A lanterna tem como proposta o uso no teto da barraca como uma luminária. Ao invés de possuir um facho focal, tem sua luz difundida pelo globo leitoso a fim de iluminar toda a área do piso da barraca. Quem nunca se pegou tentando pendurar sua lanterna no teto e se matando para direcioná-la para onde deseja?

A Quechua BL Dínamo foi feita para ser apoiada como um abajour ou pendurada pela alça retrátil no teto. Dá para arriscar o uso em um ou outro passeio noturno. Tanto a alça quanto a manivela são retráteis e ficam recolhidas quando o uso não é necessário.

A lanterna não usa pilhas. Possui uma bateria de íons de lítio interna que possui duas fontes de recarregamento. A primeira é pelo sistema de dínamo. Ao girar a manivela se transforma a energia mecânica em elétrica que será armazenada. A marca especifica que a cada minuto de carregamento manual resulta em 4 minutos de iluminação da lanterna. A segunda fonte é através de uma porta micro-USB protegida por uma tampa. Nela é possível ligar a maioria dos cabos de carregadores de smartphones do mercado além de outros dispositivos. Se não tiver, é possível utilizar um cabo que acompanha o produto e que se liga à saídas padrão USB comuns em notebooks, aparelhos de audio e video, no carro e até mesmo em adaptadores bi-volt ou 12V que já possuem comumente esta interface. Durante o carregamento o led vermelho se acende se tornando da cor verde quando estiver em carga plena. A quechua declara que esta bateria é bem resistente a longos períodos sem recarregamento, desde que se guarde a lanterna completamente carregada.


Lanterna pendurada no teto da barraca. |Foto: Paula/Marcos Pivari – Site MaCamp.


Detalhe da Tampa que protege a porta micro USB. |Foto: Paula/Marcos Pivari – Site MaCamp.


Alça e manivela retráteis. |Foto: Paula/Marcos Pivari – Site MaCamp.


Manivela para girar o dínamo. |Foto: Paula/Marcos Pivari – Site MaCamp.


Alça para pendurar no teto da barraca. Também é possível deixá-la apoiada como abajour. |Foto: Paula/Marcos Pivari – Site MaCamp.


Porta micro USB para carregamento. Dá pra usar o carregador de vários celulares. |Foto: Paula/Marcos Pivari – Site MaCamp.


Cabo incluso com interface USB convencional compatível. |Foto: Paula/Marcos Pivari – Site MaCamp.


Cabo conectado. |Foto: Paula/Marcos Pivari – Site MaCamp.

Seu funcionamento é simples e prático. Um único botão exerce todas as funções. O primeiro toque aciona o sinalizador fraco vermelho. O segundo toque aciona o modo de iluminação branca de média intensidade e o terceiro toque aciona o modo pleno de forte iluminação. O próximo toque retorna ao sinalizador. Para apagar a lanterna basta pressionar o botão por alguns segundos, mas após um tempinho utilizando a lanterna acesa, o primeiro toque será entendido como “desliga”. Como se trata de um equipamento essencialmente eletrônico, o ato de manter pressionado o botão por vários segundos ativa a função “reset” do aparelho.

Segundo a própria marca a potência da intensidade forte da lanterna é de 50 Lúmens e nela a bateria tem duração de 4 horas. Na média intensidade temos 25 Lúmens e durabilidade de 9h.

Alguns Testes e Ideias: Nosso uso foi bem tranquilo no teto da barraca por 3 dias acampando. Utilizamos também para enxergas o caminho do banheiro a noite. Mesmo sem facho focal, ela iluminou bem o caminho. Uma coisa interessante é que o sinalizador vermelho pode ser muito útil quando não se quer acordar o companheiro(a). A luminosidade fraca é suficiente para uma leitura ou para achar alguma coisa dentro da barraca. Isto não deixa de ser também uma forma de economia.


Em pleno uso na barraca. |Foto: Paula/Marcos Pivari – Site MaCamp.

As barracas quechua já trazem um gancho no teto, mas faltou uma solução para que a própria alça tivesse um gancho para outras barracas ou gazebos que possuem apenas alças ou as próprias varetas como opção no teto. A bateria foi suficiente para os três dias sem carga (apenas algumas rápidas “brincadeiras” com o dínamo). De qualquer forma ao chegar perto do fim da bateria a luz começa a piscar. Se ao acender o led vermelho piscar é porque não tem mais carga.

LANTERNA BL Dínamo Quechua

VANTAGENS

Alternativa mecânica de recarga via dínamo

Boa iluminação difusa

Alça retrátil para pendurar

entrada micro-USB

DESVANTAGENS

Alça poderia incluir um gancho

DADOS TÉCNICOS

Bateria

Bateria íons de lítio

Peso (Aferido pelo MaCamp)

164g (lanterna) + 7g (cabo)

Nível de luz 25 lumens

autonomia da bateria: 9h

Nível de luz 50 lumens

autonomia da bateria: 4h

Nível Led Vermelho 6 lumens

Não declarado/aferido

Eficácia visual

Iluminação difusa e distribuída.


* Produto cedido pela Decathlon para avaliações e análises MaCamp.


 
 
 

 

COMPARTILHAR

CEO e Editor do MaCamp | Campista de alma de nascimento e fomentador da prática e da filosofia. Arquiteto por formação e pesquisador do campismo brasileiro por paixão. Fundador do Portal MaCamp Campismo sonha em ajudar a desenvolver no país a prática de camping nômade e de caravanismo explorando com consciência o incrível POTENCIAL natural e climático brasileiro. “O campismo naturaliza o ser humano e ajuda a integrá-lo com a natureza.”