Publicidade:
 

Já é um fato! A Pandemia de corona virus se estabeleceu no Brasil não só na presença de sua disseminação, mas também em ações de Estado e movimentação de políticas e imprensa. Não é novidade também que os impactos da economia também atingirão o setor de campings e lazer, além do turismo de natureza. Além de todas as prevenções mais do que noticiadas para esses primeiros momentos, há de se aproveitar o resguardo para trabalhar as ações cabíveis e que futuramente farão falta. Revisão e planejamento!

O Campismo e o Caravanismo não contam com entidade representativa oficial. A ABRACAMPING está ociosa esperando um renascimento que nunca foi tão necessário. Ela possui representatividade junto ao governo e conta inclusive com uma cadeira no Ministério do Turismo. Demais associações Estaduais ou Nacionais apenas representam pequenos nichos e grupos no setor. O MaCamp, maior referência do campismo e caravanismo há 20 anos vem tentar esclarecer e guiar o empresariado que compõe o setor. Diversos órgãos do Turismo.

OS CAMPINGS:

Por força de lei ou pela própria vontade de resguardar proprietários, funcionários, campistas e a população em geral, a esmagadora maioria dos campings fechou suas portas a partir do último dia 20/03. Mas o que fazer sem os recebimentos? Como honrar os compromissos? O que será dos próximos feriados que tanto ajudam na receita anual? São perguntas sem respostas imediatas e somente a calma e paciência serão a ferramenta certa para vencer esta fase. Vencimentos de tributos certamente serão flexibilizados por municípios, Estados e União. As questões trabalhistas já estão sendo movimentadas, lembrando que todos estamos no mesmo barco. Mas e o futuro? Incerto como é, é hora de “aproveitar” o tempo em clausura para colocar em prática questões de planejamento. Uma hora a tempestade irá passar e sairá na frente quem estiver mais bem preparado. É hora de considerar:

– REAGENDAMENTOS: Caso você tenha vendido pacotes e agendamentos futuros, facilite a vida de seus clientes, principalmente flexibilizando ao máximo os reagendamentos mesmo que sem data marcada

– ESTRUTURA FÍSICA: Principalmente para os proprietários que são intimamente ligados à zeladoria do camping, que tal aproveitar que não há como “sair de casa” para colocar algumas coisas em ordem? Reparos, melhorias, pinturas, jardinagens e tudo que puder ser feito sem os impedimentos de acesso a materiais. Muita coisa pode ser feita para quando tudo isso passar.

– PLANEJAMENTO FUTURO: É hora de por no papel tudo que você sonha para o seu negócio. Mesmo o que pareça inatingível ainda mais em um momento desses. O papel aceita tudo e a melhor forma de fazer acontecer um dia é organizar as coisas em prioridades. Liste cada tópico e subliste tudo o que é importante fazer para realizá-los. É hora de pensar na sua visibilidade e no que seu negócio tem a oferecer.

– ATUALIZE SEUS DADOS: O MaCamp completa 20 anos de existência e é o MAIOR e MAIS COMPLETO guia de campings do BRASIL. Com ou sem pandemia, continuamos divulgando GRATUITAMENTE o seu camping via versão WEB ou APLICATIVO para celulares e tablets ANDROID E IOS. DEDIQUE alguns minutinhos para ATUALIZAR esses dados, via formulário. Quanto mais completos e atualizados os dados em nosso guia, maior a resposta de escolha dos campistas.

– COMUNIQUE-SE: Use suas redes sociais para comunicar a situação do camping, o que estão fazendo para seus planejamentos e melhorias. Isto fará o campista guardar suas ações e intenções na memória. Conte com o MaCamp – comunique-se conosco enviando suas ações e dúvidas.

INDÚSTRIA:

Entendemos que a situação é complicadíssima. Despesas fixas, fornecedores, funcionários parados e suas folhas de pagamentos ativas, produção parada, sem rendimentos e contratos que não poderão ser cumpridos no prazo. Muitas empresas ainda dependem de importações que já foram paralisadas desde janeiro. Além de correr atrás de todas essas soluções, é hora de PLANEJAR e se COMUNICAR. Aproveitar os funcionários ou contratados que podem hoje exercer suas atividades em “home office” para ordenar quais melhorias e ideias poderão ser colocadas em prática quando tudo se restabelecer. O Quesito DIVULGAÇÃO pode também se transformar em COMUNICAÇÃO fazendo com que o seu cliente não o perca de vista e acompanhe toda a sua positividade durante esses tempos difíceis.

– DIVULGUE seus produtos, seus lançamentos (mesmo que alterados neste momento) e seus planos futuros.

– COMUNIQUE-SE com seu público. Mostre a eles o que está movimentando neste resguardo. Certamente sua empresa estará no topo, junto ao cliente.

– NÃO CORTE PATROCÍNIOS: Quem depende de seu apoio conta isso para sobrevivência e seu setor também depende do que ele faz. Sim, estamos falando do MaCamp – a maior entidade do setor. CONVERSE, apresente suas dificuldades. Um “freio” no apoio diante de dificuldades não significam o fim e nem mesmo a paralisação de sua divulgação durante este período. Lembre-se que você precisa mais do que nunca de propaganda.

SERVIÇOS:

Devem seguir os mesmos passos da indústria. Pense em FOMENTAR seus serviços ao seu público. Certamente as semanas ou meses “de castigo” resultarão em desejo de viajar e distrair. Lembre-se que CAMPING é a modalidade mais econômica dentre as demais no turismo e que isto pode até significar público novo em vista. COMUNIQUE-SE, Divulgue-se e lembre que o MaCamp vive em prol deste FOMENTO.

 

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here