Retorno do motorhome para o trailer

Este tópico contém respostas, possui 5 vozes e foi atualizado pela última vez por marcelocs.sle marcelocs.sle 11 meses, 2 semanas atrás.

Visualizando 9 posts - 1 até 9 (de 9 do total)
  • Autor
    Posts
  • #100315 Resposta

    Ronald Ataulo
    Participante

    Amigos, gostaria de compartilhar com vocês a minha experiência de ter adquirido um motorhome Itapoã Aconcágua e ficado apenas 3 meses com ele, retornando para o trailer. O modelo escolhido desta vez foi um Turiscar 6.5.

    1

    Primeira parte, a venda do motorhome

     
    A passagem de nossa família no universo dos motorhomes durou um curto espaço de tempo. Em julho de 2017 adquirimos o nosso Itapoã Aconcágua
    ano 2003 montagem 2005 e depois de quase quatro meses, em outubro de 2017,
    resolvemos vende-lo para voltar para o trailer.
     
    A decisão não foi originada por qualquer
    insatisfação com o motorhome por nós adquirido, muito pelo contrário, tivemos
    uma enorme alegria por esta escolha. 
    O retorno ocorreu por razões pontuais e totalmente ligadas ao nosso atual momento de vida, financeiro e familiar. 


    Abaixo algumas razões que nos levaram a tomar tal decisão:
    1. Um motorhome mesmo mais antigo, geralmente possui seu valor financeiro mais elevado comparado a um trailer moderno e
      sofisticado. Com a venda de nosso motorhome ano 2003/2005 pudemos pensar em um trailer zero quilometro ainda com economia de recursos financeiros;
    2. O motorhome possui um custeio anual mais elevado considerando seu licenciamento mais o IPVA enquanto o trailer é reduzido sendo somente o seu licenciamento;
    3. Maior preocupação com a manutenção mecânica do
      motorhome (motor/cambio/elétrica/freios/lubrificantes), principalmente quando ele fica por longos períodos sem funcionamento. Já um trailer pode ficar um maior tempo parado/estacionado e no momento da viagem basta uma breve conferencia na calibragem dos pneus e eventualmente uma breve revisão no sistema de rodagem (rolamentos e freio);
    4. Sensação de um maior risco de acidentes no motorhome junto a família, em nosso caso duas crianças, que ficam muitas vezes soltas caminhando pela casa durante os deslocamentos, enquanto
      no trailer a família fica devidamente protegida no cinto de segurança de três
      pontos do veículo tracionador;
    5. E a principal razão que é ficar sem um veículo para
      passear nos destinos visitados. Depois que o motorhome está todo montado em um
      acampamento fica mais trabalhoso desmobiliza-lo para qualquer tipo de saída,
      enquanto o trailer permite que o veículo tracionador permaneça sempre à
      disposição. Poderíamos rebocar um outro veículo para os passeios, mas isto representaria ainda mais despesas. Em nosso caso levar uma moto não atenderia nossas necessidades familiares.
    Havíamos percorrido cerca de quarenta mil quilômetros rebocando nossos dois primeiros trailers. Em apenas quatro meses com o motorhome, percorremos cerca de cinco mil quilômetros e pudemos realizar o comparativo das duas situações, chegando à conclusão que um trailer seria muito mais indicado para o nosso atual momento familiar.


    Cabe ressaltar que este texto não tem a intenção de atribuir o que é pior ou melhor, apenas compartilhar nossas vivências e os caminhos escolhidos.
    A conversa sobre a intenção de venda do motorhome aconteceu na viagem do dia das crianças de
    2017 para o Camping Paiol em Águas da Prata-SP e para nossa surpresa, quando chegamos em casa no
    domingo, dia 15/10/2017, havia uma mensagem no FACEBOOK escrita por uma pessoa interessada em
    adquirir um motorhome semelhante ao nosso. Comentei com ele sobre a possibilidade de vender
    o nosso, justificando a intenção de voltar para o trailer. Prontamente
    a pessoa aceitou o convite de ler em nosso BLOG o histórico
    do equipamento e também vir à Santos-SP conhece-lo
    pessoalmente. O resultado da visita foi amor à primeira vista e não poderia ser diferente, afinal de
    contas o equipamento estava impecavelmente bem cuidado. Todos os tramites de pesquisa,
    visita, negociação e retirada final aconteceu em apenas uma
    semana.
     
    O novo proprietário Sr. Roberto de Carvalho veio receber todas as instruções de funcionamento no domingo dia 22/10/17 e inclusive já pernoitou no RV Parking Namastê, do amigo Omar, na cidade do Guaruja-SP. 
     
    RV PARKING NAMASTÊ – Guarujá-SP
    Na segunda-feira dia 23/10, depois de realizar todos os tramites burocráticos o Sr. Roberto partiu sentido o Mato Grosso do Sul onde será a nova casa deste belo motorhome.
     
    Segunda parte, a compra do trailer
     
    Na própria segunda-feira dia 23/10, após ter finalizado todos os tramites burocráticos da venda do motorhome, iniciamos a pesquisa do nosso futuro trailer. Depois de ver alguns anúncios de equipamentos usados, no início da noite resolvemos telefonar para o Sr. Luiz Luz da Turiscar para saber informações sobre um equipamento novo. 
     
    Para nossa surpresa o Luiz Luz informou que entregou em setembro de 2017 um trailer Turiscar 6.5 zero quilômetro, completo, para um Sr. de Curitiba-PR e que por razões diversas ele não poderia ficar com o equipamento, assim revendendo-o. Imediatamente o Luiz enviou as fotos abaixo:
     

     

     

     

     

     

     

     

     

     

     

     
    Diante deste belo equipamento sem uso, acabamos telefonando na mesma hora para o seu proprietário e depois de uma breve negociação, fechamos negócio por telefone mesmo, na própria segunda-feira dia 23/10.
     
    Na terça-feira dia 24/10 enviamos nosso veículo tracionador GM TrailBlazer para a oficina afim de realizar uma bela revisão mecânica para a retomada das viagens rebocando trailer. 
     
    Na sexta-feira dia 27/10 viajamos para Curitiba-PR na casa do proprietário  Sr. Carlos afim de buscar a nossa nova casa sobre rodas. Fomos muito bem recebidos, inclusive convidados para pernoitar de sexta-feira para sábado em sua residência. No jantar, mais uma agradável surpresas, recebemos a visita dos amigos Luiz e Francini Luz.


    Na manhã do sábado dia 28/10 recebemos mais uma vez a visita do amigo e representante da Turiscar Luiz Luz e acompanhado do proprietário Carlos, recebemos todas as instruções de funcionamento do novo equipamento.

     

     

     



    A partida para Santos aconteceu por volta das 13 horas e a viagem transcorreu na mais perfeita ordem. O tamanho deste trailer aumentou pouquíssima coisa comparada ao nosso antigo Turiscar Diamante e por esta razão, não sentimos nenhuma diferença no rebocar.

     

     



    Somos profundamente gratos! Tudo ocorreu na mais perfeita ordem, desde a venda do motorhome que aconteceu de forma casual após a nossa decisão de retorno para o trailer, quanto encontrar este maravilhoso trailer. Agradecemos todas as boas energias que estiveram presentes em todos os momentos.


    E o mais importante é que continuemos nossas aventuras por estas belas estradas da vida!!


    Texto: Ronald Ataulo
    Fotos: Ronald Ataulo, Francini Luz e Roberto de Carvalho.

    Ronald Ataulo
    Trailer Turiscar 6.5 (New Pipoca)
    Santos-SP
    www.boraprocamping.com

    #100317 Resposta

    Ronald Ataulo
    Participante

    O retorno ocorreu por razões pontuais e totalmente ligadas ao nosso atual momento de vida, financeiro e familiar.

    Abaixo algumas razões que nos levaram a tomar tal decisão:

    1- Um motorhome mesmo mais antigo, geralmente possui seu valor financeiro mais elevado comparado a um trailer moderno e sofisticado. Com a venda de nosso motorhome ano 2003/2005 pudemos pensar em um trailer zero quilometro ainda com economia de recursos financeiros;

    2 – O motorhome possui um custeio anual mais elevado considerando seu licenciamento mais o IPVA enquanto o trailer é reduzido sendo somente o seu licenciamento;

    3 – Maior preocupação com a manutenção mecânica do motorhome (motor/cambio/elétrica/freios/lubrificantes), principalmente quando ele fica por longos períodos sem funcionamento. Já um trailer pode ficar um maior tempo parado/estacionado e no momento da viagem basta uma breve conferencia na calibragem dos pneus e eventualmente uma breve revisão no sistema de rodagem (rolamentos e freio);

    4 – Sensação de um maior risco de acidentes no motorhome junto a família, em nosso caso duas crianças, que ficam muitas vezes soltas caminhando pela casa durante os deslocamentos, enquanto no trailer a família fica devidamente protegida no cinto de segurança de três pontos do veículo tracionador;

    5 – E a principal razão que é ficar sem um veículo para passear nos destinos visitados. Depois que o motorhome está todo montado em um acampamento fica mais trabalhoso desmobiliza-lo para qualquer tipo de saída, enquanto o trailer permite que o veículo tracionador permaneça sempre à disposição. Poderíamos rebocar um outro veículo para os passeios, mas isto representaria ainda mais despesas. Em nosso caso levar uma moto não atenderia nossas necessidades familiares.

    Ronald Ataulo
    Trailer Turiscar 6.5 (New Pipoca)
    Santos-SP
    www.boraprocamping.com

    #100318 Resposta
    Francisco Neto
    Francisco Neto
    Participante

    Bom dia Ronald!

    Sempre acompanhamos seus relatos (no seu Blog e aqui também).
    (Aliás suas postagens foram grandes incentivos para adquirirmos nosso primeiro trailer, suas e os vídeos do Jandir de Teresópolis também).
    É muito bom conhecer esses aspectos antes de investir num sonho, pois assim evitamos cair em “pesadelo” rsrs.

    Quando pensava nesse tema (trailer x MH) cheguei a imaginar exatamente esse aspectos que enumerou. (É claro que isso vai variar de pessoa para pessoa e do momento de cada família). Mas vendo sua experiência penso que, para nós, quem se encaixa melhor é realmente o Trailer.

    Forte abraço!

    Francisco Neto e Família.
    Trailer KC-520 Bartolomeu.
    Pajero Sport HPE 2009

    #100322 Resposta

    Ronald Ataulo
    Participante

    Que legal Francisco, fico feliz em saber que nossas postagem conseguem de alguma forma chegar nas famílias que sonham o mesmo que a nossa.

    Aproveito e deixo o convite para você que tem um trailer participar de nosso grupo “Trailistas do Brasil”, pode me mandar seu celular lá pelo contato do meu blog…

    Convite estendido a todos os proprietários de trailer aqui do fórum, o grupo é aberto, basta ser proprietário de um trailer.

    Forte abraço Francisco

    Ronald Ataulo
    Trailer Turiscar 6.5 (New Pipoca)
    Santos-SP
    www.boraprocamping.com

    #100333 Resposta
    Paulo Rogério
    Paulo Rogério
    Participante

    Ronald,

    como sempre, extremamente esclarecedor e tira bastante dúvidas daqueles que ficam nesse dilema Trailer x Motorhome.

    Abs,

    Paulo Rogério (MST – Movimento dos Sem Trailer)

    #100336 Resposta

    Ronald Ataulo
    Participante

    kkkkkkkkkkkkkkkkkkk gostei do seu movimento MST (Movimento dos sem trailer).

    É claro que estas minhas colocações estão totalmente ligadas ao meu atual momento de vida. Quando olho aquela VAN lançada pela Santo Inácio na mesma feira, logo penso, quando me aposentar, só eu e a minha esposa Sophia, uma daquela será muito prática…. hoje realmente é trailer!!!

    Ronald Ataulo
    Trailer Turiscar 6.5 (New Pipoca)
    Santos-SP
    www.boraprocamping.com

    #100339 Resposta
    MiguelMaris
    MiguelMaris
    Participante

    Salve, Ronald!
    Penso exatamente assim. Durante duas décadas sonhei e achei que queria um motorhome. Muito, desse desejo, por não conhecer melhor a vida de campista num trailer. Meu primeiro equipamento foi um trailer e, neste momento, eu e a patroa, não conseguimos nos ver com outro tipo de equipamento. E não fechamos olhos e ouvidos para outras possibilidades, tanto que fomos nas duas edições da Expo Motorhomes, onde entramos e apreciamos os diversos motorhomes expostos por lá. Hoje, pela nossa forma de viajar e pelo que um trailer oferece, entendemos que seja a melhor opção. No momento em que tivermos a certeza de que seremos somente os dois para viajar por aí, acho que uma boa van vai atender às nossas necessidades.
    Boas estradas à todos!

    Miguel Maris
    Turiscar Diamante Club

    Viva! Viva para ter o que lembrar!

    #100341 Resposta

    Ronald Ataulo
    Participante

    Exato Miguel, eu percorri quase quatro anos rebocando trailer e quando peguei o motorhome senti bastante falta das facilidades oferecidas pelo trailer. Que nem comentamos, quando for somente eu e a esposa, creio que esta nova tendencia de VANS realmente traga ainda mais mobilidade.

    Ronald Ataulo
    Trailer Turiscar 6.5 (New Pipoca)
    Santos-SP
    www.boraprocamping.com

    #100343 Resposta
    marcelocs.sle
    marcelocs.sle
    Participante

    Oi Ronald,

    Concordo contigo e com o Miguel sobre a facilidades do trailer. Depois que viajei de trailer nas férias e vi a facilidade que se ter o veículo livre e a segurança da família continuo adepto desse equipamento, pode ser que no futuro mude minha opinião, mas por enquanto o M&Ms está nos satisfazendo…hehehe

    Abraço e bom retorno ao trailer.

    Marcelo

    FAMÍLIA M&Ms

PARTICIPE DO FORUM PELO FORMULÁRIO ABAIXO.
Visualizando 9 posts - 1 até 9 (de 9 do total)
Responder a: Retorno do motorhome para o trailer

You can use BBCodes to format your content.
Your account can't use Advanced BBCodes, they will be stripped before saving.

Sua informação:




CLASSIFICADOS: