Motor Home Vettura: ?Passeio no Uruguai
 

A qualidade dos motor homes da Vettura transcende fronteiras e garante confiabilidade nas viagens e expedições pelo mundo. Confira mais um relato de viagem ao Uruguai a bordo de um legítimo Vettura.

CONTATOS Vettura:
RS 240 – KM 5,5 – Bairro Boa Vista – Scharlau – São Leopoldo – RS – Brasil
(51) 3572.8002 – (51) 8158.9775
vettura@vettura.com.br  http://www.vettura.com.br/

Recentemente, entre os dias 05  e 10 de maio último realizamos uma viagem de conhecimento ao Uruguay. Entramos pela cidade de Rio Branco, lado Uruguaio e/ou saída por Jaguarão, lado brasileiro. Passamos por cidades como Vergara, Treinta y Três, Mariscala, Aiguá, San Carlos y finalmente chegando ao destino, Punta Del Este. Rodamos por quase todo trajeto na Ruta 8, uma estrada de pista de rodagem simples com sentido duplo, em muito boas condições de trafegabilidade.

Pouco movimento, mas em sua maioria de caminhões pesados rumando para Montevidéu.  Fizemos uma média de 90 km por hora e nossa Renault Máster com 4 pessoas à bordo consumindo um litro de diesel a cada 11.3, 11.7 e até 12.2 km, dependendo da velocidade e do lugar. Grandes retas e poucas curvas, porém alguns trecho de serra leve onde o consumo foi maior. Por falar em consumo, o preço dos combustíveis assusta um pouco no Uruguai, chegando a gasolina a quase R$ 6,00 o litro e o diesel S10 a R$ 5.60 o litro. Nos acompanhou um outro automóvel que tinha autonomia menor e sofreu um pouco com estes custos. Todavia pela melhor qualidade de combustível, o rendimento km/litro, segundo o condutor deste veículo, foi melhor, em torno de 20%.

Estando em Punta, bem estabelecidos num apartamento cedido por amigos, 4 dormitórios, de frente pro mar, na praia Mansa, uma vista maravilhosa. A poucas quadras dali, no sentido oposto a Playa Mansa, numa baia linda também, a Playa Brava. De brava mesmo muito pouco, mas com mais ondas ao menos que a Playa Mansa.

Da sacada se avistava toda a baia e a nossa esquerda a maravilhosa marina de Punta com seus barcos de todos tipos, tamanhos e valores. Belas imagens de pescados, das gaivotas e dos leões marinhos nos chamaram a atenção.

Os preços dos restaurantes nos assustaram um pouco e optamos por fazermos rodízios de cozinheiros eis estarmos em 3 casais, o que foi feito. Cada dia um casal dominava a cozinha!

Fomos ainda até Montevidéu por uma estrada de pista dupla, com dois pedágios ao custo de $ 65 pesos por automóvel. Passeamos no Shopping de los Portones, onde se descobriu que os preços em geral, comparados aos nossos por produtos semelhantes, eram mais altos, a exceção de poucos produtos. Resumindo, os gastos foram mais com comida que com presentes ou coisas para uso pessoal.

Estivemos ainda em Piriápolis, onde almoçamos no sábado dia 9 de maio e noutra praia chamada Punta Ballena, um lugar incrível e lindo ao mesmo tempo. Visitamos um museo oceanográfico e um Insectuário, incriveis!

Domingo dia 10, acordamos bem cedo, e antes das 6:30 am já estávamos todos “listos” para a viagem de volta, que se deu por outra rota, a Ruta 9,passando por cidades como Rocha e a Playa Del Diablo que também fomos conhecer por ser a Meca da gurizada surfista. Belo lugar. Saímos em direção ao Chuy, com muito boa estrada também. Nenhuma complicação na Aduana e estrada com pouquíssimo policiamento.

Nossa Renault Máster se comportou muito bem, rodando macio e suavemente. Seu motor é extremamente silencioso e apresenta níveis muito baixos de ruído e vibração. As instalações e acomodações internas com excelente qualidade, padrão aliás da Vettura Motor Homes, que merece rasgados elogios. Chegamos em Novo Hamburgo/RS, por volta das 21:30 hrs, tendo sido envolvidos pelo grande movimento de veículos da volta do dia das Mães, ainda a tempo de  cumprir com a obrigação de filho !

Passeio maravilhoso, o qual recomendamos, porém, atentar para os valores de combustível no Uruguay.

Viagem, fotos e texto de CARLOS E ROSELI GEYGER


 

Avatar
CEO e Editor do MaCamp | Campista de alma de nascimento e fomentador da prática e da filosofia. Arquiteto por formação e pesquisador do campismo brasileiro por paixão. Fundador do Portal MaCamp Campismo sonha em ajudar a desenvolver no país a prática de camping nômade e de caravanismo explorando com consciência o incrível POTENCIAL natural e climático brasileiro. "O campismo naturaliza o ser humano e ajuda a integrá-lo com a natureza."

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here