Proibilção Botijão 2k "liquinho"

HOME Fóruns Campismo & Aventura Materiais & Acessórios Proibilção Botijão 2k "liquinho"

Este tópico contém respostas, possui 8 vozes e foi atualizado pela última vez por  GustavoN 7 meses, 1 semana atrás.

Visualizando 10 posts - 1 até 10 (de 16 do total)
  • Autor
    Posts
  • #94518
    nardao
    nardao
    Participante

    Pessoal, boa tarde.

    Como estou no inicio da vida de camping, fui aproveitar um botijão de gás que meu pai tem (2kg, o famoso “liquinho”). Tentei troca-lo em alguns lugares, mas em diversos estabelecimentos fui informado que o produto não é mais vendido.

    Pesquisei na internet e realmente é verdade, corre risco de explosão e etc.

    Fiz uma busca aqui no forum e vi um usuário comentou em “encher” ele em casa.

    Alguém que ainda tenha esse botijão tem alguma informação para me passar? Se existe algum lugar que ainda vende, se é seguro encher em casa.

    Enfim, estou meio perdido.

    Obrigado

    #94542

    Aonde você mora? Depende muito da cidade e do Estado. Aqui em são Paulo vende sim. A ultragás por exemplo vende por R$ 35,00, mas o casco tem que ser deles (azul). Sobre encher é muito polêmico falar em fórum, mas é uma realidade… muitos campistas enchem em casa e também muitos depósitos enchem por preço mais barato.

    Marcos Pivari - CEO e Editor do MaCamp

    #94562
    nardao
    nardao
    Participante

    Sou de São Paulo – Capital.

    O modelo do meu botijão é muito antigo, bem diferente deste azul, creio que esse seja o problema.

    Pra ser bem sincero eu não tenho essa vontade de encher em casa, acho que perigoso e tenho medo de me explodir, rss.

    Obrigado

    #94565

    ah sim. esses antigos nao se consegue mais trocar mesmo. Mas ao meu ver não possuem tanta diferença pros novos, a nao ser por aquele pé similar aos botijões comuns. Uma boa seria pensar no botijao de 5kg, caso voce tenha um carro grande ou reboque. ele é mais barato e comum que o de 2kg e na modalidade camping dura “todavida”

    PRocurei uma foto dele num acamps, mas acabo sempre escondendo o botijãozinho na minha mania de (tentativa de) organização. Mas eis que achei o dito:

    Marcos Pivari - CEO e Editor do MaCamp

    #94567

    nardao, aqui não se acha dessas botijas faz tempo (RJ), as distribuidoras baniram de vez…pena, são versáteis e duram infinitamente mais que essas latinhas campgás…
    Até encontro umas biroscas que fazem a troca, mas é raríssimo (nunca perguntei se eram autorizadas, pois imagino a resposta)…

    #94623
    nardao
    nardao
    Participante

    Obrigado pessoal, vou optar por comprar o de 5Kg mesmo já que o de 2Kg saiu de linha, assim não perco o investimento no futuro.

    Encontrei ele cheio em um centro de distribuição da Ultragás perto de casa por R$ 185,00.

    Se for analisar esses refis da Nautika de 230g que custam R$ 25,00, esse compensa muito mais.

    Obrigado a todos.

    #94624

    Nardão. Só temos o dever se deixar claro aqui no fórum que este tipo de botijão não saiu de linha. Ainda hoje vi desses no caminhão da ultragás que passou aqui na rua. Nào consegui ver o preço na tabela, mas eles inclusive ficam numa gaiolinha bem atrás da cabine.

    Marcos Pivari - CEO e Editor do MaCamp

    #94625

    Edintruder
    Participante

    Sobre encher em casa para aproveitamento dos cilindros, não é muito arriscado, DESDE que algumas precauções sejam tomadas. Temos que ter em mente que muitas vezes podemos precisar de GLP e não encontrar o mesmo cilindro que temos no trailer, assim a saída é encher.
    Vou apontar alguns cuidados básicos, que seguindo eles não terá nenhum risco de explosão:
    1° – O cilindro a ser pressurizado precisa estar em bom estado. NÃO pode conter ferrugem, corrosão e amassados. Caso o cilindro seja antigo, pode mandar fazer um teste hidrostático numa casa de extintores, aonde o cilindro é pressurizado com água a uma força de 3x à carga de trabalho (cerca de 40bar). Os amassados costumam voltar ao lugar;

    2° – Usar mangueira boa, com abraçadeiras nas duas pontas e registros nas duas pontas. Não deve ter nenhum tipo de vazamento. Mangueira transparente, de preferência;

    3° – A pressão de trabalho dos dois cilindros será a mesma, após o enchimento, portanto abra pouco os registros para que a transferência de pressão seja lenta, sem congelamentos;

    4° – Evita virar os botijões de cabeça para baixo, pois junto com o gás liquefeito vai muita impureza junto, o que entope os equipamentos durante o uso;

    5° – Faça somente em área externa, afastada de outras pessoas e animais, assim como de qualquer fonte de ignição;

    6° – Se por algum motivo a mangueira se romper, fecha os registros com cuidado para não congelar a mão, e espera a nuvem de gás se dissipar no vento.

    Cuidando isso não terás nenhum problema. Aqui na empresa trabalhamos com empilhadeiras a GLP com abastecimento interno feito através de bombas, como ocorre nas empresas de carregamento, e esses são os nossos cuidados básicos também, embora a bomba carregue um P20 em 3 minutos, nunca se registrou nenhum incidente nesse serviço que é realizado várias vezes por dia.

    #94628

    Edin….. PRimeiro como moderador do forum devo dizer que oficialmente é uma prática indevida, ok? mas dentro do que você falou, estranhei dizer para não virar o botijão. Pelo que sei o gás lá dentro está liquefeito e se sair com o botijao de pé, chegará ao outro em estado gasoso e o encherá rapidamente, nao? Sempre ouvi dizer que virar o botijÃo de origem era ponto obrigatório….. estou enganado?

    Marcos Pivari - CEO e Editor do MaCamp

    #94745
    nardao
    nardao
    Participante

    Bom dia pessoal, obrigado pelas dicas.

    Rodei algumas distribuidoras de SP e pelo que me falaram ainda existe o botijão de 2kg, mas estão vindo pouquissimas unidades pois pelo menos a Ultragás ainda não decidiu se vai extinguir de vez.

    Enfim, para evitar gastar uma grana e futuramente perder o casco, acabei efetuando a compra de um de 5kg, será útil pois pretendo acampar uns 15 dias, e depois fica para outras viagens.

    Paguei R$ 210,00 no casco + gás, investimento inicial, depois sai R$ 45,00 cada um, se comparar que um cilindro descartável esta saindo em média R$ 30,00 e tem 290g, foi bem pago (valores em Março/2018 na cidade de São Paulo / Zona Sul).

    Obrigado a todos.

    Abraço

Carregue no Post Images, copie o "Direct link" e utilize o botão para inserí-lo. SAIBA MAIS AQUI

Visualizando 10 posts - 1 até 10 (de 16 do total)

Você deve fazer login para responder a este tópico.