Nostalgia do velho campismo via foto recente...
 

ABAIXO TEMOS UM BREVE RESUMO SOBRE INICIAÇÃO NO CAMPISMO E NO MENU A ESQUERDA TEMOS UM COMPLETO GUIA DE INICIAÇÃO AO CAMPISMO COM PASSO A PASSO:

 

Para diversas pessoas que nunca acamparam é comum dois tipos de conceitos: os que sonham em fazer um turismo mais selvagem ou rústico e os que querem distância do desconforto. Em ambos os casos a experiência do primeiro acampamento poderá ser bem diferente da primeira idéia que se foi idealizada. Aos que garantiam que o campismo é desconfortável, serão surpreendidos por um conforto fenomenal de alto grau de contato com a natureza, além da comodidade dos equipamentos cada vez mais modernos. Por outro lado, aos que esperavam maravilhas, poderão ser vítimas de imprevistos se não houver um bom planejamento da viagem.

Primeiros passos

É comum entre os “marinheiros de primeira viagem”, na hora da aquisição dos equipamentos, a preocupação com objetos clássicos. São esses, além da barraca, os cantis, canivetes suíços, lanternas, sacos de dormir e alguns outros. Realmente esses equipamentos são bastante importantes, porém há de se pensar em outros objetos também indispensáveis em um acampamento. Lembre-se que você irá precisar de produtos de higiene pessoal, primeiros socorros, pratos, talheres, panelas, sal, açúcar e etc. Imagine-se em um paraíso natural, mas não se esqueça das coisas que fazem parte do seu dia a dia e que não serão tão diferentes assim em seus dias de acampamento. Faça um inventário de tudo o que for precisar, o que vai fazer e como será a sua rotina nos dias de lazer e diversão.

Aquisição

Ao adquirir seus apetrechos, saiba avaliar a necessidade além do custo e da estética. Hoje em dia, há muita tecnologia envolvida e há diversos tipos e modelos, um para cada tipo de pessoa, tamanho, temperatura e relação durabilidade/praticidade. Ao escolher uma barraca, atente para cada um dos três tipos principais. Dentre cada um deles, avalie o material, e principalmente o número de pessoas que estes comportam. Leve em conta que as fábricas colocam o número de pessoas por área mínima, ou seja, as pessoas teoricamente se dispõem apertadas e sem espaço para outros pertences, como bolsas e mochilas. Lembre-se de que você possui roupas, e outros acessórios que não poderão ficar de fora.
Da mesma forma, avalie as relações custo, benefício e uso dos outros acessórios: Sacos de dormir possuem modelos para cada tipo de temperatura e região; fogareiros podem ser grandes e confortáveis ou pequenos e fáceis de carregar; Colchonetes são baratos e volumosos e colchões infláveis mais caros e compactos em viagem. O mesmo acontece com todos os demais equipamentos.
Não se esqueça de levar em conta o tipo de transporte que será utilizado na primeira viagem: Carro, ônibus, moto, bicicleta, trilha e etc. Em qualquer um deles é possível fazer um acampamento de sucesso.
Depois de adquirir todos os equipamentos adequados com suas necessidades, é hora de testá-los e escolher o destino de sua primeira viagem.
É importante testar todos os seus equipamentos no seu domicílio, começando pela barraca. Monte-a em sua casa mesmo que seja no meio da sala. Verifique se está completa, se não faltam alguma varetas (estrutura), amarras e principalmente espeques. Verifique também se todas as coberturas estão presentes. Faça o mesmo com o restante dos equipamentos. Se você tem dúvidas quanto ao seu equipamento, ou de qual adquirir, consulte as nossas dicas de acessórios aqui no MaCamp.
Para sua primeira viagem escolha uma localidade próxima. Previna-se com a previsão do tempo. As grandes chuvas costumam ser o grande terror dos principiantes, tornando-se muitas vezes verdadeiros traumas, apesar de serem apenas um contratempo. Procure um camping com boa infra-estrutura. Você não precisa se aventurar no meio do mato de primeira. Aproxime-se de campistas experientes, pois estes lhe darão dicas valiosas para um bom acampamento.

Acampando

No camping, estenda uma lona no chão para proteger o piso da barraca contra pedras, raízes e objetos cortantes. Não deixe que partes da lona sobrem para fora do piso da barraca, pois em caso de chuva a água escorrerá para a parte inferior do piso, obrigando você a secá-lo na hora de ir embora. Se for acampar em locais frios, coloque uma camada de jornal ou papelão no chão, pois eles irão isolar o colchonete do frio e impedirá que a umidade da terra passe para dentro da barraca. E acredite, molha mesmo! Comece a montar sua barraca estendendo o piso sobre a lona e prenda as quatro extremidades com os espeques correspondentes. Estique bem. Prepare as varetas e prenda-as ao dormitório como for receitado em cada uma das diferentes barracas. Depois do dormitório, é a vez de prender a cobertura. É importante colocar todos os espeques e prender todas as amarras que a barraca possui, pois apesar de às vezes não parecerem necessárias, em caso de ventania, o equipamento poderá rasgar. É importantíssimo que o pano externo nunca se encoste ao interno, pois a água passará para dentro causando um enorme incômodo. Para terminar, estenda, se for possível, uma lona de cor clara por cima. Isto irá aumentar a vida útil da sua barraca, principalmente se esta for do tipo iglu. Para amarrar lonas ou outras coberturas, você poderá utilizar cordas do tipo sisal. São cordas baratas e se deixadas na natureza, são decompostas rapidamente e sem agredi-la.
Escolha o local sempre com boas sombras. Procure analisar a natureza a sua volta e seus componentes mais próximos. Estude o caminho do Sol para maior comodidade. Em campings, procure evitar locais muito próximos dos banheiros, entrada/saída e pavilhões de lazer. Leve sempre consigo panos para limpeza e cordas. Certamente serão úteis.

Comportamento

Um “som” é muito bom, mas procure entender que seu vizinho pode não ter o mesmo gosto musical que o seu ou então procura silencio e tranqüilidade. Dose bem o volume e os horários desses “barulhos”. Em locais de preservação de fauna e muito retirados, em datas comemorativas, evite fogos de artifícios. Os animais locais se assustam por não estarem acostumados, levando o ecossistema a um impacto muito forte.
Acomode seus pertences dentro da sua barraca e monte os equipamentos como melhor lhe convier. Deixe sempre o fogareiro e botijão longe das lonas. São materiais facilmente inflamáveis. Evite também as lonas pretas, pois estas absorvem muita luz solar, convertendo-os em calor na parte abrigada além de apresentar um péssimo aspecto ao ambiente campista.
Tenha completo asseio aos banheiros coletivos. Deixe sempre limpo o espaço por você utilizado pensando no uso do próximo e de crianças. Acesse os banheiros sempre calçando chinelos, pois são locais de grande concentração de bactérias. Faca bom uso dos lava-pratos e recolha todos os resíduos sólidos do ralo, jogando-os no lixo.
Isso e muito mais você irá aprender ao longo dos seus maravilhosos dias de campista. Com certeza estas primeiras dicas ajudarão em seus feriados e férias.
Algumas pessoas têm o campismo como dias de terror uma vez passados, exatamente pela falta de programação e organização. O campismo é muito confortável, mas bem diferente de férias em hotéis ou casas de veraneio. Quando o campismo é adorado pelas pessoas, se torna muito melhor. Questão de opinião… Faça a sua avaliação e boa viagem…

Escolhendo o Camping

Escolha o tipo de acampamento desejado ou então a cidade ou região pretendida. Intere-se de todos os campings existentes e faça o possível contato para que não se surpreenda com seu fechamento ou regime diferente do que havia divulgado. Tome cuidado com guias antigos ou da internet, se a mesma não apresentar data de atualização. Na internet nunca se sabe a data de publicação do site do camping ou informação do guia. No Guia MaCamp [www.macamp.com.br] você pode conferir a data de atualização de cada camping constado. Ao escolher campings da rede nacional do CCB, procure saber a exata situação do referido camping por meio de telefonemas diretamente ao estabelecimento ou arredores e nunca pela administração nacional ou regional. Informe-se também do preço de diárias ou pernoites e, se em períodos de férias ou feriados, a capacidade restante de vagas.

Agora que você já se inteirou do assunto, confira nosso mais completo GUIA DE INICIAÇÃO AO CAMPISMO:

 

COMPARTILHAR
CEO e Editor do MaCamp | Campista de alma de nascimento e fomentador da prática e da filosofia. Arquiteto por formação e pesquisador do campismo brasileiro por paixão. Fundador do Portal MaCamp Campismo sonha em ajudar a desenvolver no país a prática de camping nômade e de caravanismo explorando com consciência o incrível POTENCIAL natural e climático brasileiro. "O campismo naturaliza o ser humano e ajuda a integrá-lo com a natureza."
  • leonardo

    show de bola esse casal conhecemos eles na feira Adventure Sports Fair