou vazamentos em diversos pontos.

 Não arrisque sua vida e nem seu equipamento. Curta os momentos do acampamento com prazer e responsabilidade.

 

COMPARTILHAR

CEO e Editor do MaCamp | Campista de alma de nascimento e fomentador da prática e da filosofia. Arquiteto por formação e pesquisador do campismo brasileiro por paixão. Fundador do Portal MaCamp Campismo sonha em ajudar a desenvolver no país a prática de camping nômade e de caravanismo explorando com consciência o incrível POTENCIAL natural e climático brasileiro. “O campismo naturaliza o ser humano e ajuda a integrá-lo com a natureza.”

  • Serginho Pereira

    Ja comprei dois colchoes de ar e me arrependi dos dois. Sempre amanhecem muchos, mesmo quando novos. Nao recomendo.