Responder a: Expedição Baumeister Patagonia 2016 – MaCamp

HOME Fóruns Campismo & Aventura Relatos de Viagens / Acampadas Expedição Baumeister Patagonia 2016 – MaCamp Responder a: Expedição Baumeister Patagonia 2016 – MaCamp

#81249
Capt.A330
Capt.A330
Participante

Buenas!
Pela ordem, suas Excelencias! Vou arquitetar minha defesa, Meritíssimo! (Está de moda mesmo…)
Sobre a entrada para o Camping Cullumche, da Universidad Nacional de Cuyo (Uncuyo), acontece que como eu nunca tinha ido nele, busquei, com antecipação, uma rota no Google Maps, e a rota proposta foi esta, escolhida por ter maior distancia pelo asfalto, e menor quantidade de curvas a 90º:
https://goo.gl/maps/WFuHVmaircC2
Alem do que, você vê esta placa confirmando a estrada:
https://goo.gl/maps/nkfV4ujuS432
Então, a escolha obvia era seguir a placa, confirmada pelo trazado do Maps…e realmente, Odair estava certo, a lombada que tinha, era para não pasar vergonha num outro pais sudamericano, que não lembro bem o nome, mas que tem as “Lombadas mais grande do Mundo”…
Bom, o Guanaquito passou incólume, mas tinha um “Hotel ambulante” que foi menos feliz…e olha que o Diamante, na sua altura, já vem “rebaixado” de fabrica…
Emfim, o percurso melhor era mesmo este:
https://goo.gl/maps/BQQr4YtZaa22

E quanto à poeira da cinza vulcânica, é verdade, pois a época de verão por aquelas latitudes é essencialmente a época mais seca, e a fina areia vulcânica deposita pela ultima erupção vulcânica que teve bem próximo do lugar, em 2011/2012, deixou toda a região coberta com uma camada de poeira de estas cinzas, que até hoje é presente em toda à região…e à diferença do Brasil, em especial na região Sul/Sudeste, o indice de chuva é bem baixo, fazendo que a grama, como nós conhecemos, seja escassa nos Campings da região, e só se consegue ter um gramado bonito à força de muita irrigação…bem, como dizem os habitantes do lugar, o vento, o frio e a poeria, fazem parte do entorno selvagem da região…é a Patagonia!
Algumas fotos para acompanhar o relato de Odair:

Pensei que era um frigobar onde o Meigo carregava as cervejas…

Uma olhada mais apurada revelou se tratar da “Itaipú portátil” do Meigo:

Detalhes da grama seca pela cinza vulcánica:

Os vizinhos…

Grande abraço!

Dardo.