ASF – Adventure 728×90

Barra do Una – Juréia – Peruíbe – SP – Fev/17

Este tópico contém respostas, possui 4 vozes e foi atualizado pela última vez por Paulo Rogério Paulo Rogério 1 ano, 5 meses atrás.

Visualizando 5 posts - 1 até 5 (de 5 do total)
  • Autor
    Posts
  • #94447

    Roger Formiga
    Participante

    Olá Pessoal,

    segue um relato de uma pequena viagem para a Praia de Barra do Una na região da Reserva da Juréia em Peruíbe, SP.

    Portal da Juréia

    Já fazia um bom tempo que não acampávamos em praia, temos preferido ultimamente o clima mais frio das serras, mas praia com a água morna no verão é muito gostosa. Então como a previsão para o fim de semana era de sol, sem nada de chuva, nos preparamos para 4 dias de passeio antecipando o carnaval, pois não gostamos de praia lotada.

    Uma das praias que mais gosto em SP é a de Barra do Una, por vários motivos: fica numa região de reserva, pouco habitada, a praia é preservada sem construções na linha do litoral, a água é limpíssima, tem um rio – o Una – que permite belos banhos, tem outras praias de fácil acesso e desabitadas e tem muitos campings.

    Acredito que no estado de S.Paulo seja a praia com a maior quantidade de campings. Como é uma área de reserva, a ocupação é severamente controlada, então não proliferou as casas de veraneio e pousadas. Os moradores exploram os terrenos como áreas de camping.

    Saímos de casa na sexta dia 17/02/17 as 7:20 da matina, amanhecendo ainda com bastante neblina.

    X12 pronto para partir

    Por ser bem cedo, o trânsito na descida da Serra do Cafezal na Rodovia Regis Bittencourt estava tranquilo. As obras de duplicação se arrastam há décadas, mas agora ao menos vemos progressos.

    O caminho para a Barra do Una para quem sai de S.Paulo, pode ser pela Régis Bittencourt até a saída para Peruibe pela Padre Manoel da Nóbrega. Na Pe. M. Nóbrega pega-se a primeira saída para Peruíbe, depois segue-se as placas para Guaraú, que fica ao sul. De Peruíbe à praia de Guaraú é uma estradinha asfaltada, cheia de curvas muito bonita que atravessa uma serrinha. Ao final dessa estradinha, à esquerda vai-se para a praia de Guaraú e à direita para a Juréia /Una.

    Nesse ponto começa a estrada de terra com 18,5 Km bem precários. Essa estrada nunca foi boa, mas desta vez estava quase uma trilha de tanto buraco.
    Paramos para um lanche na Cachoeira do Perequê que fica aproximadamente a 6 Km do início da estrada Guaraú-Una.

    Parada para lanche na Cachoeira do Perequê

    Gastamos quase uma hora e meia para fazer esse trajeto de 18,5 km, tal a buraqueira, isso porque estávamos de jipe. Depois conversando com a D. Rosa do camping, ficamos sabendo que a prefeitura de Peruíbe na adminitração finada, havia abandonado a manutenção da estrada. O povo lá no Una ficou cerca de 4 meses sem a linha de ônibus para Peruíbe e as crianças sem irem para a escola pois o ônibus escolar também deixou de circular, tal a situação que havia chegado a estrada.

    Aqui nesta foto, já chegando na vila do Una, uma vista da praia do Caramborê.

    Vista da praia de Caramborê

    O Camping

    Chegando na vila do Una fomos direto para o Camping do Zeca.

    Há anos que sempre acampamos lá, por alguns motivos: atendimento cordial do Sr. Zeca e D. Rosa, que pessoalmente tomam conta de tudo e nos sentimos com segurança; banheiros muito limpos, azulejados e cuidados; gramado do camping sempre aparado em qualquer época que se visite; disponibilidade de energia (220V) ; não permite som automotivo; não deixam lixo espalhado. Como disse acima, existem muitos campings na praia, então lugar sempre tem e cada um tem suas preferências. Já chegamos em outras viagens para lá a conferir outros campings, mas o quesito banheiros limpos e organização os descredenciaram.

    O preço do camping nesta data (fev/17) está em R$ 20,00 por dia/pessoa.
    Oferecem banho quente e frio, lava pratos, diversas tomadas 220V na área das barracas, bar com venda de bebidas e gelo. Não tem cozinha coletiva nem geladeira de uso compartilhado.

    Nesta foto, vista geral da área de camping.

    Vista geral da área de camping

    Fomos com o equipamento básico para poucos dias, o gazebo Quechua e a iglu Coleman montada sem o sobre-teto.

    O Acampamento

    E não poderia faltar a minha velha prancha Scott.

    O Acampamento

    Foram uns dias bem ensolarados, quentes mas não abafados, sempre tinha uma boa brisa.

    Aqui almoçando sob a boa sombra de um chapéu-de-sol (amendoeira) .

    O almoço

    Na Barra do Una não tem sinal de celular de nenhuma operadora. No camping do Zeca não tem Hi-Fi então nada de internet. Verifiquei que já existem antenas da HughesNet em algumas casas mas não verifiquei se algum camping já oferece Hi-Fi. Como os planos da HughesNet são caros e de limite de tráfego baixo (eu sei pois uso um deles) provavelmente ninguém vai oferecer Hi-Fi por essa operadora.

    O Rio Una

    O Rio Una

    Um dos belos atrativos na região é o Rio Una. Ele forma uma série de meandros e chega ao mar em dois braços, um bem raso e com menor correnteza e outro profundo e correnteza maior.

    O Rio Una

    O melhor é o braço mais raso, que fica do lado da praia e principalmente quando é maré baixa, fica com a água super morna, profundidade baixa, dá pé (para adulto) de uma lado ao outro, forma uma praia entre os braços e é uma maravilha para nadar e brincar na água, bastante seguro até para as crianças desde que sempre acompanhadas.

    O Rio Una

    Eu super recomendo ir brincar no rio. As águas são escuras, muito comum nos rios de descem da mata atlântica para o mar, mas são limpas.

    Para quem quiser, pode-se contratar passeios de barco pelos meandros do rio.

    Esta foto abaixo, foi tirada dentro do rio, com vista para o oceano.

    O Rio Una

    Nesta foto abaixo, a desembocadura do Rio Una, as águas escuras seguem mar adentro formando uma faixa colorida, entrecortada com a água do mar mais clara.

    O Rio Una

    A praia de Barra do Una

    A Praia

    É uma praia de águas limpas, sem esgoto, sem quiosques e bares. Não tem construções na orla, nem iluminação. Dá para ver um céu muitíssimo estrelado nas noites sem núvens.

    Insetos sugadores, tem um pouco, borrachudos pela manhã e pernilongos no fim da tarde. Nas noites de lua cheia costuma ter um pouco de pólvora (mosquito muito miudinho) que passa pelas telas de barracas que não sejam com malha bem fina. Nada que um pouco de repelente ou uma roupa protetora não resolva.

    A Praia

    A costeira norte permite caminhar, com facilidade, com bela vista do oceano.

    A Praia

    O melhor período é durante a maré baixa, quando boa parte das rochas ficam acessíveis.

    A Praia
    Abaixo uma vista panorâmica da praia de Barra do Una vista do alto da costeira norte.

    A Praia
    A praia de Caramborê

    É uma pequena praia, ao norte de Barra do Una, que pode ser acessada a pé pela costeira a partir da Barra do Una ou voltando pela estrada cerca de 4 Km pode ser acessada por carro. Tem um camping nessa praia que não conheço mas parece que é bem estruturado.

    Para quem quiser visita-la saindo da Barra do Una, recomendo sempre a maré baixa, pois na cheia não dá para descer da costeira. Em épocas de lua cheia na maré super baixa, dá para atravessar de uma praia a outra pela areia contornando a costeira.

    A Praia

    A praia Desertinha

    Esta praia é alcançada a partir de Caramborê por uma trilha que sai atravessando um pequeno riacho na costeira norte. É uma trilha curta, cerca de 15 minutos de caminhada com uma subida bem íngreme no meio da mata, bem fechada mas fácil de fazer.

    É uma praia bem curtinha, fechada pela montanha bastante alta. Como é isolada e pouco visitada é ótima para banho de mar peladão.

    A Praia

    Com esta foto de por-do-sol na Barra do Una encerro este post.

    Espero que curtam.

    A Praia

    Delka 728 x 90

    #94449
    Capt.A330
    Capt.A330
    Participante

    Parabéns Roger, uma foto mais linda do que a outra!
    E também, extremamente útil a resenha dos lugares, que é uma verdadeira enciclopédia para os acampantes que por ventura visitemos mais tarde os lugares nos quais você já desbravou e classificou para nós.
    Grande abraço, e de novo, meus parabéns!

    Dardo.

    #94457

    Roger, show de bola esse acamps, particularmente desconheço o litoral sul de São Paulo, mas sempre me surpreendo quando leio a respeito.
    Maravilha de lugar, relatos e fotos (destaque pra luz natural que enalteceu ainda mais seus registros!)
    Abração

    #94460

    Roger Formiga
    Participante

    Olá Dardo,
    obrigado pelos comentários.
    Eu sou um voraz consumidor de informações nos blogs de viagens, vou aprendendo com a exeperiência dos outros e quando posso contribuo um pouco.
    Não perco as suas contribuições aqui no forum, principalmente suas andanças pelo sul do continente.

    Alexandre, quando você tiver um tempo para um tour mais ao sul (outro dia você esteve na Ilhabela) recomendo a Juréia (Una), atravessar a Ilha Comprida e sair em Cananéia.

    []´s

    #94467
    Paulo Rogério
    Paulo Rogério
    Participante

    Roger,

    Obrigado por nos brindar com tantas informações e fotos de paraísos!

    Bom carnaval a todos!

    Abraços,

    Paulo Rogério

Grupo Motor Home 728×90

PARTICIPE DO FORUM PELO FORMULÁRIO ABAIXO. SE NÃO FOR CADASTRADO, CADASTRE-SE CADASTRE-SE AQUI

Visualizando 5 posts - 1 até 5 (de 5 do total)

Você deve fazer login para responder a este tópico.

CLASSIFICADOS: