Wine World Adventure
Publicidade:
 

Confira esta maravilhosa aventura a bordo de um motor home em busca do “mundo do vinho”. Wine World Adventure: uma volta ao mundo do vinho, 24 países, 30 meses, mais de 100.000 kms percorridos em um motorhome. O objetivo é conhecer as diversas regiões vinícolas do mundo e divulgar suas características e produtos.


A bordo de um motor home Motor Trailer, os apaixonados por vinhos Horácio, Pedro e Natália resolveram viajar mais de 100.000 km pelo mundo para conhecer as mais belas e diversas regiões vinícolas do planeta.

Além do Brasil, foram visitados Uruguai, Argentina, Chile, USA, Canadá, Alemanha, França, Espanha, Portugal, Itália, Austria, Suiça, Eslovênia, Croacia, Egito, Turquia, Grecia, Africa do Sul, Marrocos, Australia e Nova Zelândia. O roteiro partido de Belo Horizonte-MG aconteceu de 2012 a 2014.

Horácio, engenheiro aposentado, professor e consultor de vinhos foi quem idealizou o projeto com a ajuda de Pedro, que fez seu primeiro mochilão pela América do Sul aos 19 anos, estudou e trabalhou nos EUA, é formado em publicidade e propaganda e fotógrafo profissional. Natália, é fisioterapeuta e foi a última a aderir a aventura do pai e irmão. A viagem foi após a aposentadoria de Horácio bem quando Pedro já despontava em sua carreira profissional, mas a experiência que a viagem proporcionaria até mesmo para sua carreira de fotógrafo uma grande vantagem. O planejamento foi longo e organizado. Pai e filhos não se arrependeram e realizaram em dois anos e três meses um feito inesquecível.

Dentre as experiências pessoais que tiveram em viver dentro de um motor home por todos esses anos, se destacam a vida em família em um espaço tão pequeno, relações interpessoais diárias e de respeito à opinião alheia. A prática de várias línguas também foi muito positiva.

Foram quatro meses na América do Sul, quatro meses na América do Norte, 11 meses na Europa, depois África do Sul e por fim, Nova Zelândia e Austrália. Os vinhos mais apreciados ficaram por conta de Austrália, França, da região da Patagônia e também um da Califórnia (EUA).

A viagem longa despertou em todos ainda mais vontade de viajar. Países não visitados estão no topo da lista. Hoje o Motor Home serve de objeto de lazer de Horácio e também como um “veículo-escola” de enologia. O curso itinerante leva a enologia aos que desejam aprender sobre o tema nos locais mais distantes. Para conhecer mais sobre o projeto, visite o site oficial: www.wineworldadventure.com


O roteiro terá partida em Belo Horizonte,  em janeiro de 2012 e  incluirá países da América do Sul , América do Norte, Europa, Oceania e África. A volta está programada para junho de 2014.

Paralelamente à jornada enoturística, será realizado também um teste de performance do chassi 70c16- Daily Massimo produzido pela IVECO – grupo FIAT, principal empresa apoiadora. Durante a viagem, relatórios à IVECO registrarão o consumo de combustível, desgastes de peças e  aspectos de manutenção. Além disso, esta empresa fomentará a mídia escrita e televisiva, no Brasil e no exterior sobre a nossa aventura etílica.

O CRONOGRAMA:

A viagem está prevista para ter duração total de 30 meses. O tempo de permanência  em cada país irá variar de acordo com sua importância na produção de vinho.

OS AVENTUREIROS

Horácio Morais Barros
Nasceu em 1951, na cidade de Varginha,  Minas Gerais, onde passou sua infância e adolescência. Aventurou-se no mundo do futebol aos 15 anos e  jogou como titular nos clubes  Flamengo de Varginha e Jangada Futebol Clube, mas teve sua   carreira futebolística, interrompida, para cursar engenharia mecânica  em Belo Horizonte  onde vive até hoje.

Como engenheiro, trabalhou 35 anos na empresa siderúrgica  USIMINAS, e atuou  nas áreas de Engenharia, Transferência de Tecnologia,  Inovação Tecnológica e  Comunicação. Trabalhou por 5 anos com venda de treinamentos específicos na área de siderurgia para os mercados da Colômbia, Peru e México.

Aos 29 anos, abraçou o tênis de campo, que tornou o seu grande hobby.  Foi diretor de tênis do Pampulha Iate Clube (PIC) e da Federação Mineira de Tênis.

Em 2001 realizou um curso de vinhos ministrado pelo sommelier Renato Costa, e a partir de então, apaixonou-se por esse tema tão encantador. Após intenso estudo tornou-se consultor e professor de vinhos, e em 2003, lançou o CD DO VINHO, que foi um sucesso de vendas no Brasil e no exterior.

Voltou virtualmente a sua terra natal, quando foi convidado a escrever uma coluna sobre vinhos para o Jornal Correio do Sul.

Há 3 anos, fez um curso de jogo de Bridge (conhecido como o xadrez das cartas) e atualmente, é instrutor de Bridge para alunos iniciantes  na sede da Federação.

É consultor e professor de vinhos.

É o idealizador e principal mentor do projeto Wine Word Adventure.

Curuma
Nascido em Belo Horizonte no ano de 1986, Pedro Henrique  Barros recebeu este apelido, Curuma, logo na infância.

Formou-se em Comunicação no centro universitário  Uni-BH no ano de 2007, e desde então, especializou em fotografia tornando-se fotógrafo profissional.

Trabalhou no estúdio fotográfico Cristina Lima, empresa especializada em fotografia de eventos, principalmente casamentos. Atuava na área de tratamento de imagens e como fotógrafo eventuamente.

Junto a seu pai auxiliou na elaboração do projeto e  nas propostas de sua comercialização.

Natália Vieira Barros
Nasceu em 1984, também na cidade de Belo Horizonte.

Formada em Fisioterapia na UFMG, e pós graduada em uroginecologia e obstetrícia pela Faculdade de Ciências Médicas de Minas Gerais. Trabalhou na clínica SPINE com reabilitação do assoalho pélvico, de 2009 a 2011, período de ótima experiência profissional e aprendizado.

Em julho de 2011, aderiu ao projeto Wine World Adventure, elaborado por seu pai e irmão, que trazia muito trabalho para apenas dois integrantes.

Apaixonada por viagens, arte e cultura,  mergulhou nessa aventura que permitirá o desfrute de seus hobbies em forma de trabalho com sua família.

NÃO DEIXE DE CONFERIR:

http://www.wineworldadventure.com

Rota Terrestre- Projetada:

O “motorhome” começará sua viagem no dia 01 de janeiro de 2012, partindo da cidade de Belo Horizonte, Minas Gerais, Brasil, rumo às regiões vinícolas de Santa Catarina e Serra Gaúcha.


Depois do Chuí, entraremos no Uruguai e visitaremos as regiões vinícolas relacionadas no mapa, com destaque para Canelones, próximo da capital, Montevideo – terra dos vinhos Tannat.

Do norte do Uruguai, passaremos para a Argentina, via Córdoba, e visitaremos a mundialmente conhecida região vinícola de Mendonza para apreciar os emblemáticos vinhos Malbec. Em seguida, rumo ao sul, para visitar as vinícolas mais austrais do mundo, Patagônia.

Já que estaremos na Patagônia, vamos dar uma fugidinha do mundo do vinho, para ir até o extremo sul, visitar o glacial Perito Moreno e chegar até à ”terra do fogo”, Ushuaia.

Entraremos pelo sul do Chile, visitando as regiões de Bío Bío, Itata, Maule, Curicó, Rapel, terminando em Casablanca. Voltaremos na Argentina para visitar as regiões vinícolas do norte, com destaque para Salta.

Da cidade de Salta, norte da Argentina, retornaremos para o Chile, para embarcar o “motorhome” no navio para Los Angeles, Estados Unidos, onde visitaremos as vinícolas da Califórnia, com destaque para as vinícolas próximas à cidade de São Francisco, áreas da região vinícola de Napa Valley. Em seguida, Oregon e Washington.

Entraremos no Canadá, via Vancouver e atravessaremos em sentido transversal todo o Canadá, passando pelas vinícolas próximas ao Niágara, Ontário e Quebec. A curiosidade será a degustação dos vinhos “ice wine” (vinhos do gelo). Passando pela parte inferior dos grandes lagos, desceremos para New York, para visitar a região vinícola dos EUA, Long Island.

Em New York, o “motorhome” seguirá por navio rumo à Portugal.

A etapa do velho continente:

Começaremos por Portugal, entrando por Algarve, sul deste país, passando por Lisboa. Destaque para as visitas as regiões do Alentejo, Bairrada e Douro-Porto. Fecharemos com “chave de ouro” passando pelo norte de Portugal para degustar os famosos vinhos verdes, do Minho.

Penetraremos na Espanha via Toro, Rueda, chegando à internacional região vinícola de Rioja, terra dos vinhos Tempranillos. Depois, rumo ao sul da Espanha passaremos por Madri e subiremos pela costa leste até Barcelona, onde estouraremos um espumante denominado Cava, elaborado com as castas Parellada, Xarel-lo e Macabeo, diferente dos Champagnes elaborados com outras castas como Chardonnay, Pinot Noir e Pinot Meurnier.

Rumo ao país “benchmark”, do mundo do vinho, a França, começaremos pelo Languedoc e chegaremos à principal região vinícola do mundo, Bordeaux, onde degustaremos vinhos maravilhosos, nos faraônicos chateauxs.

Daí, rumo ao Loire, chegaremos na cidade-luz Paris. Próximo a Paris, abriremos um Champagne, na cidade de Rheims. Vamos dar uma fugidinha até o sul da Inglaterra, região que devido à mudança do clima mundial, poderá em breve apresentar excelentes espumantes. Voltaremos para França, direto para a famosa Borgonha, dos excepcionais vinhos Chablis e Pinot Noirs.

Atravessaremos as vinícolas da região do Rhône, chegando ao sul da França, em Provence, próximo à fronteira da Alemanha, percorreremos a Alsácia, brindando com os diferenciados vinhos elaborados com a casta Gewürstraminer.

Chegaremos na Itália, conhecida na antiguidade como Enótria. Vamos contornar toda a bota e degustar os famosos vinhos Brunelo de Montalcino e os Super Toscanos, Chiantis e o rei dos vinhos, o Barolo do Piemonte.

Sairemos da Itália por Veneza, rumo à Alemanha, Suíça e Áustria.

Após degustar na Alemanha os famosos vinhos brancos da casta Riesling, partiremos para a Hungria, terra do famoso vinho de sobremesa Tokaj. Passaremos pela Eslovênia, Eslováquia, Romênia, Bulgária, Moldávia e terminaremos a etapa da Europa na Grécia.

Após, mergulhos nos mares da Grécia, partiremos para a Oceania.

No país dos cangurus e dos excelentes vinhos Syrah, começaremos nossa maratona australiana em Margaret River, próxima à cidade de Perth. Atravessaremos a Austrália rumo às regiões vinícolas do sul:  Adelaide e Victória. Em seguida, rumo a Sydney, terminaremos na região vinícola do Hunter Valley.

Da Austrália o “motorhome” será colocado em um navio rumo à Nova Zelândia, onde percorreremos as vinícolas das ilhas norte e sul, terra dos refrescantes e estimulantes vinhos brancos da casta Sauvignon Blanc.

Novamente em um navio, vamos rumo à cidade Cape Town, África do Sul, começando nossas visitas enogastronômicas na famosa região vinícola de Constantia-Stellenbosch. Depois de experimentar inúmeros vinhos com a interessante Pinotage, casta emblemática deste país, continuaremos nosso roteiro até chegar a Johanesburgo, passando pelo Parque Kruger.

Da África do Sul, retornaremos ao Brasil passando pelas principais cidades-sedes da Copa do Mundo de Futebol.

CEO e Editor do MaCamp | Campista de alma de nascimento e fomentador da prática e da filosofia. Arquiteto por formação e pesquisador do campismo brasileiro por paixão. Fundador do Portal MaCamp Campismo sonha em ajudar a desenvolver no país a prática de camping nômade e de caravanismo explorando com consciência o incrível POTENCIAL natural e climático brasileiro. "O campismo naturaliza o ser humano e ajuda a integrá-lo com a natureza."

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here