Expedição América do Sul em grupo

Este tópico contém respostas, possui 19 vozes e foi atualizado pela última vez por Avatar Edintruder 3 anos, 9 meses atrás.

Visualizando 10 posts - 11 até 20 (de 104 do total)
  • Autor
    Posts
  • #50532 Resposta
    Davi
    Davi
    Participante

    Apesar de só ter viajado curtos percursos, nos meus aproximadamente 25.000km puxando trailer (minha viagem mais longa foi 550km cada percurso) também sempre viajei sozinho, com exceção de uma vez, de Barra Mansa-RJ até Itú-SP, mas considero essa viagem como desvio de padrão, pois antes de completarmos 20km um amigo teve um incidente com o trailer, provocado por um pêndulo, teve a manga de eixo entortada e o trailer andava puxando de lado e pendulava ao ultrapassar 55km/h. Fomos a 45-50km/h até Itu, rs, todos assustados com a situação e com o que viram (outros amigos seguiam atrás desse que pendulou e se assustaram muito). Eu estava na frente, só recebi um telefonema pedindo pra parar no próximo lugar possível, nesse caso ninguém estava imprimindo seu ritmo, estavam todos limitados a velocidade do amigo e a situação, por isso não serve como exemplo, mas apesar da situação achei bem bacana andar em grupo. A segunda experiência de viagem em grupo foi agora no 2º ACAMPAMENTO :D do MaCamp. Particularmente gostei muito, ainda mais pela ajuda que recebi dos amigos Ronald e Marcão. Tanto que na volta fiz questão de voltar com o Ronald já que estávamos programando de voltar no mesmo dia e em horário parecido, ficamos conversando no rádio o tempo todo, avisando de radares, qualquer problema na frente e batendo papo também. Na Dutra estávamos tão entrosados que quem estava atrás segurava o trânsito pro da frente começar a ultrapassagem por um caminhão lerdo etc. E isso sem combinar nada. Eu fazia isso quando viaja de moto com meu pai e meu irmão. Acho que o mais difícil numa expedição é a disponibilidade de todos, e mesmo os que tiverem disponibilidade, conseguir coincidir as datas. Eu mesmo gostaria muito de participar, mas estou numa fase da vida em que não posso me ausentar por períodos longos. Os 3 dias a mais do carnaval além do fim de semana já me fizeram entrar numa maratona alucinante quando voltei, então pra mim apesar do desejo de participar é impossível a curto prazo. Mas o fato de serem vários, não creio que seja muito problema… Claro, com organização, roteiro, planejamento… Quem está na frente puxa, normalmente se coloca o mais lento na frente, paradas planejadas, pernoites planejados… Não seria tanto “as escuras” todos já teriam ao menos uma noção de pra onde estão indo e o que encontrarão, locais já teriam sido discutidos previamente. Quem anda mais rápido abre mão um pouco do seu ritmo, e vai seguindo a turma, o que anda devagar tenta aumentar um pouquinho o ritmo, tudo em nome dos benefícios que estarão desfrutando por estarem em grupo e não sozinhos, tais como segurança, companhia, amizade, passeio (creio que muitos não iriam pra tais destinos se não fosse em grupo)… Eu acho que o espírito campista que temos sob os toldos nos campings não mudará por estarmos na estrada andando, afinal não há nada “mágico” nos toldos, somos as mesmas pessoas… Pelo menos isso que eu acho, rs… Abraços!

    Davi Perpétuo
    Turiscar Brilhante SL478 + Ranger XLT 3.0 PSE 4x4
    www.turiscarcaravana.blogspot.com
    Caldas Novas - GO (A maior estância hidrotermal do mundo!)

    #50554 Resposta
    Avatar
    Ronald Ataulo
    Participante

    Dardo e amigos, Eu vivo muita esta experiência de viagem em grupo pois sou guia de eventos 4×4 (www.mundooffroad.com.br) onde viajamos aos finais de semana com 25 carros e em expedições longas em 10 carros. Vocês estão cobertos de razão quanto a dificuldade de convivência em grupo. Nos passeios da agência as divergências são minimizadas pois as pessoas respeitam o cronograma e atividades sugeridas pelo organizador. No entanto, quando vejo alguns grupinhos durante os passeios, estreitando o relacionamento e saindo para viajar sozinhos, logo logo vem a notícia que houve desentendimento. Isto acontece porque cada um quer fazer da sua forma, geralmente todos afloram sua liderança e aí acontece o conflito de lideranças. A grande dica é gastar um pouco mais de tenpo antes da expedição com definição das distâncias, dos locais de hospedagem, dos pontos de parada, da velocidade de deslocamento, das atrações visitadas, enfim… é muito importante todos respeitarem o organizador “planejamento”. Se todos fizerem da forma que foi combinado, o risco de conflitos é bem menor. Temos ainda a oportunidade de realizar diversas viagens em grupo “Acampamentos” antes da possível expedição, que até imagino acontecer no final deste ano ou no início de 2015.

    Ronald Ataulo
    Trailer Turiscar 6.5 (New Pipoca)
    Santos-SP
    www.boraprocamping.com

    #50561 Resposta
    Capt.A330
    Capt.A330
    Participante

    Davi: tens razão, realmente dá para conviver em grupo, embora com nossas particularidades e diferenças; é questão de tentar, mas, insisto, tu tem razão no teu raciocino. Abraços Davi! Ronald: na verdade, uma viagem de longa distancia, tem que ser, sim ou sim, como você planteia; você sabe, pela tua experiencia ao respeito, o que dá certo e o que não. Penso que sim, se planejar bem, e tiver uma boa logística implantada, as chances de dar certo são enormes; mas, o elemento humano é muito volúvel, e lembro das minhas épocas como Instrutor de Voo, como as pessoas são difficiles (não todas, claro!) de chegar a um denominador comum, e liderar, sem ser tirano, é uma fina arte, pois o verdadeiro líder é aquele que é aceito naturalmente, e não aquele que se impõe. Boa tua ideia de ir viajando juntos para “sentir” o progresso da convivência, pois em geral, a grande, senão imensa, maioria dos Campistas de Trailer e MH, viajam sozinhos, e então, mudar velhos hábitos, usos e costumes, costuma ser difícil, embora não impossível. Veja o caso do Jairo, Odair, eu, para só citar alguns, e comprovarás que 95% das viagens foram sozinhos, e então, é no minimo estranho, viajar com outro colega de lado, se adequando a outra maneira de rodar que não a tua. Por exemplo, Odair viaja de noite sem problemas; eu já não gosto de viajar de noite; Odair viaja 14 hrs. ou mais por dia (ele é um Highlander, bruto e sistemático, segundo o cachorro do Enoque!:D); eu já com 10,11 hrs. está louco de bom, e por aí vai; estou colocando meu irmãozinho Odair, de quem gostamos muito, como exemplo (desculpa Odair), por ser o exemplo mais próximo, mas pode (e vai!) acontecer com outros. E se viajar junto com Ele, em determinada hora, eu vou estar cansado, e ele vai querer continuar; daí, se eu cedo, vou a contragosto, e fico de mau humor; se ele para junto comigo, vai pensar “poxa, podíamos avançar mais 300 kms., ficar mais perto do destino e parar num posto bom; cara fraco, só…”, e ainda faltam 3.700 kms. para o destino… Lembro quando fomos para Campos do Jordão, no inverno passado; eu fiquei esperando a manhã inteira o Jairo, e quando ele chegou, perto do médio-dia, não deu tempo para eu ver Campos de dia, nem a serra, que eu queria muito ver, e fiquei chateado com isso; agora, veja o lado de Jairo, que ficou a noite toda trabalhando, com adrenalina e responsabilidade enorme de pilotar um jet com 180 pax a bordo, e foi pegar o Trailer, bêbado de sono, cansado que nem cachorro de fazenda, e ainda com o compromisso de estar cedo num lugar longe de casa, com três crianças pequenas, coitado… E isto só com dois exemplos, multiplica pela quantidade total de integrantes, e a festa está armada! No próximo ano, queremos ir para Mendoza com Jairo e família; então, se verem no Jornal da TV Argentina “…Turista brasileiro enloquecido atropella con su Casa Rodante otro trailista que estava junto..”, já sabem, não deu certo! KKKKK:D Mas, como sou um optimista nato, penso que sim, pode-se viajar longas distancias e ainda assim, as amizades sobreviverem! É só questão de tentar, e eu estou disposto: abraços!

    #50523 Resposta
    Avatar
    leandrovaranda
    Participante

    Disso tenho certeza, quando estive em Curitiba, combinamos por e-mail e celular, mas o Dardo fez questão de ligar no hotel e confirmar o horário. Penso que o roteiro e horários devem ser previamente discutidos e impressos, como um caderninho, todo mundo igual, com a rota, horários e locais previstos para parada,e etc. Quem atrasar, sabe quando e onde vai encontrar o restante do pessoal, quem se adiantar vai ter que esperar o horário de sair. Qualquer coisa fora do combinado deverá ser discutido por todos para chegar numa decisão. Se for haver barracas também deve-se prever que os locais de parada tenham suporte para estes também (se eu for seria meu caso). A questão do rádio é interessante, de preferencia um que não precise autorização da Anatel, pegue bem e não seja caro. Px seria o ideal, mas teria que instalar em todos os carros e tirar licença, nem todo mundo ia ficar feliz. As vezes que viajei em grupo, foram grupos pequenos de no máximo 3 carros e já rolava alguns descontentamentos quando tinha que decidir alguma coisa como rota a seguir ou local para parar. Sempre tem um que fala para ir pela estrada de terra que é mais rápido e outro que não quer por o carro na terra, por exemplo. Já fui da turma dos apressadinhos, mas agora aprendi a andar junto do grupo (idade vai chegando :P) e aciono o cruze control (controle de cruzeiro/velocidade).

    #51961 Resposta
    Avatar
    Ronald Ataulo
    Participante

    Dardo, temos tantos trailers sugerindo participar do encontro de inverno MaCamp 2014 que acho que vou rertomar a idéia de combinar um comboio de trailers para a Patagonia com você indicando o planejamento…..kkkkkkkkkkkk Imagine que foto linda…. um monte de trailer viajando juntos pelas estradas…. Até o Júnior vai comprar um 330 igual do Pivari… só para ir na Expedição….

    Ronald Ataulo
    Trailer Turiscar 6.5 (New Pipoca)
    Santos-SP
    www.boraprocamping.com

    #51963 Resposta

    Curioso, não tinha passado nesse tópico, impressionante a lucidez e coerência nos pontos. Longe de mim ser exemplo, fato é que o sucesso está diretamente ligado à palavra PLANEJAMENTO. Parece infanto, mas uma cartilha pré-definida com horários de saídas, paradas e abastecimentos facilitaria e serviria de doutrina, seja para os que optariam por comboio, seja para os solitários. Importante também que nos destinos não se estabeleçam apenas programas coletivos, mantenham dias livres para que cada família curta ao seu estilo e gosto, e no final de cada etapa um festejo comemorativo, algo assim. Em suma, um VQQ com pequenos protocolos para evitar as desavenças. “tudo é muito lindo até a primeira discórdia”

    #51964 Resposta
    Avatar
    Ronald Ataulo
    Participante

    Amigos, a 11 anos eu conduzo viagens em grupo pelo Mundo Off-Road, antes disso, passei 3 anos como presidente do Jeep Clube também organizando trilhas e viagens em grupo. Agora com o trailer não quero mais organizar nada, no entanto, sei como é bom viajar em grupo (segurança pessoal, segurança mecanica, localização, novas amizades, entre diversas outras vantagens). Vejo o VQQ para este segmento como uma excelente alternativa. É certo que o PLANEJAMENTO, como citado pelo Alexandre, minimiza muitos possíveis problemas. Vide o segundo encontro MaCamp como foi maravilhoso, tenho certeza que o primeiro também foi muito bom, pena que eu não estava presente. A ideia da apostila com os locais de hospedagem é fantástico pois se alguem se atrasar ou quiser viajar sozinho, atravé do GPS chega no destino sem nenhum problema!! Até para quem quiser fazer apenas parte da viagem, também é possível!!

    Ronald Ataulo
    Trailer Turiscar 6.5 (New Pipoca)
    Santos-SP
    www.boraprocamping.com

    #51972 Resposta
    Junior ABC
    Junior ABC
    Participante

    Se eu já tivesse o meu Trailer, eu iria fácil! Ronald é esse mesmo que eu quero :D Quem sabe não apareça um KC 330! até lá srsrs Planejamento é a base do sucesso para tudo!

    #51981 Resposta
    Avatar
    Ronald Ataulo
    Participante

    Júnior, tenho certeza que você conseguirá realizar seu sonho. Estes dias tinha um 330 para vender aqui na Praia Grande por R$ 12.000,00, ele estava em bom estado!!

    Ronald Ataulo
    Trailer Turiscar 6.5 (New Pipoca)
    Santos-SP
    www.boraprocamping.com

    #52002 Resposta
    Avatar
    Ronald Ataulo
    Participante

    VQQ Patagônia – Expedição Caravanista De xx de dezembro de 2015 a xx de janeiro de 2016. Vamos passar as festas de final de ano em uma agradável expedição pela América do Sul.

    Ronald Ataulo
    Trailer Turiscar 6.5 (New Pipoca)
    Santos-SP
    www.boraprocamping.com

PARTICIPE DO FORUM PELO FORMULÁRIO ABAIXO.
Visualizando 10 posts - 11 até 20 (de 104 do total)
Responder a: Expedição América do Sul em grupo

You can use BBCodes to format your content.
Your account can't use Advanced BBCodes, they will be stripped before saving.

Sua informação:




CLASSIFICADOS: