Blue Camping 728×90

Responder a: Trailer Karmann Ghia KC-380 Cheetah – 1º trailer – reformando devagar

#91578

titanium
Participante

Olá, parabéns pela aquisição, também tenho um karmanguia, porém vai ter trabalho para os reparos a ser feito, mas realizar isso é muito prazeroso, ainda mais podendo fazer por conta própria e com o capricho, tome cuidado com a vedação dele e se tiver infiltrações, será uma das primeiras coisas a ser feitas para não deteriorar o interior, seu trailer esta muito original, parabéns!!

Muito obrigado EDUARDO! Valeu!

Então… você saberia dizer como faço para recuperar o freio inercial do karmanghia?
Se tiveres pelo menos algumas fotos aí do sistema para eu comparar com o meu já seria ótimo!
Pois é… vedação é o tendão de aquiles mesmo!
Alguma dica?

Parabens pela aquisição.

O mais importante é estruturalmente ele estar íntegro. Assim vc pode viajar sem se preocupar do jeito que ele está.
A estética é algo secundário (pelo menos pra mim).
Faça uma lista das verificações que precisam ser feitas na estrutura (chassi, suspensão, freios) e calafetação para não deixar mais a água infiltrar. A água é um vilão silencioso.

O resto vai fazendo aos poucos. Se vc gosta de meter a mão na massa, terá horas de diversão.

Qualquer duvida, pergunte pro Marcos Pivaro, por que ele tem um similar.

Abraços

Odair

Muito obrigado ODAIR!!

Justamente… eu penso que a estética é secundária… preciso deixar ele seguro para viajar e com a vedação em dia!
😀

Bom, pensando em:
1 – Passar na Vistoria do Detran: revisar elétrica da parte externa.

2 – Realizar fase 1 da reforma:
2.1 – Lavagem da parte inferior do trailer para tirar pó e verificar melhor o estado do chassi e peças de suspensão e freios.
2.2 – Revisão de cubos de rodas (lubrificação com graxa sabão de lítio e b. de molibidênio + substituição de rolamentos + retentores).
2.3 – Revisão geral do sistema de freios (verificação das sapatas, burrinhos, cabeamento e regulagens).
2.4 – Revisão da suspensão (basicamente verificar se os amortecedores já são de dupla ação e substituir conforme o caso).
2.5 – Selagem completa da cabine do trailer (preciso concluir essa etapa até outubro/2016, quando as chuvas retornam a Brasilia).
2.6 – Substituição ou reparo dos janelões dianteiro e traseiro (com reforço da estrutura de madeira que fixa a janela, pois a traseira está podre).
2.7 – Verificação e reparo da Geladeira, Aquecedor à gás, Fogão/forno e bomba dágua.
2.8 – Limpeza e reparo do Porta Potti.
2.9 – Vedação do banheiro, para evitar infiltrações quando do banho.
2.10 – Fabricação de todas as cortinas do trailer (blackout + vual).
2.11 – Substituição das capas dos estofados por umas com tecido respirável e resistente à água (tipo aquablock)
2.12 – Verificação completa da eletrica interna + instalação de bateria estacionária (ainda a dimensionar) + eventuais inversores + projeto carga da bateria pelo alternador + alguma outra coisa simples e barata que surja no caminho…
2.13 – limpeza geral do trailer por dentro (esse passo será um dos primeiros, mas só lembrei de registrar por aqui).
2.14 – Substituição do miolo da parte superior da porta de entrada (por um compensado naval de madeira resistente a agua – não é pinus).
2.15 – Substituição do trinco da porta de entrada (o que está lá quebrou a maçaneta que abre por dentro). Quero ver uma barata que eu possa trancar por dentro, que tenha chave e que seja segura.
2.16 – Substituição do pano preto da beliche (o que sustenta os colchões). Substituirei por um tecido com RipStop que tenho aqui em casa. Também preto. Mas a ideia é que fique mais cumprido (ponta a ponta).
2.17 – Substituição das portas de madeira dos armários que não estejam em bom estado (com trincas).
2.18 – Reforma do móvel de madeira que sustenta a geladeira (a parede esquerda desse móvel parece que está quebrada e a geladeira afundou).

Bom, a 2ª fase da reforma ainda vai demorar… mas, basicamente, é algo mais estrutural… Depois de curtirmos bastante o trailer, vamos pensar em desmontar todo e refazer tudo que não estiver bom! Pintar inteiramente ele e, se necessário, modernizar o sistema de freios dele para uns elétricos com controle de “trailer sway” eletrônico (tem uns módulos nos EUA que fazem isso).

Mas isso tudo está bem distante e não dá para pensar muito nessa fase..

Por enquanto agradeço aos amigos caravanistas que puderem passar algumas recomendações para vedação da carroceria (fissuras no aluminio) e emendas.

Também gostaria de saber:
– quais rolamentos e retentores são utilizados nos cubos de roda do Karmannghia? São iguais a algum carro nacional?
– o amortecedor horizontal do sistema de freios inercial é o mesmo da f-1000, como nos Turiscar?
– Compensa adicionar uma caixa servida e uma caixa de detritos ao trailer (caso não consiga recuperar o portapotti penso em colocar um sanitário fixo + caixa detritos homemade). A dúvida é: compensa mudar logo de cara esse sistema?
– É possível revisar e/ou reparar o aquecedor a gás original?
– É difícil revisar e/ou reparar a geladeira à gás? Devo tomar algum cuidado especial?

Eita! Acabei escrevendo um mundo de coisas!

Agradeço quem tiver a paciência de ajudar… em paralelo, estou pesquisando bastante no fórum.. mas é que essas dúvidas estão difíceis de sanar por meio da pesquisa..

Forte abraço a todos!

BodeCar 728×90

CLASSIFICADOS: