Feito para aqueles que gostam mesmo de cozinhar no camping, exige mais espaço no porta-malas para ser transportado, mas atende como nenhum outro a todas as expectativas dos melhores cozinheiros campistas.

Apesar de podermos dizer que faz todas as funções de um fogão caseiro, ainda podemos chamá-lo de “portátil”. Seu forno de tamanho reduzido é facilmente driblado com a aquisição de assadeiras e fôrmas de menor tamanho e facilmente encontradas no mercado. Faz assados, pizzas e pão quentinho de manhã.

Existem modelos de duas ou três bocas. Muito comum nos trailers de um eixo, também é usado nas barracas de todo o Brasil e pode ser montado sobre os pés que o acompanham ou mesmo sobre um balcão. Na maioria dos modelos os pés são retiráveis para um transporte mais otimizado.

Dotados de tampa que serve de anteparo traseiro, nenhum conta com aletas laterais para proteger de ventos. Possuem uma ótima área de apoio para as panelas que podem inclusive serem guardadas no forno, quando não utilizado.

A grande vantagem de quem almeja este tipo de fogão é que, apesar de existirem modelos mais modernos e custosos, este item faz parte do time dos “os antigos que são bons”. Por isso é possível encontrar boas alternativas no mercado de “usados” da internet. Como se trata de um equipamento mais pesado, os modelos mais novos e modernos não ganham muito neste quesito, deixando para estes alguns luxos a mais como tampa de vidro temperado, tampo em inox, iluminação e acendimento automático.

 

COMPARTILHAR
CEO e Editor do MaCamp | Campista de alma de nascimento e fomentador da prática e da filosofia. Arquiteto por formação e pesquisador do campismo brasileiro por paixão. Fundador do Portal MaCamp Campismo sonha em ajudar a desenvolver no país a prática de camping nômade e de caravanismo explorando com consciência o incrível POTENCIAL natural e climático brasileiro. "O campismo naturaliza o ser humano e ajuda a integrá-lo com a natureza."