Ushuaia de Trailer-Relato

Visualizando 10 posts - 11 até 20 (de 513 do total)
  • Autor
    Posts
  • #49471
    Capt.A330
    Participante

    Buenas Odair: Eramos três, mi esposa, nossa amiga, irma do coração, e eu. Que tal esta foto cruzando “El Estrecho de Magallanes”? Abraços, meu caro!

    #49472
    Odair Teixeira
    Participante

    Para esta foto, ni siquiera con Mastecard lo compras….esto no tiene precio

    #49476
    Capt.A330
    Participante

    14/04 Neste dia, foi de descanso, reencontro com família e amigos, compras, entre elas, algumas garrafas de Navarro Correas, que ninguém é de ferro, e outros mantimentos; nota: se você após alguns dias estranhar o feijão, saiba que será extremamente difícil encontrar feijão, como nós conhecemos, na Argentina; mas, se grãos não podem passar no Chile, como fazer? Simples, compre no Brasil feijão e/ou feijoada em lata, já cozido, que então é permitido, como conservas industrializadas, e você tempera a gosto por lá mesmo, e enquanto o faz, o aroma vai atrair cachorrada (e pessoas!) num radio de 40 kms., perguntando quê aroma delicioso é esse! (fora que é mais rápido de preparar, sem necessidade de panela de pressão umedecendo o Trailer):P Nós fizemos isso em vários lugares, inclusive em Ushuaia, e as pessoas passavam olhando para o Guanaco e com água na boca…:D Para que não ficasse insosso, a gente adicionou cebola, alho, folha de louro, pimenta, linguiça, toucinho e “otras cositas mas” de lá mesmo, e acompanhado dum Navarro Correas, foi o bicho!:P Saudades de casa? Só até acabar a ceia…:P (me remito às provas, excelência, adjunto fotos) Dica: se você não tem um aquecedor elétrico, compre um por lá mesmo, daqueles com quartzo, de no max. 1200 w, para não desarmar disjuntores no Camping, que por lá são mais baratos que no Brasil, não ocupa muito espaço e são bem leves; mesmo um de 1200 w, esquenta o Trailer todo, não queima oxigênio quase, e se cair acidentalmente, se auto-desliga; IMPORTANTE: não esqueça de comprar adaptadores de tomadas de 3 pinos (argentinas) para as nossas tomadas dentro do Trailer! Você encontra os “calentadores” e os adap. elétricos (se não tiver lá, veja uma “ferreteria”, ou seja, nossa loja de ferragens) na Cooperativa Obrera, o maior supermercado da cidade, com varias sucursais: http://www.cooperativaobrera.coop/la-coope-hoy/sucursales http://www.cooperativaobrera.coop/la-coope-hoy/sucursales/buenos-aires/bahia-blanca Lembrete: vinho, só no jantar, ou deixar alguém que não beba dirigir, para não estragar as ferias!:) Segurança acima de todo, em especial para os nossos seres queridos! Bem, após o singelo jantar, a dormir que amanha adentraremos na Patagonia… Foto1-Feijão e Navarro Correas: a verdadeira integração do Mercosul! Foto2-Chegando no Aero Club. Foto3-Estacionamento para Guanacos e aviões. Foto 4- Aero Club. Foto5-Jantar singelo,mas…com Navarro Correas Merlot 2.010

    #49478
    Capt.A330
    Participante

    15/03 Opss! Na pag. anterior, postei como 14/04, quando deveria ser 14/03. (Parafraseando o partido I.Sued, “Sorry, periferia”, embora o “Sorry”, é de desculpa mesmo!) Bem, acordamos cedinho, que a etapa seria longa, e lá fomos, com o Guanaco faceiro que só, de peito aberto para os pampas! (os dias que passei no Rio Grande pegaram…no bom sentido, claro!):D Faróis baixos sempre acessos, conforme manda a Ley Argentina, e poucos kms. após Bahía Blanca, encontramos a barreira zoofitosanitaria, que revistou o carro, e pediu permissão para revistar o Guanaco, tarefa que realizou a moça encargada, com supervisão atenta da “alemoa”, e cobraram 3,5 US$ pela desinfecção do carro e guanaco, que quando você passa por uma cavidade com produto químico, borrifa um pesticida para matar os possíveis germes, portanto, recomenda-se fechar bem as janelas ao sair. A Ruta 3, que tem seu inicio no km”0″, no Obelisco, bem no centro de Buenos Aires, seguimos por poucos kms., e só iriamos a retomá la muitos kms. depois, perto de San Antonio Oeste, pois é um percurso mais curto, ir pela 22 e depois a 251 até encontrar novamente a Ruta 3, que termina em Ushuaia, ou melhor, em Bahia Lapataia, pertinho de Ushuaia. Continuamos reto no trevo que separa a Ruta 3, que se divide à esquerda, e entramos na Ruta 22, que vai até Neuquén, e após 163 kms. da nossa saída, chegamos a Rio Colorado, após passar a ponte do rio do mesmo nome; neste lugar, nova vistoria, mas sem pagar agora. IMPORTANTE: a partir de agora, entrando na Patagonia, toda cidade que passar, e que diste mas de 150 kms. do seu ultimo abastecimento, encha o tanque, pois os postos são muitas vezes distantes, ou não chegou faz dias o camião que abastece, ou qualquer outra situação, e então, abasteça! Aproveitei, como sempre, para olhar os pneus do comboio, tocando nos pneus e nas rodas com o dorso dos dedos, pois pneu quente significa pouca pressão, e roda quente, freio presso ou rolamentos com problemas, entre outros; além disso, mesmo que por poucos minutos, todo mundo desce para espichar as pernas, descansar de estar sentado, se espreguiçar e outros, o que torna estas rápidas paradas muito produtivas, alem de dar “a volta do cachorro”, para ver se engate, correntes, claraboias, janelas, etc. estão em ordem. Fazíamos assim: eu era encargado de ver rodas, pneus, engate, correntes, etc., e as ladies, janelas, porta, tulhas, claraboias (sei lá, sobe numa escada do posto, vai naquele barranco, se vira, viu, “fia”!):D (não deixa a alemoa saber, senão…:s). A estrada é boa, tanto na 22 quanto na 251, que você pega à esquerda aprox. 28 kms. de Rio Colorado, e a paisagem vai ficando cada vez mais desértica, com longas retas (cuidado para não dormir!), e perto de San Antonio Oeste, você encontra a Ruta 3 novamente, e não sai mais dela até Ushuaia. Do posto YPF de Rio Colorado, até o ACA (Automovil Club Argentino, sempre associado a YPF, ou Yacimientos Petrolíferos Fiscales, ou “Jazidas Petrolíferas Fiscais”) de Sierra Grande, tem 356 kms., e se você tem autonomia para isso, abastece lá (mas bah, tchê, tu não me acabaste de falar que abasteça sempre que puder, vivente?) Acontece que em Sierra Grande, já é considerada a Patagonia propriamente dita, e tem redução de impostos nos combustíveis, e o preço do comb. cai para aprox. 1,22 US$ o litro de Euro diesel, o que vai acontecer até Ushuaia:P:) Em Sierra Grande, abasteça no ACA, que indo, é o segundo YPF, também do lado direito da estrada, e eu não gosto muito do primeiro, pois faz anos, não fui bem atendido, embora pode ter mudado; o ACA tem como desvantagens que sempre forma filas e se demora um pouco, e como vantagens, tem uma boa loja de conveniencias onde pode tomar um cafe com media lunas :P, e banheiros limpos, enquanto aguarda. Cuidado com as curvas perto de Sierra Grande, pois você vem tão acostumado com as retas enormes, que quando entra na primeira curva, está desacostumado!:exclamacao: Perto de Sierra Grande, ou até antes, podem a qualquer momento ver Guanacos perto da estrada; si estiverem muito perto, diminua a velocidade, que eles tem como calcular o teu deslocamento, e fogem em outra direção, coisa que não ocorre se você estiver em alta vel., pois o cérebro deles não avalia direito teu deslocamento, e pode se atravessar na tua frente, como acontece seguido com quem corre muito! De Sierra Grande até o Camping do ACA, temos aprox. 144 kms., embora no Google Maps indique mais, por um desvio fora da Ruta 3, o que é um erro do sistema; eu projeto meus percurso com o “Bing Maps”, muito bom, embora voce tem que ter o Internet Explores (IE) para visualizar; ex.: http://br.bing.com/maps/default.aspx?v=2&cp=44.023938~-99.71&style=h&lvl=4&tilt=-89.875918865193&dir=0&alt=7689462.6842358#Y3A9N3cydnlzOWtnenJmJmx2bD0xOCZzdHk9YiZydHA9cG9zLi00MS42MTExMzFfLTY1LjM1NDQxMl9uZWFyJTIwODUzMiUyMFNpZXJyYSUyMEdyYW5kZSUyQyUyMEFyZ2VudGluYV9fX2FffnBvcy4tNDIuNzgwNDI1Xy02NS4wMDA0MDdfX19fYV8mbW9kZT1EJnJ0b3A9MH4wfjB+ Chegamos de tarde no Camping, e tivemos que entrar por uma porteira lateral, pois o Guanaquito não passava pela principal; o Camping é bom, embora não tem grama, e as torneiras só nos piletones, como de praxe, embora com eletricidade perto de todo ponto de parada; como o Guanaquito e a L200 somam perto de 14 mts., estacionamos nua ruazinha do Camping, já que nessa época tem poucos acampantes,e nos instalamos, conforme vem na foto debaixo. Na portaria tem Internet, se você quiser levar o Note, pois não tem muito alcance de sinal. O custo total foi de aprox. 19 US$ para o pernoite. Na frente do Camping, tem um sitio histórico, a poucos metros da portaria, e uma bela vista da praia e o por do sol sobre Madryn; vale a pena ir para ver, e também, se a maré está baixa, caminhar entre o milhões de moluscos que ficam expostos, na frente dumas covas, que serviram de abrigo para os primeiros colonos do Pais de Gales que migraram da Europa para esta região. Bem, estamos na Patagonia, e a noite fresquinha, foi ótima para dormir muito bem. O mapa, embora o desvio da Ruta 3 em Sierra Grande, é errado; a dist. real é de 667 kms. http://goo.gl/maps/U0pmg Foto1-As retas intermináveis de Rio Colorado para Sierra Grande. Foto2-Chegando a Arroyo Verde, limite entre Rio Negro e Chubut; aqui tem o ultimo controle zoofitosanitario, até a fronteira com Chile. Foto3-Chegando em Puerto Madryn Foto4-El Guanaquito no Camping ACA de Puerto Madryn. Foto5-Puerto Madryn, indo para o Camping.

    #49481

    Estou adorando os relatos e fotos.:) Já me considero o quarto membro da expedição.:demais: Só não acelera muito se não eu fico zonzo.:-/ Já fico imaginando quando chegar a minha vez de pegar a estrada.:P Um abraço.

    #49482
    Jairo
    Participante

    Dardo, não sei se sem, cem ou mil palavras……muito show….que vontade de ir pra lá tb!!! Abraços e ve se não demora muito pra postar o restante….

    #49483
    leandrovaranda
    Participante

    Esto só “corujando” e tentando aprender um pouco. Se levar o feijão cozido, sem ser enlatado pode? Pelo que entendi o problema é com coisas que podem ser plantadas.

    #49484

    também to ligadão aqui

    #49485
    Capt.A330
    Participante
    leandrovaranda wrote:
    Esto só “corujando” e tentando aprender um pouco. Se levar o feijão cozido, sem ser enlatado pode? Pelo que entendi o problema é com coisas que podem ser plantadas.

    Buenas Leandro; acho que não tem problema, mas eu não quis arriscar; inclusive minha irmã comprou um feijão que vem em pacote tipo “tetra pack”, caixinha, já pronto, e estava muito bom! Pode parecer bobagem eu postar esto, mas quem já ficou vários dias fora do Brasil, é quase unânime em sentir falta das nossas comidas, mesmo que no exterior sejam as mesmas, excelentes; é “saudade gastronômica”, no meu modesto entender, que se amplia pelo fato de você estar na tua casa (Trailer ou MH), e a comida é a que comemos em casa, que após alguns dias, nos faz falta. Abraços, Leandro![hr]

    pp5yy wrote:
    Estou adorando os relatos e fotos.:) Já me considero o quarto membro da expedição.:demais: Só não acelera muito se não eu fico zonzo.:-/ Já fico imaginando quando chegar a minha vez de pegar a estrada.:P Um abraço.

    Bem vindo, Jorge: inclusive, não esqueci que você me pediu mais fotos do MH de Capilla del Señor, e lá vai; a última não se enxerga muito bem a traseira do MH, mas era a única que tinha. Abraço![hr]

    Jairo wrote:
    Dardo, não sei se sem, cem ou mil palavras……muito show….que vontade de ir pra lá tb!!! Abraços e ve se não demora muito pra postar o restante….

    Oi Jairo, já vai, já vai…:D Lembro que temos viagem marcada para viajar com os dois Trailers juntos; abraços![hr]

    Dr. Green wrote:
    também to ligadão aqui

    Abraço, Dr. Palm…opss, Green!:D

    #49486
    leandrovaranda
    Participante

    Fugindo um pouco do assunto: Capitão, em outubro estarei passando 4 dias por Curitiba. O cidade difícil de conseguir avião e hospedagem :D fui comprar hoje achando que ia poder escolher e os voos já estavam bem cheios e 2 hotéis lotados o terceiro consegui os últimos quartos. :P Mas deu certo.

Visualizando 10 posts - 11 até 20 (de 513 do total)
  • Você deve fazer login para responder a este tópico.

ÚLTIMAS NOTÍCIAS:

CLASSIFICADOS: