Quem possui um veículo de recreação gosta de ter embarcadas todas as tecnologias que tornam mais práticas as tarefas do dia a dia. A televisão ainda é um centro de entretenimento muito forte também no mundo caravanista, mas na maioria dos destinos a recepção de sinal é fraca ou até inexistente. Uma antena residencial mesmo que compacta não pode estar instalada permanentemente no teto do trailer ou motor home, exigindo que esta tenha que ser reposicionada à toda parada. Apesar de existirem alguns modelos específicos para automóveis, ainda precisam ser apontadas e o acesso é sempre difícil. Já outras antenas de configuração “omnidirecional” não possuem uma recepção plena. A loja Virtual de peças para RV MEU TRAILER fez questão de enviar o modelo WINEGARD SENSAR IV para review. Esta é considerada uma mas melhores e mais tecnológicas antenas de sinal aberto do mundo e já está preparada para o sinal digital.

Além da fama de possuir a melhor recepção, a Winegard SENSAR também tem a fabulosa função de oferecer todos os comandos internos. Tanto o levantamento quanto o giro são feitos pelo interior do RV. Isto quer dizer que em um dia de chuva você poderá subir e direcionar sua antena com todo conforto e ergonomia. Esta facilidade também servirá para reposicionar facilmente a antena para diferentes canais, já que em locais mais distantes, diferentes emissoras são transmitidas por diferentes torres.

Especificamente, o modelo “IV” da Sensar tem como característica a presença “de série” do elemento “wingman”. Esta peça direcional é a maior responsável pela função de melhor captação do sinal digital (HD) da televisão aberta. Ela é importante já que em breve todo o sinal analógico já terá sido desligado no país.

Nosso maior desafio neste review foi mesmo a instalação. Optamos por instalar nós mesmos para tornar a análise mais completa. Então nosso passo inicial foi o processo de compra da antena. Apesar do equipamento ter sido cedido pela MEU TRAILER, fizemos todo o processo de compra na sua loja virtual para testar seu funcionamento até a entrega final.

A loja virtual é bem prática e simples de operar. Um menu a esquerda contém todas as seções que, por sinal, abrangem uma gama muito completa de peças para trailers, motor homes e afins. Escolhida a guia “antenas”, escolhemos o produto e seguimos os passos comuns de qualquer loja virtual. Finaliza o pedido, escolhe-se o meio de pagamento, cálculo e escolha da modalidade do frete e o cadastro inicial de quem nunca foi cliente. Rápido e muito claro, escolhemos o boleto bancário e a entrega via transportadora, já que este item não é entregue pelos correios devido ao tamanho.

Foram poucos dias para a entrega na data prometida. O produto chegou em perfeitas condições em nosso endereço quando já fomos abrir o pacote cheios de curiosidade.

A Winegard Sensar IV é bem completa. Acompanham além dos elementos principais, diversas peças que fixam e complementam a instalação e acessórios que fazem parte. O corpo principal da antena vem separado assim como todo o sistema de haste e levantamento que serve de base no teto do trailer. Em uma embalagem separada estão todos os componentes, cabos, conectores e parafusos, além do booster que possui outras funções divisoras.

O manual em inglês é um pouco complicado. Não pela língua, mas sim pelo teor muito técnico e simplório que certamente é voltado mais para os instaladores profissionais do que aos leigos. De qualquer forma com bastante atenção, ali estão todas as informações necessárias para a devida instalação.

No dia da instalação, o maior temor é mesmo pela furação do teto do trailer. Um erro seria fatal e por isso tudo foi feito com muito estudo e cuidado. Primeiramente atentamos pela necessidade do posicionamento da antena em relação ao trailer, já que, na posição recolhida, deve ficar voltada para a traseira do veículo pelos óbvios motivos de estabilidade durante a viagem. Desta forma, é preciso estudar o ponto certo que garanta que a manivela de comando interno seja posicionada em um local exequível e que a antena recolhida não interfira em nenhum outro elemento do teto, como claraboias, chaminés e etc. Antes disso, fizemos antes o teste do furo com serra copo em um pedaço de madeira.

Escolhido o exato local é hora de botar a mão na massa, ou melhor na furadeira. Para isso utilizamos um gabarito em PDF que foi baixado do site oficial da Winegard e impresso na proporção de zoom 100% na impressora (este cuidado é importante, pois geralmente os softwares ajustam o zoom para que caiba na área imprimível de sua impressora). No papel recortamos o furo central com estilete e aí sim o posicionamos no local pretendido e marcado no teto do trailer. Após colado com fita crepe, é sempre bom verificar em outro ponto de vista se está exatamente alinhado com o trailer.

Lá dentro, a fim de evitar a sujeira, colamos um saco plástico sob a área onde seria feito o único furo principal que seria totalmente vazado. O restante seria apenas para os parafusos externos de fixação da base.

Tomando coragem, novas revisões e medidas para ter certeza são inevitáveis antes de meter a furadeira. Utilizamos uma serra copo da medida indicada no manual, mas antes fizemos um primeiro furo com broca para iniciar os trabalhos. Depois com muito cuidado furamos por completo cumprindo as etapas separadas da chapa de alumínio, seguida do miolo de isopor até a chapa da eucatex® interior. Tomamos o cuidado de não acertar as travessas estruturais do teto do trailer, mas também de posicionar o furo logo ao lado de uma delas para garantir uma fixação mais eficiente da base. Lixamos toda a área do teto abrangida pela base seguido de um pano com álcool para retirar todo o pó. Fizemos isto para aumentar a área de agarre das colas, além de retirar toda a oleosidade daquela superfície.

CONFIRA O VIDEO

Depois foi a vez de aplicar as colas que auxiliarão na fixação da base no teto do trailer. Como no caso da Karmann Ghia não temos um teto tão grosso e nem rígido para os parafusos, reforçamos a fixação com algumas colas que julgamos bem efetivas para esta aplicação. A Cascola® PL500 tem um poder adesivo muito forte que permite um reposicionamento durante os primeiros instantes evitando os problemas das colas de contato. Ela também garante uma certa maleabilidade após seca. Junto dela, também utilizamos a Pesilox® que é similar a um silicone, mas com um poder bem maior de adesão e durabilidade, Por fim, utilizamos o adesivo de poliuretano (muito conhecido como sikaflex® ou vedaflex®) para colagem e principalmente para a calafetação da borda da base junto com a chapa do teto. após aplicadas as colas na base da antena e a colocação dela no teto foi a hora de fixar os parafusos que acompanham a antena.

Aguardando a primeira etapa de secagem dos adesivos, não fizemos a calafetação imediata exatamente para não atrapalhar o processo de cura. Enquanto isso passamos para a próxima etapa na parte inferior da antena onde serão montados os elementos da manivela. Os primeiros passos são o corte da flange interna e da haste sextavada da manivela. Ambas as medidas estão especificadas no manual. No caso da flange, toma-se a medida da espessura do teto medindo na ponta dela e transferindo à sua base. Feito isso, é hora de fixar a flange através dos quatro parafusos sem antes não deixar de posicionar a arruela perfurada que garantirá futuramente o travamento do giro da antena. Para ambos os elementos, deve-se posicionar as pontas das setas indicadoras para a traseira do RV.

O que sobra é a colagem do adesivo interno que indica o sentido dos giros de levante e recolhimento da antena e da fixação da manivela através do parafuso de chave hallen, não sem antes colocar a mola.

Calafetada a base externa e a cabeça dos parafusos por capricho, é só conectar o cabo coaxial que acompanha o kit da antena. A própria base da Winegard Sensar já possui um ponto para fixação e passagem do cabo para o interior do trailer, porém como nosso teto é muito fino, não seria possível passar o cabo pelo miolo dele até a TV. Por isso construímos um duto especial e mais distante onde seriam passados outros cabos da instalação de outros produtos que também farão parte da nossa seção de reviews. Por esta razão não fizemos a furação e uso deste elemento.

Entre a antena e a televisão, o cabo coaxial passará por um acessório importante que acompanha a Sensar IV. O Booster também faz algumas funções extras. O amplificador de sinal trabalha em 12V o que permite o fácil funcionamento com a energia independente do RV. Além disso ele possui divisores para auxiliar no uso de outras fontes de sinal que você possa desejar que entre pela entrada RF de sua TV. Quando ligado o botão a luz indica que o booster está em operação e que o sinal da antena está sendo enviado para a TV. Quando desligado, o sinal da entrada auxiliar (que pode ser de uma outra antena, ou fonte de imagens a cabo) é que será liberado para a TV. Na parte frontal do painel do booster ainda há uma tomada 12V tipo “isqueiro” para ligação de equipamentos e uma saída auxiliar coaxial. Escolhido o local para a caixinha, passamos os cabos coaxiais e também a alimentação 12V.

OPERANDO A ANTENA

A operação é extremamente simples. Girando a manivela você realiza o levantamento da antena. Como se trata de uma haste dupla, você pode regular a altura certa da antena que sempre estará na posição horizontal. Para fazer o apontamento (giro) é só segurar na base interna puxando-a para baixo e girando o conjunto. Após achar a melhor posição, solta-se a base e a mola a comprimirá junto ao aro perfurado deixando a antena fixa naquela posição. Após esta etapa, a manivela ainda poderá ser manipulada para regular a altura da sensar.

AVALIAÇÃO

Nosso teste se deu em um cenário muito favorável para a análise. Não pela presença de sinal, mas sim pela falta dele. O Camping de Campos do Jordão fica na área rural e praticamente não pega nada de TV. Com nossas antenas improvisadas, não recebíamos nenhum canal com a antena VHF e somente a globo analógica no canal 18 com a anteninha Uhf. Mesmo assim precisávamos posicioná-la com uma haste de 2m de altura sobre o trailer. Com a Sensar conseguimos pegar a mesma globo analógica com os mesmos chuviscos, mas com uma qualidade já bem melhor, além de outros 2 canais analógicos em UHF. E no sistema digital, pegamos a BAND em HD com qualidade total. Sem dúvida, a qualidade da antena Winegard é inquestionável e o conforto de operá-la dentro do trailer não tem preço. Ainda realizaremos testes em outros destinos já conhecidos de outras acampadas para adicionar aqui posteriormente.

CUIDADOS

A própria antena, através do painel interno da manivela já indica a necessidade de lubrificação da engrenagem externa uma vez por ano. A presença desta engrenagem na venda de peças de reposição juntamente com a manivela interna indica que devemos manipulá-la com cuidado e nunca esquecer da lubrificação. Fora isso, o conjunto nos pareceu bastante resistente e confiável. Mas o cuidado principal no uso comum se dá mesmo no não esquecimento de recolhê-la antes de pegar a estrada. Aconselhamos incluir isto em sua check list, pois tal esquecimento poderá ser fatal não só para a sua antena, mas também para o teto do seu RV.

+ Descrições: Cores Preto e Branco (no Brasil só Branco); Peso: 3kg; Comandos Internos; Amplificador; Giro de 360º; 75 Ohms; UHF, VHF e HD.

PREÇO: A antena custava R$ 1.299,00 + frete na loja MEU TRAILER na data da compra e deste review.

REVIEW – PRODUTO E LOCAL: Este equipamento foi enviado pela MEU TRAILER que confiou no know-how do MaCamp para testar seus produtos na seção de Reviews. Os testes e fotos foram realizados no Camping CCB de Campos do Jordão em julho de 2017.

 




 

 

 

 

 

COMPARTILHAR
CEO e Editor do MaCamp | Campista de alma de nascimento e fomentador da prática e da filosofia. Arquiteto por formação e pesquisador do campismo brasileiro por paixão. Fundador do Portal MaCamp Campismo sonha em ajudar a desenvolver no país a prática de camping nômade e de caravanismo explorando com consciência o incrível POTENCIAL natural e climático brasileiro. "O campismo naturaliza o ser humano e ajuda a integrá-lo com a natureza."