Enchendo o Colchão Inflável no Escapamento do Carro
 

Saiba quais os perigos e consequências de se encher o colchão inflável com a força do ar que sai do escapamento do carro.

 

O video abaixo mostra um exemplo que não deve ser seguido de se encher o colchão inflável com o escapamento do carro.

 

Sem dúvida alguma o ato de se encher um colchão inflável no acampamento é sempre uma coisa chata. Demora e é incômodo. Muitas vezes não dá para colocar o colchão inflado dentro da barraca e é preciso enchê-lo lá dentro e isto piora a situação. Mesmo com enchedores elétricos é preciso utilizar as duas entradas de ar do colchão para fazer tudo em menos tempo e muitas vezes o barulho é ensurdecedor e a sensação de perturbação ao vizinho é grande, principalmente na calada da noite.

 

Independente da técnica ou equipamento uma falsa-boa alternativa é se utilizar da força e volume do ar do escapamento do carro para encher o colchão. Nossa equipe já passou por esta experiência e poderá dividí-la com você.

 

Inicialmente podemos dizer que a técnica é ótima, já que o ar do escapamento é “gratuito”, forte e volumoso, onde de infla o colchão em pucos segundos sem grandes esforços. É necessário duas pessoas para fazê-lo de modo rápido ou uma pessoa fazendo de modo mais vagaroso adaptando-se uma mangueira fina a um afunilador. Também o fato de que quando for desinflá-lo irá sair uma fumaça visível é pura ilusão e é aí que mora o perigo.

 

Além do perigo do colchão estourar pelo fato de não se ter controle da pressão, a explosão no ato do enchimento ou no meio da noite é arriscado. Principalmente porque você irá inalar uma grande concentração de gases tóxicos de uma só vez, principalmente se for dentro da barraca fechada. De qualquer forma, no momento do desinflamento você também entrará de alguma forma em contato com isto. Por último, nossa experiência resultou em algo muito estranho e sem uma explicação mais técnica do que aconteceu, mas em uma viagem posterior o colchão apresentou, do lado de fora e do veludo, um muco muito parecido com mofo. A grande quantidade deste bolor pode ter se dado pelos gases e umidade que se depositou na superfície aveludada na hora de desinflar o colchão. Finalmente na próxima viagem o colchão, provavelmente ressecado, apresentou vazamentos em diversos pontos.

 

Não arrisque sua vida e nem seu equipamento. Curta os momentos do acampamento com prazer e responsabilidade.

 

Marcos Pivari

 


 

COMPARTILHAR

CEO e Editor do MaCamp | Campista de alma de nascimento e fomentador da prática e da filosofia. Arquiteto por formação e pesquisador do campismo brasileiro por paixão. Fundador do Portal MaCamp Campismo sonha em ajudar a desenvolver no país a prática de camping nômade e de caravanismo explorando com consciência o incrível POTENCIAL natural e climático brasileiro. “O campismo naturaliza o ser humano e ajuda a integrá-lo com a natureza.”