Como todos sabem, o mercado alemão de trailers é um dos mais fortes do mundo, sendo igualmente antigo. Em meio a tantas fábricas e histórias, é comum vermos naquele país modelos que levam traços do design retrô, mas carregados de modernidade e tecnologia. A moda saiu dos norte americanos. Os anos 1950 e 1960 são sem dúvida o foco da “saudade”. Mas não pense que será barato…

Basecamp: O modelo tenta transgredir ao desenho clássico do Americano Airstream, além de buscar um tamanho bem mais compacto. 5,15m e seus 1.300kg compõem o trailer. Repare na porta traseira. O importador Europeu promete entregar em oito meses.

Barefoot: Este trailer genuinamente britânico foi projetado por estudantes da Universidade de Coventry. Com carroceria monobloco em fibra de vidro em linhas arredondadas, possui chassi galvanizado e cozinha artesanal. Seus 5,20m possui pouca largura (1,92m) e custam pouco mais de 29 mil euros.

Beauer X3: O francês compacto e redondinho tem seu espaço interno multiplicado por três, após estacionado. A proposta era esta mesmo. Compacidade na estrada e amplitude interna no acampamento. Seu sistema telescópico parece habitar apenas os Power Points das velhas correntes de e-mails, mas existe de verdade. Ele cresce para o lado e, em 30 segundos, chega a oferecer 28m². O preço varia de 28.000 a 50.000 euros.

Lume Traveler: O Holandês traz no DNA o funcionamento mais “outdoor” dos mini trailers. Com a cozinha externa, possui dimensões bem maiores e iguais a de grandes trailers de um eixo: 5,17m. Seu preço salgado (40.000 euros) fica por conta dos materiais especiais (aços inoxidáveis, feltros de lã natural e piso de teka (madeira de lei).

Steeldrop: Um legítimo trardrop não poderia faltar nesta lista. A forma de “lágrima” ou “gota” perdura através dos tempos como sinônimo de compacidade e leveza para ser rebocado por qualquer veículo. O ucraniano é todo feito em aço inox e equipado com chassi e eixos al-ko pesa 470kg vazio.

Caretta: O pequeno mini trailer turco vem com formato de lágrima (teardrop), apesar de levar o nome que significa “tartaruga”. Afinal, a casa nas costas leva cozinha externa clássica na traseira e dormitório com duas portas. Pesa 500kg e custa lá fora em torno de 9mil euros.

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here