Curiosidade: No Reino Unido é Possível Acampar Numa Igreja
 
Três antigas igrejas rurais inglesas abriram-se para hóspedes. Uma santa estadia, com direito a serão à luz das velas, cama e refeição. “CHAMPING” é o apelido dado. Ali não se usa barracas, mas estendem-se colchonetes no piso e o ambiente é todo iluminado pelo fogo.

Receber as chaves de uma pequena igreja rural desativada. Estender o saco de dormir entre os arcos da nave principal, junto ao altar ou num dos antigos bancos de igreja cercados por divisórias de madeira. Iluminado à luz das velas entre os sons do campo e, na manhã seguinte, um café da manhã completo entregue por um residente local.

É este o conceito do champing (“church”, igreja + “camping”, acampar), um projeto de hospedagem em regime de bed&breakfast (cama e café) em antigas igrejas rurais. A ideia foi lançada oficialmente este ano pela organização britânica Churches Conservation Trust, que expandiu o conceito a mais dois templos, depois do sucesso do projeto piloto criado em 2014 na Igreja de Todos os Santos, na vila de Aldwincle, em Northamptonshire.

“É ótimo poder ferecer aos hóspedes a oportunidade de entregar-lhes a chave de uma das nossas igrejas por um fim-de-semana, para que possam não só apreciar a beleza interior destes edifícios, mas também sair e desfrutar da beleza natural da Inglaterra rural da mesma forma que os nossos antepassados teriam feito, viajando a pé, jantando num pub local e vivendo as paisagens e os sons do campo”, afirma Peter Aiers, director da organização no sueste do país, região onde se localizam as três igrejas abrangidas pelo projecto, no site da Churches Conservation Trust.

Além da Igreja de Todos os Santos, com os seus “arcos medievais de pedra calcária” e “torre esculpida no século XV”, o projeto inclui agora outros dois templos religiosos. A Igreja de Santa Maria a Virgem, em Fordwich (Kent) – que guarda no seu interior pinturas murais do século XVII e a Pedra Fordwich, que terá “sido pensada para ser um santuário para as parte do corpo, ou relíquias, de um santo, talvez Santo Agostinho de Cantuária” (mais um detalhe: Fordwich é reconhecida pelo Guinness como a menor cidade da Grã-Bretanha). E a Igreja de São Ciríaco e Santa Julita, na pequena aldeia de Swaffham Prior, em Cambridgeshire, com o seu “campanário octogonal do século XV de seis sinos” e um “elegante interior georgiano de fantástica acústica”.

O projeto inclui ainda a possibilidade de serem organizadas atividades como caminhada, canoagem ou yoga.

O pernoite custa 60 libras (R$ 285,00) por pessoa, incluindo café da manhã.

SOBRE O REINO UNIDO

O Reino Unido é uma união política de quatro “países constituintes”: Escócia, Inglaterra, Irlanda do Norte e País de Gales. O governo é regido por um sistema parlamentar, cuja sede está localizada na cidade de Londres, a capital, e por uma monarquia constitucional que tem a rainha Isabel II como a chefe de Estado. As dependências da Coroa das Ilhas do Canal (ou Ilhas Anglo-Normandas) e a Ilha de Man (formalmente possessões da Coroa), não fazem parte do Reino Unido, mas formam uma confederação com ele.

O país tem quatorze territórios ultramarinos, todos remanescentes do Império Britânico, que no seu auge possuía quase um quarto da superfície da Terra, fazendo desse o maior império da história. Como resultado da era imperial, a influência britânica no mundo pode ser vista no idioma, na cultura e nos sistemas judiciários de muitas de suas antigas colônias, como o Canadá, a Austrália, a Índia e os Estados Unidos. A rainha Isabel II permanece como a chefe da Comunidade das Nações (Commonwealth) e chefe de Estado de cada uma das monarquias na Commonwealth.

O Reino Unido é um país desenvolvido, com a sexta (PIB nominal) ou sétima (PPC) maior economia do mundo. Ele foi o primeiro país industrializado do mundo e a principal potência mundial durante o século XIX e o começo do século XX, mas o custo econômico de duas guerras mundiais e o declínio de seu império na segunda metade do século XX reduziu o seu papel de líder nos temas mundiais. O Reino Unido, no entanto, permaneceu sendo uma potência importante com forte influência econômica, cultural, militar e política, sendo uma potência nuclear, com o terceiro ou quarto (dependendo do método de cálculo) maior gasto militar do mundo. É um Estado-membro da União Europeia, tem um assento permanente no Conselho de Segurança das Nações Unidas e é membro do G8, da Organização do Tratado do Atlântico Norte (OTAN), da Organização Mundial do Comércio (OMC) e da Comunidade das Nações.


 

Avatar
CEO e Editor do MaCamp | Campista de alma de nascimento e fomentador da prática e da filosofia. Arquiteto por formação e pesquisador do campismo brasileiro por paixão. Fundador do Portal MaCamp Campismo sonha em ajudar a desenvolver no país a prática de camping nômade e de caravanismo explorando com consciência o incrível POTENCIAL natural e climático brasileiro. "O campismo naturaliza o ser humano e ajuda a integrá-lo com a natureza."