Referências Antigas de Campismo >> Conheça nosso site clicando nos links do menu acima…

Este veículo datado de 1896, fabricado por Gottlieb Daimler, patenteado na França no século seguinte apresenta basicamente a mesma característica dos dias atuais desde 1930. Ainda segundo Torre (2002), existem dois tipos de ônibus, o comum de linha urbana e interurbano e o ônibus de excursão, este não apresentando um trajeto fixo e com características de conforto e espaço de acordo com a permanência de uso, conhecidos como autopullman, motorcoach, e mais especificamente brasileiro, seguem uma classificação de executivo e leito. Este serviço de excursão pode ser de nível local dentro das cidades por um dia. Radial, também de um dia, já incluindo a refeição do viajante ou a visita Regional ou Continental, na qual no mínimo se desloca por um dia percorrendo atrativos turísticos relativamente distantes um dos outros.
A favor do ônibus Torre mostra que estão, por exemplo, a fácil aplicabilidade em meio urbano, custo mais barato que um carro individual, e no caso de excursões existe a flexibilidade de itinerários, vistas mais panorâmicas devido as janelas e altura do solo, serviço de bordo e capacidade de bagageiro. Também contra aponta o motor poluente, ser mais lento que o avião, relativamente inseguro se comparado ao trem e navio, podem ocorrer quebras durante o percurso, é cansativo em determinadas distancias e o fato de ser um transporte coletivo que para algumas pessoas pode ser considerado desvantagem.
O fato de o ônibus oferecer um serviço de flexibilidade de itinerários vem a acrescer ao motor-home a característica de liberdade de roteiros e oferecer possibilidade de não usar um veículo coletivo que pode ser uma desvantagem.

 

COMPARTILHAR
CEO e Editor do MaCamp | Campista de alma de nascimento e fomentador da prática e da filosofia. Arquiteto por formação e pesquisador do campismo brasileiro por paixão. Fundador do Portal MaCamp Campismo sonha em ajudar a desenvolver no país a prática de camping nômade e de caravanismo explorando com consciência o incrível POTENCIAL natural e climático brasileiro. "O campismo naturaliza o ser humano e ajuda a integrá-lo com a natureza."