motor home invel

Visualizando 10 posts - 1 até 10 (de 33 do total)
  • Autor
    Posts
  • #46055
    alamo
    Participante

    boa noite!!! tenho um motor home invel carro este que comprei a pouco tempo levei cerca de oito (8) meses reformando foi feito quase tudo novo inclusive o motor, mais tenho duvida a respeito do sistema de arrefecimento do motor. ele tem radiador dianteiro e motor traseiro como os originais mais e acho que ele arma a ventoinha só chegando ao vermelho do marcador de temperatura mais não ferve.informo ainda que o motor e o do santana 1.8 álcool gostaria aqui de consultar alguns amigo a respeito do a sunto fico muito grato com a ajuda de todos sem mais um grande abraço aos amigos do fórum.

    #62660
    Daniel Felisbino
    Participante

    Porque você não coloca um radiador la atras ao lado do motor é muita água pra bomba tocar. Esses dias levei um carro q tenho num auto elétrico porque eu achava que ele não armava o ventilador do radiador, pra minha surpresa ele só arma aos 92 graus e é normal do carro e eu não sabia, eles mediram a temperatura pela mangueira com um termômetro infravermelho, pode ser que a água esteja na temperatura certa, mas o ponteiro esteja descalibrado, ou seja, tem diferença na voltagem que ele recebe do sensor do motor, pode acontecer.

    #62667
    Edintruder
    Participante

    Alamo, nesse caso específico creio que devas colocar a válvula termostática do motor a gasolina, pois a distância do radiador prejudica muito o arrefecimento. Te dou alguns conselhos para evitares problemas: – Uso de liquido de arrefecimento. Não usa água pois água ferve. – Instala um sensor de nível no reservatório, o santana GLS creio que tinha esse sistema. Sempre que baixar o nível no reservatório tem que acusar no painel pois esse é o principal motivo de sobreaquecimento em motor traseiro com radiador dianteiro. – Válvula termostática do AP a gasolina, pois o motor a álcool gera muita caloria e soma-se cerca de 6 metros extra de tubulação, somado com a circulação de ar menor que no motor dianteiro, é interessante que a água circule pelo radiador mais cedo. – Manutenção do sistema de arrefecimento sempre em dia. Motor novo com selos e juntas novas já é um bom começo. – Marcador de temperatura do motor. Na Kombi, por exemplo, só tem uma luz que indicava o superaquecimento, porém não tem como observar a temperatura antes de superaquecer, sendo assim, se no teu caso for dessa forma, corre para instalar um termômetro para o motor. Espero ter ajudado.

    #62672
    alamo
    Participante

    caro amigo Edintruder fico feliz com seus comentário pois muito me ajudou,não estou usando válvula termostática, uso liquido porem 50% vou estalar sensor de nivel no reservatório o sistema de arrefecimento e zero o motor e zero e o marcador de temperatura e analógico porem como este carro ficou parado por cerca de 5 anos acredito que pode estar descalibrado,vou resolver o problema com a ajuda dos amigos e depois informarei como ficou agradeço mais uma e um grande abraço.[hr] caro amigo Daniel felisbino agradeço a sua valiosa contribuição para comigo ja pensei em colocar o radiador atras porem gostaria de manter a originalidade do carro mais caso contrario vou colocar atras,como ressaltei a ventoinha arma mais já no vermelho porem não chega a ferver como tenho certeza se o marcador de temperatura esta preciso tenho que ter certeza que ele estar marcado certo,como moro em uma cidade pequena no interior estou com dificuldade para fazer o teste sem mais agradeço a sua valiosa ajuda e quando resolver o problema informarei no fórum.

    #62675
    Edintruder
    Participante

    Alamo, coloca a válvula termostática de volta. Não é bom rodar sem ela. O motor só não ferve por conta de estares usando o líquido de arrefecimento corretamente, se estivesse com água pura o motor poderia ter ido para o lixo. O sensor é difícil descalibrar, mas não é impossível… Não existe nenhuma bomba de água auxiliar elétrica para esse tipo de sistema? Ela seria acionada juntamente com a ventoinha. Outro detalhe, coloca além da válvula termostática do motor a gasolina, coloca o cebolão da ventoinha do modelo a gasolina. O sistema de arrefecimento irá reagir um pouco mais cedo aumentando a tolerância de superaquecimentos.

    #62680
    GustavoN
    Bloqueado

    Buenas pessoal, Eu entendo pouco ou quase nada de mecânica, mas fiquei curioso quanto aos comentários de distância do radiador. Por que diminuiria a eficiência da resfriamento o fato do radiador estar mais distante? Teoricamente, assumindo que a bomba seja corretamente dimensionada, o fato do radiador estar mais longe não deveria fazer diferença na pior hipótese, e na melhor hipótese deveria até mesmo ajudar na verdade, já que a distância extra dá mais tempo e superfície para o líquido resfriar, que é o papel do radiador. Há algum detalhe que eu não estou percebendo?

    #62681
    Edintruder
    Participante

    Gustavo, na prática tem um fluxo mais lento na circulação da água justamente pela distância. Como a bomba de água é a mesma para um sistema menor, essa maior distância e volume de água geram um arrasto maior que reduz a eficiência. Então quando colocar uma válvula termostática de abertura um pouco mais cedo, irá abrir mais que a válvula de motor a álcool, reduzindo o arrasto inicial que a própria válvula gera. Vale apontar que em muitos motores a válvula não apenas libera a passagem de água como ela também direciona a água. Alguns motores superaquecem sem a válvula termostática, como exemplos os motores dos Ladas, o Maxion HSD, o PowerStroke International, e vários outros. Daí temos outro ponto a avaliar, originalmente o sistema de arrefecimento foi projetado para um motor 1.6 da kombi ou para o próprio 1.8 a álcool? Para entenderes do teu jeito, é como ligar uma estufa de 1000W 127v numa extensão de fio 1,5mm de 50 metros em vez de ligar direto na tomada. Porém se o radiador era para o motor 1.6 e foi colocado um 1.8, é como trocar a estufa de 1000w e por uma de 1600w na mesma extensão, enquanto no mínimo se trocaria por outra extensão de 2,5mm. A sugestão que eu dei equivale a aumentar a voltagem de modo a reduzir a amperagem do sistema, tipo, transformar de 127 para 220volts. As Kombis a diesel inicialmente sofreram com esse problema, justamente por serem fracas demais com o 1.6, daí o pessoal fazia a “salada de frutas” e transformava para 1.9, porém a maior carga térmica não era dissipada pois o sistema não foi projetado para essa carga térmica extra. Nas atuais kombis 1.4 o sistema é muito sensível ao nível de água. Se baixar um pouco o nível do mínimo a luz do painel acusando superaquecimento acende quando o motor é exigido. Quer dizer, isso aconteceu comigo a 140km/h. Notei que forçando vazia acima dos 130km/h ela aquecia. Quando olhei o nível da água estava com o reservatório quase seco, coisa que não altera nada num sistema comum de motor dianteiro e ciclo de resfriamento pequeno. Mas acho que o sistema de radiador dianteiro é mais conveniente do que o radiador enclausurado junto do motor. Vou apontar ainda que esse tipo de problema ainda surgiu nas primeiras L200 Sport HPE com câmbio automático em 2004. Aumento de carga térmica sem o aumento do radiador. Lembrei que nos Tempra 2.0 16v também superaqueciam pois o radiador não dava conta.

    #62682
    GustavoN
    Bloqueado

    Obrigado pelas explicações, Ed. Entendo os problemas que colocas, e parece muito claro que daria problema se aumentasse a carga térmica sem aumentar a capacidade de refrigeração, e acho que daria problema também se colocasse o radiador junto ao motor atrás, já que aumentaria o calor e diminuiria bastante a passagem de ar. Porém, acredito que seria possível mover o radiador para frente sem maiores problemas. A diferença de pressão desde que o radiador fique no mesmo nível da bomba não deveria ser tão maior, usando-se tubulação compatível. Isso seria o equivalente a usar condutores compatíveis, no teu exemplo do aquecedor. Se alguém medir isso na prática, eu teria curiosidade de ver os dados.

    #62684
    alamo
    Participante

    bom dia!! caro amigo EDINTRUDER mais uma vez estou aqui para agradecer ao amigo as considerações a intuito de me ajudar como relação ao meu carro,como você falou vou colocar a válvula termostática do motor a gasolina pois com certeza vai abrir mas cedo,informo ainda que o sensor que estou usando e o que já veio no carro 86/76 e pelo que tudo indica o sistema não e 100/100 por causa da distancia entre o motor e o radiador,como seria tão bom se pudesse colocar uma bomba intermediaria. mais fico mais uma vez muito grato por seus esclarecimento um grnade abraço. [hr] bom dia!! amigo GUSTAVON venho aqui agradecer por participar do assunto, e com o mesmo objetivo de tentar me ajudar para que junto possamos resolver as duvidas. emfim a questão dos problemas, fico muito satisfeito que quando nos aqui do fórum sempre encontramos pessoas com um único objetivo ajudar uns aos outros sem mais um forte abraço.

    #62712
    Anônimo
    Inativo

    Alamo bom dia, no you tube tem um cara que tinha uma kombi a diesel, e conseguiu resolver o problema de super aquecimento do motor, colocando um radiador maior, deu tão certo que resfriou demais. Estou te mandando o link dele para vc dar uma olhada. Um grande abraço. https://www.youtube.com/watch?v=NhSv8dsLWWM

Visualizando 10 posts - 1 até 10 (de 33 do total)
  • Você deve fazer login para responder a este tópico.

ÚLTIMAS NOTÍCIAS:

CLASSIFICADOS: