Publicidade:
 

Em tempos em que muitas pessoas abrem mão de carreiras e fortunas para VIVER experiências viajando o mundo, vemos o projeto do casal norte americano que lá pra 1952 resolveu fazer Alaska-Ushuaia. Além de toda a costa do pacífico, chegaram ao Brasil com documentação em video no Rio de Janeiro.

É incrível ver que apesar de ampla diferença nas tecnologias e facilidades, a essência era a mesma. Um carro preparado com cama e cozinha. O Chevrolet Suburban até já carregava itens como estribo lateral e para-choques avantajado. Preparações “fora de estrada” em um carro nada “off Road” incluíam estepes no teto, estruturas de rebocagem na frente e um belo filtro de ar em posição alta sobre o capô. Ao invés dos tablets e notebooks, a senhora Jones igualmente documentava sua vivência em uma “super portátil” máquina de escrever ali mesmo no banco do passageiro.

Apesar do “GPS” ser de papel com muitas dobras, os pontos extremos do continente já eram e continuam sendo a meta principal. A jornada que fica pra vida toda, ainda perdura nos registros da história como prova o video do arquivo nacional abaixo.

CEO e Editor do MaCamp | Campista de alma de nascimento e fomentador da prática e da filosofia. Arquiteto por formação e pesquisador do campismo brasileiro por paixão. Fundador do Portal MaCamp Campismo sonha em ajudar a desenvolver no país a prática de camping nômade e de caravanismo explorando com consciência o incrível POTENCIAL natural e climático brasileiro. "O campismo naturaliza o ser humano e ajuda a integrá-lo com a natureza."

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here