Bi-Combustíveis
Publicidade:
 

Bi-Combustíveis: Informações, Curiosidades e Boatos

Flex, flex-power, total flex… todas definições comerciais para o mesmo dispositivo: Motor bi combustível (no caso, movido a álcool ou gasolina). Quase todas as fábricas de automóveis já possuem esses dispositivos e novamente a antiga novela do álcool já começa a ser passada diante dos brasileiros. O álcool sobe mais do que devia e se começa a pensar qual combustível será mais viável.
Na hora de usá-lo para rebocar carretas ou trailers ou simplesmente trafegar pelas ruas ou estradas, surgem muitas perguntas e todas com várias respostas.
O MaCamp foi pesquisar em várias fontes para reunir no site a maioria das questões sobre o assunto. Para começar, sugerimos que você anote a fórmula que trará a você a resposta para: Qual o combustível mais barato na questão custo x consumo? É só fazer a conta:

A/G*100

A – preço do álcool
G – preço da gasolina

Se o resultado for: A/G*100<70 deve ser utilizado o álcool.

Se o resultado for: A/G*100>70 deve ser utilizado a gasolina.

O fato de o litro do álcool ser mais barato do que o da gasolina, não necessariamente é mais viável, pois a autonomia do veículo utilizando álcool é menor. Na cidade de São Paulo, por exemplo, o álcool acaba sendo mais viável, devido aos preços:

0,99/2,20 x 100 = 45  como 45<70, o álcool é a opção mais econômica.

No caso de cidades como no Sul do País, onde o preço do álcool é muito alto (chega a ser o dobro dos preços de São Paulo) o caso é diferente:

1,99 /2,65 x 100 = 75  como 75>70, a gasolina é a opção mais econômica.

* preços pesquisados nas cidades de São Paulo – SP e Cambará do Sul – RS no mês de julho de 2005.

Com a fórmula da economia nas mãos, vamos a outras questões. Vantagens e desvantagens existem nos dois combustíveis. No caso do álcool, é um combustível que oferece ao veículo uma potência maior, mas acaba fazendo um número menor de quilômetros por litro. Com a gasolina ocorre o contrário. Confira aqui os preços dos combustíveis de todos os estados.

Desde a compra do veículo bi combustível o abastecimento pode ser feito com qualquer um deles ou mistura. Esses carros são preparados para os dois tipos de combustíveis, tendo suas vidas úteis iguais a qualquer carro mono combustível. Pode-se ainda adaptar o kit gás como um carro qualquer. No caso de abastecer com gasolina, não é necessária a colocação de aditivada. O gerenciamento dos combustíveis é eletronicamente programado, podendo ser trocado instantaneamente o combustível do tanque.
Agora é só pegar o seu bi combustível e seguir viagem…

Maior potência com álcool ou maior autonomia com a gasolina?

Artigo escrito por Marcos Pivari


CEO e Editor do MaCamp | Campista de alma de nascimento e fomentador da prática e da filosofia. Arquiteto por formação e pesquisador do campismo brasileiro por paixão. Fundador do Portal MaCamp Campismo sonha em ajudar a desenvolver no país a prática de camping nômade e de caravanismo explorando com consciência o incrível POTENCIAL natural e climático brasileiro. "O campismo naturaliza o ser humano e ajuda a integrá-lo com a natureza."

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here