Em dois videos do canal, embutidos mais abaixo, fizemos o teste comparativo e de eficiência de dois fogareiros horizontais da Nautika. Duas são as grandes diferenças entre eles: O preço e os atrativos. O mais barato é mais simples, não aceita botijão externo e possui boca convencional. O mais caro possui duas entradas de fonte de gás diferentes e a boca cerâmica que promete não apagar com o vento. Mas além dessas diferenças visíveis a olho nu, quais são os dados principalmente de autonomia do gás e o tempo de fervura de cada um?

APRESENTAÇÃO DOS DOIS TIPOS: No video abaixo, apresento cada uma das características de ambos os modelos, onde o campista poderá tirar sua própria conclusão de qual escolher para comprar. Ambos possuem entrada de cartucho campgás, acendimento automático, bandeja retrátil com anti-derramamento, regulador de chama, alavanca de trava de cartucho e iguais dimensões. O Frontier sai só um pouco mais barato, mas não possui a opção de ligar um botijão de gás externo convencional pela segunda entrada. [Pelo menos na época que Élcio adquiriu, não existia a opção do fogareiro Frontier Flex, que já possui esta segunda opção de entrada de gás] Já o Duo Ceramik, além desta opção ainda possui o queimador feito em alvéolos cerâmicos que formam um miolo incandescente que não apaga com  vento. Além de explicar detalhadamente as características de cada um, ainda filmamos no escuro para se enxergar exatamente o aspecto do fogo.

TESTE COMPARATIVO: No primeiro video ficou faltando os aspectos técnicos. Será que o modelo mais caro e “melhor” gasta mais ou menos gás? E o tempo para ferver água, maior ou menor? Em ambos os quesitos, será que um só deles ganha? Como bônus, um comparativo técnico com fogões elétricos de indução residenciais com os a gás. Confira:

CONCLUSÃO: No primeiro video, fica clara a relação entre preço e qualidades que somente cada pessoa poderá escolher na hora da compra, seguindo seus próprios critérios. Já no segundo video, o modelo mais barato (Frontier) não ganha somente no preço, mas também no quesito “tempo de fervura”. Porém, o modelo Duo Ceramic, ganha no quesito “autonomia”, pois no cenário do teste (regulagem, altitude e etc) durou quase uma hora a mais que seu oponente.

ATUALIZAÇÃO: Da compra e experiência e até da época do video, algumas mudanças ocorreram no catálogo da Nautika. O Fogareiro Frontier já conta com a versão Flex e era vendido no site da fabricante NA DATA DESTE ARTIGO por R$ 123,80. Já o Duo Ceramik estava por R$ 171,85.

 

1 COMENTÁRIO

  1. Excelente vídeo Élcio, tive um problema semelhante com o meu duo ceramik, no caso ele molhou a cerâmica que acabou trincando inteira e também caindo pra dentro como o seu, comprei outro pela internet e enquanto aguardava a chegada fui atrás de uma solução para não perder o antigo, encontrei em lojas de equipamentos para fogões industriais barras retangulares de cerâmica que são usadas em fornos de assar frango, super fáceis de cortar no formato redondo do fogão, e também com um preço super acessível ( sete reais) ficou como novo!! Fica ai a dica para não perder seu antigo fogão.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here