Não sou um “entendido” em antenas mas eu já tive uma Belmax em um motorhome, e  me atendeu na forma do esperado, ou seja:

– É melhor que antenas internas e gambiarras que a gente eventualmente faz para tentar receber algum canal? SIM

– É melhor que a winegard vhf/uhf? Depende do lugar que vc está, a winegard possui boa recepção, mas assim como qualquer outra antena precisa de um mínimo de sinal para que possa funcionar, com a Belmax vai ser a mesma situação. Já fiquei com imagem melhor e também já fiquei com imagem pior ao lado de outro equipamento que estava utilizando uma winegard.

– É melhor que as antenas via satélite? Não, entretanto as antenas via satélite exigem um aprendizado na foma como posicioná-las, pois se não forem posicionadas corretamente não servirão para nada. Também dependendo dos canais que vc deseja receber poderá haver um custo mensal sobre o serviço.

Uma observação em relação a Belmax é que como eu tinha 2 tvs no motorhome tive que colocar mais um amplificador para um dos aparelhos, pois o sinal ficava muito fraco em alguns locais.

Outro ponto em relação a tv é que os campings geralmente são em locais mais retirados, onde o sinal da tv já é fraco mesmo, então vc deve estar ciente de que a tv não é uma prioridade em seu acampamento, caso deseje ter sinal de tv com boa qualidade “sempre” a única solução é satélite mesmo.

A Belmax acaba sendo mais prática pelo fato de ser ominidirecional mas por outro lado nem sempre vc está com a posição 100% correta em relação a antena transmissora. Já o fato de vc estar com uma imagem pior em relação a winegard pode ser porque a winegard não foi bem instalada, ou está posicionada de forma incorreta. Note que comparando os 3 tipos de antenas, quanto mais dificil a instalação (e preço maior tbm), melhor a recepção.

 

COMPARTILHAR
CEO e Editor do MaCamp | Campista de alma de nascimento e fomentador da prática e da filosofia. Arquiteto por formação e pesquisador do campismo brasileiro por paixão. Fundador do Portal MaCamp Campismo sonha em ajudar a desenvolver no país a prática de camping nômade e de caravanismo explorando com consciência o incrível POTENCIAL natural e climático brasileiro. "O campismo naturaliza o ser humano e ajuda a integrá-lo com a natureza."