Responder a: Expedição Baumeister Patagonia 2016 – MaCamp

HOME Fóruns Campismo & Aventura Relatos de Viagens / Acampadas Expedição Baumeister Patagonia 2016 – MaCamp Responder a: Expedição Baumeister Patagonia 2016 – MaCamp

#67387
Odair Teixeira
Odair Teixeira
Participante

Previously on Lost…..

Back on the road com o Ipod em modo shuffle tocando Sweet Home Alabama. Volta e meia rola um pequeno stress porque a Barbara pula uma musica que eu gosto ou eu pulo uma musica que ela gosta…Conflito de gerações.
Mais uma vez, fomos parados pela Policia Caminera que vem direto ao ponto “Seguro Carta Verde da Casilla Rodante”. Minha vontade era pergutar ” Escuta aqui, eu comprei cambão, extintor, triangulo, lanterna, colete refletivo e mais o escambau e vc só quer saber da Carta Verde do Trailer?. Mas achei melhor manter a harmonia diplomática entre os países.

Seguimos adiante, pagamos mais um pedágio que a medida que vai em direção à Buenos Aires, vai ficando mais caro. Assim me explicou o atendente quando perguntei porque o valor mudava de um para outro. Ainda tinha diferença no valor por ser horário de pico (08:00-11:00). O melhor é passar depois das 13:00hs. Tá todo mundo na “Siesta” e o transito fica mais tranquilo. Siesta é levado à sério naquela região. Quase uma instituição. Quase tudo fecha ao meio dia e só abre as 16:00hs. E assim seguimos em direção à Zárate, já chegando na região da grande B.S.A.S
Estava curioso para passar na famosa ponte RodoFerroviaria Zarate – Brazo Largo sobre o Rio Paraná. São duas pontes idênticas, com a segunda com maior vão central.Esta ponte possui pilares muito altos, ultrapassando os 100m de altura para a passagem de navios cargueiros.
Fiquei pensando comigo mesmo ” Como muitos caminhoneiros brasileiros passam por aqui, provavelmente algum já fez alguma m..da por aqui. É só dar uma olhada no Google Imagens pra ver pelo menos duas carretas brasileiras envolvidas em acidente.
Devido a altura do tabuleiro, minha preocupação era de vento lateral, mas foi tranquilo. A rampa de subida possui um angulo de subida bem agudo. Deve estar no limite para os caminhões, que carregados, sobem lentamente.