Aproveitamos a postagem sobre o tema no site curtamais.com.br para reproduzí-lo inserindo os links das localidades em nosso guia de campings. Vale a leitura. De Alto Paraíso a Pirenópolis, 5 destinos para quem curte um acampamento

Bora acampar, gente! Se você gosta de aventura e não se importa em abrir mão do conforto, acampar pode ser um programa e tanto para você. Aqui em Goiás existem ótimos destinos para quem quer viajar sem gastar muito com hospedagem. Tem áreas de camping em cidades como Alto Paraíso, Aruanã, Corumbá de Goiás, Pirenópolis e Três Ranchos, e para você conhecer um pouquinho mais desses possíveis destinos, o Curta Mais vai falar sobre o que há de mais top nos em Goiás. Siga nosso tour!

 Alto Paraíso (Veja no Guia MaCamp)

O Vale da Lua vai fazer você se sentir dentro de um filme de ficção científica! Surreal!

Além de ser um ótimo lugar para acampar, também pode ser um ótimo destino para quem quer ficar livre do fim do mundo! Isso mesmo que você leu: Alto Paraíso tem fama de ser um lugar místico e, de acordo com a superstição, é um dos poucos lugares do mundo que estariam livres de grandes catástrofes naturais. Esse astral místico e as belezas naturais fazem da cidade um ponto de encontro de várias tribos: esotéricos, ecoturistas e aventureiros, todo mundo convivendo na mais santa harmonia. Alto Paraíso fica no nordeste de Goiás e pertence à Chapada dos Veadeiros e à Área de Proteção Ambiental – APA de Pouso Alto. Fica a 412 km de Goiânia e vale cada centavo do passeio. Quando o assunto é acampar, um dos melhores lugares do estado. Perigo é você ir e não querer voltar mais.

 Aruanã (Veja no Guia MaCamp)

Aldeia Buridina (Aruanã)
A Aldeia Buridina fica em Aruanã, e é aberta aos visitantes. A terra dos índios Karajás fica próxima da cidade, vizinha de loteamentos urbanos.

A gente não tem mar, mas mar pra quê, quando você pode ir para Aruanã? Praia dos goianos, Aruanã é um ótimo destino para quem quer acampar e ainda por cima curtir o Rio Araguaia. A cidade fica a 315 km de Goiânia e oferece muitas belezas naturais que encantam os turistas e não cansam as vistas dos moradores. Saindo do acampamento, você pode aproveitar os diversos tipos de passeios náuticos – dos mais calmos até os cheios de adrenalina – para conhecer as águas que banham a cidade. Se você é do tipo que curte um programa mais tranquilo, pode curtir uma boa pescaria também. Partiu Aruanã!

 Cidade de Goiás (Veja no Guia MaCamp)

Acampar do lado da Serra Dourada… Boa pedida!
Andar pelas ruas de pedra de Goiás é como entrar em um túnel do tempo. Bonito demais!

Goiás é um dos destinos favoritos do goiano e também de muitos brasileiros. A cidade oferece áreas de camping para quem gosta do contato com a natureza e também de economizar. Patrimônio Histórico e Cultural Mundial desde 2001, Goiás encanta os visitantes com sua arquitetura barroca peculiar: andar pelas ruas da velha Vila Boa é como entrar em um túnel do tempo! Suas tradições culturais seculares despertam o interesse do turista, além de toda a natureza exuberante que circunda o município.

 Corumbá de Goiás (Veja no Guia MaCamp)

salto
Que tal acampar às margens do Rio Corumbá?

Corumbá de Goiás está na lista dos melhores destinos para quem gosta de acampar. Localizada no entorno de Brasília, está a 108 km de Goiânia e é famosa por ter uma das mais belas cachoeiras do estado: a Salto Corumbá. Além das belezas naturais, você pode dar uma volta pela cidade, onde vai encontrar velhos casarões construídos pelos bandeirantes e que ajudam o lugar a manter seus traços coloniais. Pertinho da cidade tem também outros lugares que merecem sua visita: Cachoeira do Monjolinho, Tapera Grande, Pai Inácio, Taquara e Pedreira. Ajeite a barraca e coloque o pé na estrada rumo a Corumbá.

 Pirenópolis  (Veja no Guia MaCamp)

Que tal acampar à sombra das árvores? Lá em Pirenópolis você pode.
O casario antigo é um espetáculo à parte!

Piri é um dos destinos favoritos para quem gosta de acampar. Tombada como Patrimônio Nacional, a cidade conserva seu aspecto antigo, com seu casario colonial e suas singelas igrejinhas espalhadas por ladeiras e ruas de pedra. Além de visitar o centro histórico, vale o passeio pelas reservas ecológicas repletas de cachoeiras, sem contar nas trilhas para caminhadas que levam aos mirantes naturais da Serra dos Pirineus; rios para a prática de rafting e bóia-cross; e fazendas históricas, como a Babilônia.


 

COMPARTILHAR
CEO e Editor do MaCamp | Campista de alma de nascimento e fomentador da prática e da filosofia. Arquiteto por formação e pesquisador do campismo brasileiro por paixão. Fundador do Portal MaCamp Campismo sonha em ajudar a desenvolver no país a prática de camping nômade e de caravanismo explorando com consciência o incrível POTENCIAL natural e climático brasileiro. "O campismo naturaliza o ser humano e ajuda a integrá-lo com a natureza."