Santo Inácio 728×90

Responder a: Duster 1.6 + KC 380

#94014

Raposo
Participante

Boa tarde,

Ao contrário da maioria dos 4×4, o Duster possui tração naturalmente dianteira. Da caixa de transmissão dianteira sai um eixo cardã que conecta a força a um diferencial traseiro. Este eixo cardã é conectado ao diferencial através de um mecanismo de embreagem viscosa, ou seja, não possui o conjunto platô/colar de uma embreagem tradicional.

Existe um botão de seleção no painel na qual o motorista pode configurar o modo desejado: 4X2, 4×4 Auto e 4×4 Lock. Não é necessário parar o carro para fazer esta seleção.

No modo 4×2, a embreagem do diferencial traseiro é ativada de modo que não haja nenhuma transmissão para o diferencial traseiro. Porém, vendo o funcionamento, observa-se que o eixo cardã continua girando.

No modo 4×4 Auto a embreagem do diferencial faz com que o diferencial traseiro seja ativado sob demanda, transferindo até 50% da força para o eixo traseiro. Isto permite que o Duster use a tração quando necessário, permitindo o uso em asfalto ou em chuva.

No modo 4×4 Lock a embreagem do diferencial é travada, fazendo com que sempre 50% da força seja transferida para o eixo traseiro. Este modo somente pode ser usado em condições de baixa aderência (estrada de terra) e em baixa velocidade (até 80 por hora), sob pena de danificar o sistema.

Alem disto, ao ativar o modo 4×4 Lock, o ABS passa a funcionar de modo diferente. Caso ele detecte que uma roda está patinando, ele vai tentar frear a roda, simulando mecanismo de bloqueio de diferencial. Não é igual a um bloqueio legítimo mas quebra o galho.

Em relação a consumo, praticamente não há diferenças no consumo do modo 4×2 e modo 4×4 Auto.

Um outro ponto a ser informado é a relação do câmbio. No Duster 4×4 a 1a marcha é extremamente curta, simulando uma caixa reduzida. Isto será útil na hora de colocar o conjunto Duster/Trailer em movimento.

Cordialmente,

Raposo

BodeCar 728×90

CLASSIFICADOS: