Coluna d'água
 

Muito se explana sobre o fator “Coluna D’Água de uma barraca que é mais uma das muitas características discriminadas dentre as marcas de equipamentos e seus modelos. Mas não é intenção do Portal MaCamp ficar entrando em muitos detalhes sobre o que realmente significa este quesito.

O mais importante é você saber qual a função da barraca que irá ser determinada por esta característica e, por amostragem pessoal durante suas pesquisas, comparar os diferentes modelos e fabricantes para chegar à melhor barraca para seu acampamento.

Resumidamente o fator “coluna d’água” referenciado nas diversas barracas no mercado, capacita a quantidade de chuva que ela será capaz de “segurar” antes de começar a entrar água na parte interna. Sim. Principalmente com a chegada de materiais mais leves e compactos o quesito “permeabilidade” é um fator presenta nas barracas. Dificilmente será possível obtermos um material e costuras completamente seladas e impermeáveis. Neste universo, a qualidade da barraca está diretamente ligada também ao fator permeabilidade. Mas note que mesmo com fabricações de qualidade, o tempo de uso, fatores climáticos e até mesmo tensões aplicadas serão fatores transformadores nestas características.

A coluna d’água é sempre apresentada em milímetros que variam de 300mm até 5.000mm. Apesar destas medidas representarem o volume de água que uma chuva pode acumular diante da intensidade dela, de nada irá adiantar você entender tecnicamente o que representa na prática na hora de comparar e escolher sua barraca. Apenas compare os valores que cada uma apresenta e coloque em seu rol de anotações.

Muito mais importante que a coluna d’água é a qualidade da permeabilidade do piso da barraca e isto não é especificado na embalagem. Dizemos isto porque um plástico fino ou uma lona pode resolver o problema de permeabilidade do sobreteto de sua barraca, mas nada pode deter a água acumulada no solo entrar na sua residência turística. Para este quesito, a melhor solução será analisar a barraca a ser comprada primeiramente colocando o piso contra alguma luz e verificando se há micro-furos em sua extensão. Depois, assopre contra o mesmo para ver se passa ar e por último analise muito bem a costura nas quatro extremidades da barraca que é por onde entra bastante água em casos de alagamento.

Como referência para iniciar suas pesquisas, aconselhamos medidas a partir de R$ 1.500mm de coluna d’água sendo ideal 2.000mm para começar com segurança. No caso de barracas para expedições onde não se utiliza lonas ou fugas fáceis, inicie a partir dos 3.000mm.

DICA MaCamp:  De nada adianta fatores de permeabilidade se você não montar sua barraca adequadamente. Esticá-la o suficiente utilizando todas as amarras (cordinhas) e deixando-a bastante simétrica em seu volume montado (varetas+panos) será o primeiro passo para não entrar água na barraca. Lembre-se sempre na dica que o MaCamp insiste em nunca o pano de dentro encostar no de fora. Analise sempre o terreno e evite tanto um piso “em bacia” e logo ao lado de um talude (barranco), pois a água de uma chuva forte descerá “varrendo” a superfície. Por último, potencialize esta permeabilidade ou ainda reforce o que o tempo fez perder com os impermeabilizantes e seladores de costuras que existem no mercado, vide artigo específico. E nunca deixe de levar um plástico fino (daqueles usados em construções) como emergência.

Marcos Pivari

 

COMPARTILHAR
CEO e Editor do MaCamp | Campista de alma de nascimento e fomentador da prática e da filosofia. Arquiteto por formação e pesquisador do campismo brasileiro por paixão. Fundador do Portal MaCamp Campismo sonha em ajudar a desenvolver no país a prática de camping nômade e de caravanismo explorando com consciência o incrível POTENCIAL natural e climático brasileiro. "O campismo naturaliza o ser humano e ajuda a integrá-lo com a natureza."