RE: Rebocando Trailer com Carro Automático

HOME Fóruns Caravanismo Trailers Rebocando Trailer com Carro Automático RE: Rebocando Trailer com Carro Automático

#56732
Tiago GIN
Tiago GIN
Participante
Odair Teixeira wrote:
Tiago, não sei o que o Dardo lhe disse, mas pode crer que é verdade. Com relação ao Opala 4.1, embora a potencia (121 cv@ 3800rpm ) seja inferior ao Peugeot 2.0 (138cv @6000rpm) , o torque de 29 kgf/m@2000 rpm (aí o bicho pega) do Opalão é bem maior que os 19kgf/m@ 4100rpm. O Opala tem o mesmo torque duma pick up diesel 3.0 na média. O motor do Opalão segue a velha escola americana, com curso bem maior que diâmetro (R/L) com bielas longas, pesadas para suportar os esforços sem fletir e que proporcionam maior inércia e menor angulo dos pistões. Resulta em muito torque e baixos giros. O teu carro puxa este trailer sim. Apenas terá que ir de boa nas serras, subindo com calma e sempre respeite os limites do equipamento. Os Karmann Ghia são excelentes para rebocar com carros de passeio. Tem o CG bem no meio, enquanto o Turiscar é um pouco mais pra trás. Puxei um KC 750 dias atrás com minha pick up e foi muito melhor que o meu Imperial. Apenas se preocupe em desenvolver um engate de boa qualidade, bem fixado para não danificar o seu carro. Dá uma lida nestes relatos do Peugeot 2.0 rebocando Trailers de mais de 1000kg.. http://www.towcar.info/gebruikservaring.php?merk=Peugeot&serie=307 De resto, é só alegria. Sds Odair

Muito obrigado pela dica… Quanto ao Opala, sou obrigado a concordar, realmente ele tem muito torque em baixos RPM, e nesse caso, faz muita diferenca, além é claro da tração traseira que embora no Opala seja muito leve, no peugeot é dianteira. Quanto ao engate, atualmente uso um Volpato (tradicional) para 700kg (é o que diz rs) e em viagens uso minha carretinha com os apetrechos de camping, além de as vezes rebocar um carro ou outro no cambão quando tem corrida aqui em Curitiba. a principio ele aguenta bem, mas sei que para trailer a coisa é diferente, até o do Dardo precisou de reforços, imagine um comum de carro de passeio não é. O maior problema é que esses carros não tem muitos pontos de apoio, principalmente reforçados para que sejam feitos suportes e pra agravar, o meu tem o estepe por baixo, o que complica ainda mais. Isso terá que ser muito bem pensado para não dar dor de cabeça. Mas fico feliz com a boa notícia de que posso fazer esse transporte com relativa tranquilidade, minha mulher se animou muito em comprar um trailer, até pq ficou com medo de acampar de barraca depois da tempestade que pegamos em Floripa nesse reveillon… Felizmente, nossa estrutura resistiu bem e não molhou nem estragou nada, mas no camping, a coisa foi feia…