Proibilção Botijão 2k "liquinho"

Visualizando 7 posts - 11 até 17 (de 17 do total)
  • Autor
    Posts
  • #94766
    Roger Formiga
    Participante

    Pois é Nardão, uma pena não terem melhorado a segurança nos bujões de 2Kg.
    O que falta neles é uma válvula de segurança, que em caso de incêndio impede a explosão do bujão, pois a válvula solta liberando o gás.

    A grande vantagem deles (2Kg) é poder carregar 2, ficando sempre um de reserva para quando acaba o primeiro e ficar uma opção para usar no fogão e no lampião quando em camping sem luz elétrica. Carregar 2 de 5Kg é inviável em carros, muito peso e principalmente espaço. Então nesse caso precisa ter uma opção de reserva para quando acabar o gás.

    Aqui na minha cidade os revendedores fornecem normalmente os 2Kg mas viajando por aí já não se encontra facilmente.

    []´s

    #94792
    nardao
    Participante

    Realmente é uma grande vantagem poder carregar dois, não havia pensado nisso.

    No meu caso o backup será o descartavel, rss.

    Mas é isso, quase tudo pronto para minha viagem, agora é lotar o carro e ir para praia!

    Abraço e obrigado pessoal

    #94828
    Paulo Rogério
    Participante

    Pessoal,

    Aproveitando o gancho, aqui em GO nunca mais encontrei esses de 2Kg.

    Por aqui ainda é muito utilizado por quem acampa no Rio Araguaia na época de temporada. Em alguns vilarejos e cidades as margens do Araguaia, até uns 2 anos atrás não era difícil encontrar alguém para encher as botijas.

    Esse pequeno é muito versátil: cabia 2 perfeitamente embaixo do banco da canoa canadense, era utilizado naqueles lampiões com extensor, ficando com altura de 1,20m e boa iluminação, utilizado no fogareiro de 2 bocas.

    Bons acampamentos!

    Paulo Rogério

    #94844
    Edintruder
    Participante

    Marcos, tens razão quanto a virar o botijão, pois a gravidade irá empurrar maior parte líquida para o segundo cilindro de forma mais rápida. Se deixar os dois lado a lado de bicos para cima, eu creio que eles equalizarão na pressão, mas realmente a parte líquida talvez nunca se equalizem igualmente. Mas se usar o mesmo princípio de gás refrigerante, tanto faz transferir deitado ou de pé pois gás refrigerante sempre equaliza certinho.

    Fiquei numa bela dúvida agora.

    Pena é a sujeira que acaba transferindo junto com o líquido.

    #94890
    Celio Fernando Torres
    Participante

    Boa tarde! Acho que não há diferença entre manter o botijão em pé ou virado, pois o que determina o estado líquido do gás no interior do botijão é a pressão (pressão de vapor), assim, quando o botijão começar a ser enchido, antes de formar líquido em seu interior, a pressão entre os dois botijões será equalizada. É como encher o pneu vazio de um carro, inicialmente o ar que entra no pneu só serve para expandi-lo, depois que todo o volume do pneu for ocupado, começará a compressão do ar, mantendo o volume e aumentando a pressão. No caso do gás, a determinada pressão, ele é líquido. Dependendo da temperatura, os botijões de gás apresentam pressões da ordem de 6 a 8 atmosferas (6 a 8 kgf/cm²). Espero não ter me estendido demais na explicação.

    #94925
    GustavoN
    Bloqueado

    Exatamente, Celio. O que mantém o GLP em estado líquido é a pressão, exatamente como a água. O que mantém a água que consumimos em estado líquido é a pressão da atmosfera. A 0.0001 ATM, a água fica em estado gasoso a zero graus celsius.

    Mas e aí? O que significa uma determinada molécula estar em estado solido, líquido, ou gasoso? Será que a água que respiramos no ar está em mesma concentração que a água da garrafa? Será que mata a sede tomar água de garrafa vazia? Tem água alí e a pressão é a mesma. 🙂

    Se quiser “tirar a teima”, faz o seguinte: gás é vendido por peso (2kg, 5kg, 13kg.. é o peso líquido). É só pesar..

    Mas pensa bem. Esse processo é ilegal principalmente por ser perigoso. Os botijões recebem o gás em estado líquido só até ~85% de sua capacidade volumétrica, pra poder expandir com o calor sem explodir. Vai pesar pra fazer isso também? E gás em estado líquido vazando em alta pressão no quintal de casa também não é uma coisa super legal de administrar.

    Eu acho uma grande furada, e acho muito complicado ficar dando esse tipo de sugestão em forum público. É ilegal, é perigoso, queima a casa, e mata quando explode. Se quer *mesmo* fazer, estude a fundo e procure descobrir porque é ilegal e como o sistema dos fornecedores funciona, e quais medidas de segurança existem para o setor.

    Do contrário, compra um lacrado e bora pro camping.

    #258632
    zepelim
    Participante

    Minhas conclusões sobre o assunto, são:
    – “Liquinho” antigo de 2 quilos é agora ilegal, então difícil mas se encontra pessoal que enche.
    …mas é meio complicado e perigoso – então entendo que não tá com nada.
    – P2, P5, P8, etc – hipocrisias nacionais. Alguma resolução traduzida da lei sueca que NUNCA vai funcionar aqui no terceiro mundo. Na real NUNCA se vai encontrar nada que não seja o 13 quilos enferrujado.
    Então:
    1 – Um meio descartável ou reusável de camping desses modernos, só pra não interromper refeição ou o café.
    2 – (Agora estamos em 2021) outro dia achei um aderente magnético de bujão que dá uma boa idéia do que resta, baseando-se em temperatura, barato no Mercado Livre ou AliExpress.

Visualizando 7 posts - 11 até 17 (de 17 do total)
  • Você deve fazer login para responder a este tópico.

ÚLTIMAS NOTÍCIAS:

CLASSIFICADOS: