RE: Ushuaia de Trailer-Relato

#49478
Capt.A330
Capt.A330
Participante

15/03 Opss! Na pag. anterior, postei como 14/04, quando deveria ser 14/03. (Parafraseando o partido I.Sued, “Sorry, periferia”, embora o “Sorry”, é de desculpa mesmo!) Bem, acordamos cedinho, que a etapa seria longa, e lá fomos, com o Guanaco faceiro que só, de peito aberto para os pampas! (os dias que passei no Rio Grande pegaram…no bom sentido, claro!):D Faróis baixos sempre acessos, conforme manda a Ley Argentina, e poucos kms. após Bahía Blanca, encontramos a barreira zoofitosanitaria, que revistou o carro, e pediu permissão para revistar o Guanaco, tarefa que realizou a moça encargada, com supervisão atenta da “alemoa”, e cobraram 3,5 US$ pela desinfecção do carro e guanaco, que quando você passa por uma cavidade com produto químico, borrifa um pesticida para matar os possíveis germes, portanto, recomenda-se fechar bem as janelas ao sair. A Ruta 3, que tem seu inicio no km”0″, no Obelisco, bem no centro de Buenos Aires, seguimos por poucos kms., e só iriamos a retomá la muitos kms. depois, perto de San Antonio Oeste, pois é um percurso mais curto, ir pela 22 e depois a 251 até encontrar novamente a Ruta 3, que termina em Ushuaia, ou melhor, em Bahia Lapataia, pertinho de Ushuaia. Continuamos reto no trevo que separa a Ruta 3, que se divide à esquerda, e entramos na Ruta 22, que vai até Neuquén, e após 163 kms. da nossa saída, chegamos a Rio Colorado, após passar a ponte do rio do mesmo nome; neste lugar, nova vistoria, mas sem pagar agora. IMPORTANTE: a partir de agora, entrando na Patagonia, toda cidade que passar, e que diste mas de 150 kms. do seu ultimo abastecimento, encha o tanque, pois os postos são muitas vezes distantes, ou não chegou faz dias o camião que abastece, ou qualquer outra situação, e então, abasteça! Aproveitei, como sempre, para olhar os pneus do comboio, tocando nos pneus e nas rodas com o dorso dos dedos, pois pneu quente significa pouca pressão, e roda quente, freio presso ou rolamentos com problemas, entre outros; além disso, mesmo que por poucos minutos, todo mundo desce para espichar as pernas, descansar de estar sentado, se espreguiçar e outros, o que torna estas rápidas paradas muito produtivas, alem de dar “a volta do cachorro”, para ver se engate, correntes, claraboias, janelas, etc. estão em ordem. Fazíamos assim: eu era encargado de ver rodas, pneus, engate, correntes, etc., e as ladies, janelas, porta, tulhas, claraboias (sei lá, sobe numa escada do posto, vai naquele barranco, se vira, viu, “fia”!):D (não deixa a alemoa saber, senão…:s). A estrada é boa, tanto na 22 quanto na 251, que você pega à esquerda aprox. 28 kms. de Rio Colorado, e a paisagem vai ficando cada vez mais desértica, com longas retas (cuidado para não dormir!), e perto de San Antonio Oeste, você encontra a Ruta 3 novamente, e não sai mais dela até Ushuaia. Do posto YPF de Rio Colorado, até o ACA (Automovil Club Argentino, sempre associado a YPF, ou Yacimientos Petrolíferos Fiscales, ou “Jazidas Petrolíferas Fiscais”) de Sierra Grande, tem 356 kms., e se você tem autonomia para isso, abastece lá (mas bah, tchê, tu não me acabaste de falar que abasteça sempre que puder, vivente?) Acontece que em Sierra Grande, já é considerada a Patagonia propriamente dita, e tem redução de impostos nos combustíveis, e o preço do comb. cai para aprox. 1,22 US$ o litro de Euro diesel, o que vai acontecer até Ushuaia:P:) Em Sierra Grande, abasteça no ACA, que indo, é o segundo YPF, também do lado direito da estrada, e eu não gosto muito do primeiro, pois faz anos, não fui bem atendido, embora pode ter mudado; o ACA tem como desvantagens que sempre forma filas e se demora um pouco, e como vantagens, tem uma boa loja de conveniencias onde pode tomar um cafe com media lunas :P, e banheiros limpos, enquanto aguarda. Cuidado com as curvas perto de Sierra Grande, pois você vem tão acostumado com as retas enormes, que quando entra na primeira curva, está desacostumado!:exclamacao: Perto de Sierra Grande, ou até antes, podem a qualquer momento ver Guanacos perto da estrada; si estiverem muito perto, diminua a velocidade, que eles tem como calcular o teu deslocamento, e fogem em outra direção, coisa que não ocorre se você estiver em alta vel., pois o cérebro deles não avalia direito teu deslocamento, e pode se atravessar na tua frente, como acontece seguido com quem corre muito! De Sierra Grande até o Camping do ACA, temos aprox. 144 kms., embora no Google Maps indique mais, por um desvio fora da Ruta 3, o que é um erro do sistema; eu projeto meus percurso com o “Bing Maps”, muito bom, embora voce tem que ter o Internet Explores (IE) para visualizar; ex.: http://br.bing.com/maps/default.aspx?v=2&cp=44.023938~-99.71&style=h&lvl=4&tilt=-89.875918865193&dir=0&alt=7689462.6842358#Y3A9N3cydnlzOWtnenJmJmx2bD0xOCZzdHk9YiZydHA9cG9zLi00MS42MTExMzFfLTY1LjM1NDQxMl9uZWFyJTIwODUzMiUyMFNpZXJyYSUyMEdyYW5kZSUyQyUyMEFyZ2VudGluYV9fX2FffnBvcy4tNDIuNzgwNDI1Xy02NS4wMDA0MDdfX19fYV8mbW9kZT1EJnJ0b3A9MH4wfjB+ Chegamos de tarde no Camping, e tivemos que entrar por uma porteira lateral, pois o Guanaquito não passava pela principal; o Camping é bom, embora não tem grama, e as torneiras só nos piletones, como de praxe, embora com eletricidade perto de todo ponto de parada; como o Guanaquito e a L200 somam perto de 14 mts., estacionamos nua ruazinha do Camping, já que nessa época tem poucos acampantes,e nos instalamos, conforme vem na foto debaixo. Na portaria tem Internet, se você quiser levar o Note, pois não tem muito alcance de sinal. O custo total foi de aprox. 19 US$ para o pernoite. Na frente do Camping, tem um sitio histórico, a poucos metros da portaria, e uma bela vista da praia e o por do sol sobre Madryn; vale a pena ir para ver, e também, se a maré está baixa, caminhar entre o milhões de moluscos que ficam expostos, na frente dumas covas, que serviram de abrigo para os primeiros colonos do Pais de Gales que migraram da Europa para esta região. Bem, estamos na Patagonia, e a noite fresquinha, foi ótima para dormir muito bem. O mapa, embora o desvio da Ruta 3 em Sierra Grande, é errado; a dist. real é de 667 kms. http://goo.gl/maps/U0pmg Foto1-As retas intermináveis de Rio Colorado para Sierra Grande. Foto2-Chegando a Arroyo Verde, limite entre Rio Negro e Chubut; aqui tem o ultimo controle zoofitosanitario, até a fronteira com Chile. Foto3-Chegando em Puerto Madryn Foto4-El Guanaquito no Camping ACA de Puerto Madryn. Foto5-Puerto Madryn, indo para o Camping.