Publicidade:
 

Aqui no Brasil existe um crescimento enorme na cultura do caravanismo. Isto inclui famílias que utilizam trailers ou motor homes para fazer turismo, Pessoas que buscam RVs para realizar este turismo de forma econômica (locais 0800) e também pessoas que largam tudo para viver no veículo. Esta última modalidade pode incluir não só nômades que viverão de deslocando de tempos em tempos como também pessoas que passarão a viver de modo fixo (em uma só cidade), mas a bordo do seu trailer ou motor home ao invés de uma casa construída. O Brasil vive um momento crescente destas diversas modalidades e que deveremos observar, aprender e construir o nosso próprio conjunto de regras e organizações. Mas e no resto do mundo onde o caravanismo é muito disseminado? No caso do Reino Unido (Grã-Bretanha + Irlanda do Norte) esta é uma realidade bastante complicada, diferentemente da América do Norte por exemplo, que esta cultura de moradia em RVs é grande.

É certo que morar em um trailer ou um motor home é algo muito menor que uma casa convencional. Porém conceitos como “desapego”, “liberdade” e “minimalismo” podem (e fazem) muito bem ao ser humano. Quando falamos em custos, será muito relativa a comparação, pois aí temos questões de valores do local, impostos tanto de um imóvel quanto do veículo, questões de estacionamento, energia, água e demais custos fixos. Porém no caso do Reino Unido nem é preciso perder neurônios com estas contas. A pergunta principal ali é se é permitido legalmente viver em um RV.

LIBERDADE TOTAL: A ideia de juntar suas tralhas e se mudar para um trailer ou motor home e simplesmente estacionar onde quiser, no Reino Unido é frustrante. Porque para morar em um RV lá você precisará mudar de local de tempos em tempos (mês a mês) e a falta de um endereço fixo lá limita o uso de serviços como saúde, banco ou mesmo sistema eleitoral.

CAMPINGS E PARKING TRAILERS: Apesar de existirem muitos no Reino Unido, todos eles possuem regras que buscam exatamente evitar moradias. A maioria dos locais permitem que seu RV fique ali apenas de até  limite de 21 a 28 dias, tendo que aguardar outros 2 dias para retornar e usufruir de novo ciclo. Esta regra não é apenas do desejo destes locais, mas sim uma legislação vigente.

TERRENO PRÓPRIO: A solução seria comprar um terreno e lá ter o seu RV da maneira que desejar, certo? No Reino Unido não. Lá a legislação indica que veículos recreativos podem ser dispostos e utilizados como complementos à propriedade. Portanto você ainda assim terá quer possuir uma “casa principal” na propriedade, levando todas as ideias de liberdade, minimalismo e economia por água abaixo. Existem (pasmem) propriedades lá que limitam na própria escritura, o estacionamento de RVs muito grandes.

Conclusão: No Reino Unido não é ilegal um cidadão morar em um RV. Porém este não poderá ficar fixo em um só local por muito tempo. Ali você terá que buscar campings ou parking trailers e ficar mais ou menos um mês em cada lugar. Além de lá existirem muitas leis que impedem o uso contínuo fixo em propriedades privadas e nas vias públicas, a falta de um “comprovante de endereço” fixo causará muitas limitações sociais.

NO BRASIL: Não achou tão mal o nível de legislações e fatores limitantes aqui no Brasil, não é? Então pare pra pensar, refletir e estudar todos os seus atos quando o assunto for relacionado ao futuro da modalidade e ao uso dos espaços públicos e o comportamento.

CEO e Editor do MaCamp | Campista de alma de nascimento e fomentador da prática e da filosofia. Arquiteto por formação e pesquisador do campismo brasileiro por paixão. Fundador do Portal MaCamp Campismo sonha em ajudar a desenvolver no país a prática de camping nômade e de caravanismo explorando com consciência o incrível POTENCIAL natural e climático brasileiro. "O campismo naturaliza o ser humano e ajuda a integrá-lo com a natureza."

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here