Global One Expedition Off-Road Trailer

HOME Fóruns Caravanismo Carreta-Barraca Global One Expedition Off-Road Trailer

Este tópico contém respostas, possui 19 vozes e foi atualizado pela última vez por Alexandre Rabello Alexandre Rabello 8 meses, 3 semanas atrás.

Visualizando 10 posts - 71 até 80 (de 214 do total)
  • Autor
    Posts
  • #47950

    leandrovaranda
    Participante

    Para o uso que vai fazer da carreta acho que é irrelevante o que vou escrever, mas… Se parar na rua, os extintores e galões são fáceis de alguém surrupiar. Se bem que quando querem levar mesmo, nada impede, nem alarme.

    #47953
    Nilton J
    Nilton J
    Participante
    leandrovaranda wrote:
    Para o uso que vai fazer da carreta acho que é irrelevante o que vou escrever, mas… Se parar na rua, os extintores e galões são fáceis de alguém surrupiar. Se bem que quando querem levar mesmo, nada impede, nem alarme.

    Meu vizinho, ao ver o conjunto (foto abaixo) estacionado na garagem de minha casa, em condomínio fechado, me disse: Vc é louco, onde vai com isso? quer ser roubado?? Infelismente, esta é a maior de nossas preocupações….o governo desarmou a população honesta do país…estamos à mercê da bandidagem… E meu Troller só tem seguro contra terceiros. Assim, o “segredo” é não dar sôpa para o azar…e não deixar o conjunto viatura + carreta sobrando na rua…o roubo de um simples galão ou extintor seria “lucro” para mim… Toda viagem em nosso país deve ser considerada como “um risco calculado” !!! O mesmo raciocínio aplica-se para qualquer RV’s em geral. Saúde!


    Detalhes da construção – Parte 19 Também foi previsto alojamento adequado para 2 galões de 20 litros, os quais podem ser usados para água e / ou combustível. Estes galões de plásticos foram importados da empresa Front Runner da África do Sul, os quais tem aprovações internacionais para serem empregados como transportadores de água, em relação ao polímero utilizado na injeção da matéria prima plástica. (Tank made from food grade polyethylene and is BPA free. Bisphenol- A ( BPA) is a product that is used to make many different plastics. BPA acts as an endocrine disruptor, which copies certain hormones and reproduces them negatively. Because it copies certain hormones, is is linked to many kinds of cancers). Os mesmos estão acondicionados em suportes para galões de 20 litros da Power Offroad, também artigos de primeira qualidade, incluindo até trava de segurança contra roubo. Aqui um vídeo deste fantástico galão Front Runner, fabricado na África do Sul, largamente empregado nas expedições e safaris no continente africano:

    #47964
    Nilton J
    Nilton J
    Participante

    Detalhes da construção – Parte 20 Longe de qualquer pretensão em aqui ensinar o que é um trailer, pois os colegas daqui do fórum, possuidores de trailers e motor-vans, sabem bem melhor de que eu sobre o assunto abaixo, o qual implementei em minha carretinha da maneira mais simples e minimalista possível. Reboque ou carreta na língua inglesa chama-se TRAILER, a exemplo do que também chamamos os grandes trailers turísticos usados em campings. Todo e qualquer trailer ou até mesmo um Camper utilizado para viagens, acampamentos e expedições deve conter ao menos dois tipos de reservatórios de água, um para água potável e outro para água servida, para facilitar a vida dos viajantes. Regra geral, os grandes trailers tem caixas de 100 a 300 litros, já os Campers de 60 a 100 litros. Existem aqueles trailers mais sofisticados contendo uma terceira caixa, que é a caixa de detritos, com acionamento pneumático e um completo sistema hidráulico. Tal caixa tem que ser muito bem construída e o sistema todo muito bem vedado para não permitir a fuga de odores para o interior do trailer. Na minha carreta Global One, empreguei um método simples, prático e “minimalista”, mas que atende e funciona plenamente nas “necessidades aquáticas”. Um balde para atuar como depósito de água servida e um outro reservatório de 35 litros, para atuar como caixa de água potável. Ambos trouxe dos USA, com custo fob total de 52 GWs. Ambos muitíssimo empregado nos “outdoors gringos”. O balde chama-se “luggable loo”, o qual trocando-se sanitos, funciona como um wc pois tem até assento com tampa (loo é apelido de wc dado pelos gringos), aguenta uma pessoa sentada com peso de até 120 kilos. Na foto abaixo recebe a água servida que vem do tubo de saída do sifão da pia. Já o reservatório de água potável chama-se “water hydroller”, tem cabo e rodinhas para facilitar o manuseio e uma larga boca onde passa o pescador (peça amarela na foto) da ducha elétrica 12 Vdc que comprei da Sumatra. O outro lado desta ducha atua como sendo a torneirinha da pia. Simples e funcional ! Rápido conjunto para montar e desmontar num acampamento !! E se acabar a água do water hydroller, tenho ainda 40 litros de reserva nos outros dois galões de 20 litros cada, totalizando assim 75 litros, que é uma capacidade considerável para se carregar em uma carretinha.

    #49610

    Nilton alguém já te chamou de TONY STARK ??? jhahahaa daqui a pouco só falta vc postar uma foto da armadura do homem de ferro hahaha

    #47969
    Nilton J
    Nilton J
    Participante
    Dr. Green wrote:
    Nilton alguém já te chamou de TONY STARK ??? jhahahaa daqui a pouco só falta vc postar uma foto da armadura do homem de ferro hahaha

    Green, Ainda não me chamaram assim, apesar de ter até na minha empresa um laboratório eletrônico a lá Tony Stark, mas só falta ao menos 1% da grana dele! Confesso que eu fui o idealizador e integrador deste projeto, além do projetista de toda a parte eletrônica e elétrica da Global One. E o projetista mecânico da empresa que construiu todo o chassis, carenagem, cambão e os baús principal e laterais da carreta, é o Weber, veja abaixo com quem ele está tirando a foto. Assim, meu reboque off-road Global One tem um “forte” pedigree! Veja quem está “sentado em cima e tomando conta” da minha carreta:


    #47974
    Nilton J
    Nilton J
    Participante

    Detalhes da construção – Parte 21 Minhas prioridades de transporte na carreta foram: a) em terceiro lugar energia elétrica; b) em segundo lugar, gás; c) em primeiro lugar, água! Assim, além dos 75 litros de água potável descritos no post acima, ainda carrego 23 litros em 2 chuveiros, um com bomba manual da Quechua com capacidade de 8 litros e outro elétrico comprado na fábrica da barraca CW que armazena 15 litros (foto abaixo). Assim, tenho quase 100 litros de água na carreta, 100 kilos de água! Sem contar ainda com os 41 litros de volume bruto interno que é a capacidade da geladeira elétrica, onde lá cabem muita garrafinha ou copinho de água, latinhas de bebidas diversas, comida congelada, frutas, cubos de gelo, etc…

    #47993
    Nilton J
    Nilton J
    Participante

    Detalhes da construção – Parte 22 Minha pia é uma cuba de inox 304 da Tramontina, 340 x 340 mm, veio inclusive com uma útil tábua para preparação de alimentos, além do sifão, válvula e tampa do ralo. Ficou da altura de uma bancada, servindo como pia de cozinha, bancada para serviços gourmet e até como tanque para lavar roupa. Dá até para dar banho em minha zéquinha Milla, minha beagle 4×4 patas. A mesma é encaixada num berço que está montado na estrutura da carreta, e pode ser removível. A idéia é deixar fixa e fazer uma capa de proteção marítima para envolver a mesma. A duchinha elétrica 12 Vdc, a peça amarelinha na foto, comprada da Sumatra, funciona como torneirinha, uma maravilha ter torneira e água corrente em sua própria carreta; é como aquela propaganda de cartão de crédito, certas coisas não tem preço !!! As duas peças em vermelho são alojamento para esponja e detergente, acessórios também práticos e úteis para o público feminino responsável em lavar os pratos…apesar de sempre sobrar esta tarefa para mim…em ambas minhas casas, a fixa e a móvel…

    #48000
    Nilton J
    Nilton J
    Participante

    Detalhes da construção – Parte 23 Saindo do assunto líquido e indo à matéria em estado rarefeito, minha segunda prioridade foi ter gás em abundância na carreta e o botijão P5 de 5 kilos da Ultragaz é um vasilhame que faz o seu papel com maestria. Dura muito ! E é fácil de achar, trocar ou recarregar. O mesmo está firmemente preso via dois parafusos por baixo do assoalho de seu alojamento, parafusos estes passando por furos feitos em tubulões estruturais de 3,5 cm e rosqueados em porcas auto travantes. Ainda comprei uma cinta com presilha de aço para amarrar o mesmo pela parte de cima nas estruturas da carreta, como medida reforçada de segurança, caso algum policial rodoviário venha a tecer algum comentário sobre esta carga, que está acondicionada com até mais segurança de que nestas motinhos 125 cc que transportam botijões P13 de 13 kilos.

    #48001
    Nilton J
    Nilton J
    Participante

    Global One no EXPO! Apenas abrindo mais um intervalinho na narrativa da construção de minha carreta GO, gostaria de comunicar que ela já está desfilando no site internacional Expedition Portal, no tópico sobre proprietários de carretas e reboques off-road, às páginas 141 e 142, tópico este com mais de 1 milhão de acessos! Um produto projetado e construído no Brasil, que está lá encarando as feras internacionais, e fazendo bonito! O Expedition Portal, EXPO, é o maior site internacional referente a assuntos de acampamentos, aventuras, mundo off-road e expedições. Seguem os dois links: http://www.expeditionportal.com/forum/threads/31599-Post-favorite-pics-of-your-rig-and-trailer/page141 http://www.expeditionportal.com/forum/threads/31599-Post-favorite-pics-of-your-rig-and-trailer/page142 Saúde!


    Global One no EXPO! – Parte 2 A Global One também está em um segundo tópico do site Expedition Portal, à página 28, que trata sobre “construtores independentes de carretas off-road para expedições, tópico este chamado de “coleção de construtores de reboques”, o qual já passou de 400.000 acessos a nível mundial, com leitores, escritores e construtores de vários continentes! segue o link: http://www.expeditionportal.com/forum/threads/52549-Collection-of-Trailer-Builds/page28 Saúde!

    #47442

    Olá Nilton, ou melhor PU2NBU. Acabo de ler todos os posts, e só posso parabenizá-lo pelo exelente trabalho realizado na construção da CARRETA Global-One. Tudo pensado nos mínimos detalhes e principalmente, compartilhado com todos nós. Realmente show de bola. Quanto ao Radioamadorismo, em primeiro lugar faltou fotos dos equipamentos, e em segundo, radioamador é você ou eu, ou seja quem tem licença para operar. O equipamento usado é o rádio ou transceptor e não o radioamador, é o mesmo que dizer: “Qualquer motorista pode puxar a sua carreta”, enquanto o correto é: “Qualquer carro pode puxar a sua carreta”. Desculpe-me pelo “puxão” de orelha. :anjo: kkkkkk:manhoso: Um forte 73. :D PP5YY

Carregue no Post Images, copie o "Direct link" e utilize o botão para inserí-lo. SAIBA MAIS AQUI

Visualizando 10 posts - 71 até 80 (de 214 do total)

Você deve fazer login para responder a este tópico.