PRF em Mato Grosso vai Escoltar 800 Veículos Caravanistas Chilenos
 
Trechos de BRs do estado sofrerão restrições para veículos de carga pesada. Campings são preparados para receber aventureiros.

Uma caravana chilena de aproximadamente 800 veículos vinda de Santiago para acompanhar a Copa do Mundo FIFA 2014 no Brasil receberá atenção especial da Polícia Rodoviária Federal (PRF) de Mato Grosso, logo que adentrar o território do estado..

Como forma de assegurar o fluxo de veículos e a segurança nas estradas, trechos de rodovias federais sofrerão restrições a partir do dia 11, data prevista para a chegada da caravana em solo mato-grossense. A capital do estado, Cuiabá, será o local da primeira morada chilena no país, em função do jogo de estreia de “La Roja” no torneio.

Veículos de carga pesada (bitrens, rodotrens, treminhões, caminhões cegonha, carretas) ficarão impedidos de trafegar no trecho da BR-364 entre Rondonópolis e Cuiabá das 17h às 0h. Já no dia 12, no mesmo trecho, a restrição funcionará das 6h às 12h. No dia 13, data do jogo da seleção chilena contra a Austrália na Arena Pantanal, a proibição se estenderá na BR-163, entre Sinop e Rondonópolis, das 6h às 12h.

Na data em que a caravana segue viagem rumo a Belo Horizonte (BH), dia 14, a restrição atingirá a BR-364, de Cuiabá a Alto Garças, das 6h às 12h. Todas as restrições valem para os dois sentidos das rodovias.

A PRF de Mato Grosso informou que viaturas acompanharão a caravana durante todo o trajeto em solo mato-grossense. Carros de passeio, motocicletas e veículos que também servem de acomodação (motorhomes) fazem parte do comboio chileno.

Batizada de “Marea Roja”, a caravana deve fazer uma grande festa ao entrar em Cuiabá, com direitos a fogos de artifício, buzinaço e gritos de guerra, como o clássico “Chi-Chi-Chi-Le-Le-Le”. Para se ter uma ideia do tamanho do comboio, a distância entre o primeiro carro e o último da fila é de quase oito horas.

Somente em Cuiabá, são esperados por volta de 20 mil chilenos, conforme estimativas da prefeitura da cidade.

Campings

Para acomodar os aventureiros torcedores de “La Roja” estão preparados espaços em campings, chácaras, clubes e associações nos arredores da cidade. O Haras Rancho Dourado, a 15 minutos da Arena Pantanal, é um deles.

Por volta de dois mil chilenos devem acampar no local, que possui aproximadamente 100 hectares, ampla área verde e estrutura de sanitários e banheiros químicos e cozinha. A diária no lugar sai por R$ 48.

Uma das responsáveis em organizar o espaço para a chegada dos visitantes, a agente de viagens Karina Correa, que é chilena mas mora no Brasil há muitos anos, contou que o local também está de portas abertas aos torcedores de outras nacionalidades que estiverem com dificuldades em encontrar hospedagem.

Ela ressaltou que, em caso de vitória contra a Austrália, uma celebração chilena deverá acontecer no Haras, e que “todos estão convidados”. O Haras conta com segurança privada, além de um apoio do Exército.

Outros 500 chilenos estão acampados em propriedades situadas na Chapada dos Guimarães, a 65 quilômetros de Cuiabá.

De acordo com o secretário de Turismo da capital mato-grossense, Marcus Fabrício, a maior parte dos integrantes da “Marea Roja” serão instalados na Associação Nipo-Brasileira de Cuiabá. Com área de 40 mil m², cerca de 5 mil chilenos acamparão no local, que dispõe de extenso espaço para camping. O campo de golfe de grandes dimensões da Associação também será utilizado para acampamento.

fonte: http://www.copa2014.gov.br/


 

COMPARTILHAR
CEO e Editor do MaCamp | Campista de alma de nascimento e fomentador da prática e da filosofia. Arquiteto por formação e pesquisador do campismo brasileiro por paixão. Fundador do Portal MaCamp Campismo sonha em ajudar a desenvolver no país a prática de camping nômade e de caravanismo explorando com consciência o incrível POTENCIAL natural e climático brasileiro. "O campismo naturaliza o ser humano e ajuda a integrá-lo com a natureza."