Recebemos em 2018 uma geladeira 12V diferente para nossa seção de reviews. A Junges (lê-se “iúngues”) fez questão de ter o seu modelo horizontal avaliado pelo MaCamp. De configuração horizontal e equipada com compressor 12V/24V, pode ser ligada à bateria do carro, motor home, sistema solar ou mesmo em casa ligada a uma fonte 12V. Escolhemos o modelo de maior altura, sugerindo o uso em montagens de kombis e car camping onde a própria geladeira pudesse compor o balcão e servir de apoio. Só geladeira? Não! Ela também é freezer, já que pode ter sua temperatura interna ajustada entre +2ºC a -20ºC.

COMPRESSOR 12V VERSUS INVERSOR: Muito se fala em se usar geladeiras tradicionais em carros ou motor homes, com aplicação de inversores. A verdade é que este tipo de uso implica em uma queda na vida útil do compressor, além de existir um consumo bem maior da bateria, já que o inversor apresenta grande perda de energia na transformação. Além disso, o inversor necessariamente terá que ser bem mais potente do que a geladeira, devido ao pico de partida do motor. Há de se avaliar muitos pontos antes de fazer esta escolha. Outra vantagem do compressor 12V, é que já foi projetado para trabalhar “embarcado”, podendo sofrer com balanços e solavancos.

FUNÇÃO DC BIVOLT: O compressor de corrente contínua utilizado pela Junges trabalha livremente tanto em 12V quanto em 24V. Isto significa que, além de funcionar nas baterias comuns de carros, também pode ser ligada ao sistema 24V de caminhões ou mesmo em sistemas solares dimensionados nesta faixa de voltagem. É tudo automático e não necessita de qualquer ajuste.

UNBOXING: A Junges nos enviou seu produto totalmente dentro das diretrizes do programa de reviews MaCamp. Entregue em uma de nossas sedes, acompanhada de nota fiscal e garantia. Muito bem embalada, a geladeira veio envolvida em plástico bolha e dentro de uma embalagem de papelão bem amarrada. Com acabamentos finos e pintura impecável, agradou logo de cara. Dentro dela, um mundão de 100L de capacidade para o que quiséssemos conservar.

USO NO CAMPING: Como possuímos um trailer pequeno que já conta com frigobar, nosso uso da Junges será na área externa do acampamento, onde não precisamos nos preocupar com falta de energia no camping. Ligada na bateria do trailer, não tivemos problemas durante o reveillon que, para variar, faltava luz por diversos momentos nos dias mais cheios do camping. Quando estamos de barraca, a bateria do carro poderá ser a garantia de funcionamento pleno, bastando instalar um carregador inteligente para manter a carga da bateria. Este é outro quesito interessante. Em campings lotados cuja voltagem das tomadas caem muito, geladeiras convencionais não conseguem dar partida no motor. Com o uso de fontes 12V, é possível “tocar” a geladeira mesmo com oscilações de energia local, desde que a fonte tenha esta função – que são muitas. No caso de nosso review, não utilizamos o freezer em nossas saídas de barraca, pois o modelo enviado é bastante grande (100L).

ACAMPANDO DE BARRACA: Para acampadas de barraca, o tamanho do modelo que testamos pode assustar, mas a Junges possui um modelo pequeno de 70L.

PARTE INTERNA: Ao abrir a geladeira, uma coisa já nos agradou de cara. Diferente de muitos freezers horizontais por aí, a caixa interna não é de inox ou zinco, mas sim de chapa de resina branquinha. Apesar de ser um “ambiente único”, há uma divisão de alturas internas por conta do espaço reservado ao compressor. Isto nos deixa mais a vontade para organizar nossos suprimentos.

PARTE EXTERNA: Toda branca e de design bem limpo, possui cantos bem definidos e quadrados. Possui quatro pezinhos de borracha que garantem que ela não vibre durante o funcionamento. A tampa é toda plana com apenas um puxador embutido, oferecendo ótimo tampo de apoio quando fechada. O rebordo em plástico cinza é resistente e casa certinho com a borracha da tampa, que fica completamente vedada e tem o peso da tampa trabalhando em favor desta vedação.

PUXADOR: De configuração EMBUTIDA, oferece uma ótima “pega” e fica centralizado na porta superior. É de plástico que evita oxidação e oferece limpeza prática.

DOBRADIÇAS: Brutas e resistentes. Esta é a impressão que nos dá quando pensamos em um aparelho que precisa ultrapassar as barreiras do plástico e nos garantir uma durabilidade e resistência. Feitas em chapas grossas de aço inox, são parafusadas na base e tampa com o desenho do curso que garante o limite da abertura em um dos lados.

ALÇAS: As alças são metálicas e bem resistentes, ficando bem coladas nas duas laterais sem ocupar espaço. Apesar de bem posicionadas e aguentarem o peso do freezer cheio, não foram feitas para configurar um aparelho “portátil” no sentido de ficar carregando de um lado para outro todos os dias enquanto a geladeira está cheia. Nem seria preciso, pois esta não é a proposta.

REGULADOR: O botão que regula o termostato para escolhermos a temperatura ideal da geladeira ou freezer é bem tradicional. Em nossos testes, utilizamos como geladeira na cidade de Paraty-RJ. Local extremamente quente, foi suficiente regular o aparelho em um ponto quase no número 2. (Lembrando que vai de 0 a 7, mas acima do 3 já congelavam as coisas que ficam encostadas nas paredes). Um refrigerador extremamente eficiente.

COMO FREEZER: Logicamente não deixamos de fazer o teste com o regulador no máximo. A sensação ao abrir a tampa foi  a mesma daqueles freezers de sorvete em um dia severo de verão. Aquela fumaça refrescante não nos dava dúvidas da sua efetividade.

CONEXÃO ELÉTRICA: Bem simples e direto, o modo de ligação do 12V ou 24V é feita através de um conector de barras. Indicada a polaridade, basta conectar os fios positivo e negativo de sua instalação local.

GRADES DE DISSIPAÇÃO: A grade de dissipação possui saída inferior lateral e ainda conta com uma saída de ventilação forçada na parte traseira que empurra o ar para fora abrangendo não só mais uma porção da grade de dissipação, como também ventilando a unidade controladora eletrônica. O controle da ventoinha é todo eletrônico.

SUGESTÕES E MELHORIAS: Como é de costume em nossos reviews, sempre elencamos algumas ideias de melhorias nos produtos. No caso da Geladeira/freezer horizontal Junges, sugerimos duas coisas: Primeiro um dreno inferior para esgotar a água, Pois principalmente na função geladeira, forma-se bastante água no verão. Outra melhoria seria uma haste que segurasse a porta aberta, podendo até mesmo ser um amortecedor veicular. De resto tudo 100% aprovado.

SOBRE A JUNGES: Desde 1961, no Município de São José do Cedro-SC, a Bruno B. Junges Cia Ltda tinha como atividade o ramo de consertos de rádios, reformas de baterias, e enrolamento de dínamos. Em 1965, após a chegada de energia elétrica na sua região, a empresa começou o ramo de instalação e venda de eletrodomésticos. A necessidade e a preparação na manutenção de refrigeração, fez com que a Junges passasse de referência no serviço em, também, fabricante.

CARACTERÍSTICAS: Peso 32kg; disponível em versões 110V/220V OU 12V/24V; Fabricados em aço por dentro e por fora, com pintura eletrostática na cor branca; Isolação térmica em Poliuretano Injetado com 6 cm de isolação; Termostato mecânico para regulagem da temperatura ajustável de 2 a – 20 graus , refrigera ou congela; Tampa basculante com isolação térmica de 4 cm; Medidas Externas 75cm de largura x 45cm de profundidade x 78cm de altura; Tubulação interna do frio toda em cobre; Compressor de 1/8 de HP; Consumo 220watts

PREÇO: Na data deste review o equipamento testado de 100L custava na internet entre R$ 3.000,00 + frete a R$ 3.700,00 + frete. O modelo de 70L era achado a partir de 1.500,00.

REVIEW – PRODUTO e Local: Este equipamento foi enviado pela JUNGES  que confiou no know-how do MaCamp para testar seus produtos na seção de Reviews. Os testes foram feitos em um camping em Paraty-RJ.

DADOS: JUNGES
Rua Lourenço Ludwing, 151 – Distrito Industrial | São José do Cedro | SC
(49) 3643-0270

Home


junges@junges.com.br
https://www.facebook.com/JungesEletro

 

 

 

 

 

 

 

1 COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here