Ser Sócio ou Obter Passaporte. O que é melhor?

Visualizando 10 posts - 11 até 20 (de 45 do total)
  • Autor
    Posts
  • #57716
    lys.figueredo
    Participante

    Gostei do lance das cartelas… ia ser bacana :)

    #57720

    E era Lys… passei minha infância com meus pais indo acampar para “aproveitar as cartelas”… era um belo incentivo pra gente tirar as lonas do armário

    #57723
    Junior ABC
    Participante

    show, dividia o $ da gasolina e era só levar um tutu pro churrasco! Será que com essa retomada do campismo o CCB consegue se recuperar? ou melhor? ou seja manter o que ainda tem? abs

    #57724

    É um buraco muuuuuito mais fundo, junior….

    #57735
    Ronald Ataulo
    Participante

    Acredito que o folego do CCB esta muito mais ligado ao reaquecimento do caravanismo do que propriamente ao campismo de um modo geral. Atualmente a maioria dos campings particulares não possuem infraestrutura adequada para receber o caravanismo e os campings do CCB por mais que estejam em más condições, possuem área compatível. Este problema acaba ficando em segundo plano pois o caravanista utiliza a infraestrutura de seu equipamento como banheiro e cozinha. Na minha opinião o caravanismo vem ressurgindo de uma forma muito forte, visto pelos novos fabricantes lançando novos equipamentos. O CCB acaba acompanhando de tabela, fundamentalmente pelo motivo citado acima.

    #57739
    Junior ABC
    Participante

    Concordo com você Ronald e ainda acrescento os campings particulares vão começar a se adequar também para receber essa nova frota! assim desejamos né!

    #57743
    Marcelo Baião
    Participante

    Compramos o nosso passaporte em Paraty no Carnaval deste ano. Pretendo utiliza-lo bastante: pagamos o valor de sócio em Paraty por uma semana, desconto de 10% no Recanto dos Carvalhos, iremos no mês de março para Ouro Preto-MG e em Abril para o Recreio dos Bandeirantes onde pretendemos voltar mais vezes por ficar muito perto de Juiz de Fora.

    #57750
    Andre Americana
    Participante

    Ronald, tenho que discordar de você. Há campings do CCB como de Arraial do Cabo e Serrinha que são essencialmente para barraquistas, tanto que a área para trailers e/ou motorhomes são escassas, a grande maioria utiliza barraca. O forte do campismo está naquela família que não vê a hora de chegar o final de semana para pegar todos as “tralhas” da barraquinha, colocar no carro e curtir algum camping por ai.

    Ronald Ataulo wrote:
    Acredito que o folego do CCB esta muito mais ligado ao reaquecimento do caravanismo do que propriamente ao campismo de um modo geral. Atualmente a maioria dos campings particulares não possuem infraestrutura adequada para receber o caravanismo e os campings do CCB por mais que estejam em más condições, possuem área compatível. Este problema acaba ficando em segundo plano pois o caravanista utiliza a infraestrutura de seu equipamento como banheiro e cozinha. Na minha opinião o caravanismo vem ressurgindo de uma forma muito forte, visto pelos novos fabricantes lançando novos equipamentos. O CCB acaba acompanhando de tabela, fundamentalmente pelo motivo citado acima.
    #57753
    Ronald Ataulo
    Participante

    André, fique a vontade de discordar, coloquei apenas a minha opinião, afinal de contas conheço muito pouco de CCB, dos que já visitei (Bertioga, Ubatuba e Campos do Jordão), tive uma grande impressão de predominarem os caravanistas. Em Campos do Jordão a infraestrutura para as barracas esta bastante precária, chegando até a desestimular o campista. Em Ubatuba mais parece um parking trailer do que um camping (kkkkk) e Bertioga realmente tem uma mistura entre as modalidades.

    #57757
    lys.figueredo
    Participante

    O CCB de Campos do Jordão é um camping que gostaria de ir… mesmo porque é o único da região. No entanto os relatos da infraestrutura ser muito precária para as barracas me desanimou muito. Sempre só ouvi coisas ruins de lá.

    Andre Americana wrote:
    O forte do campismo está naquela família que não vê a hora de chegar o final de semana para pegar todos as “tralhas” da barraquinha, colocar no carro e curtir algum camping por ai.

    Também não conheço os CCBs para falar com propriedade, mas nesse aspecto concordo com você André, o forte do campismo está no pessoal que acampa e com frequência. Independente se de barraca ou de trailer o importante para nós é que a demanda aumente. O que faz a coisa melhorar é o aumento da demanda crítica e, o Ronald tem razão quando diz que há um aumento dessa demanda. Só acrescento que há um aumento nas duas modalidades, ou seja, tanto em trailers quanto em barracas. Com a chegada das barracas Quechua no Brasil ficou muito fácil comprar uma barraca boa (que garanta um acampamento sem perrengues gerando continuidade) e com um custo acessível. Antes o pessoal comprava uma barraca no supermercado e passava o maior problema… nunca mais iam acampar. Agora nosso supermercado é a Decathlon… o povo vai acampar com uma Quechua e é maravilha (vira vício). Com o aumento da demanda crítica o pessoal de outras marcas tiveram que correr atrás da bola… O aumento dos barraquistas também é evidente e acho que até maior proporcionalmente quando comparado com os trailers. Falo isso de abelhuda… não tenho nenhum dado para pautar essa minha suspeita. Mas é minha intuição.

Visualizando 10 posts - 11 até 20 (de 45 do total)
  • Você deve fazer login para responder a este tópico.

ÚLTIMAS NOTÍCIAS:

CLASSIFICADOS: