Viagem Vinhedo – Porto Seguro 2014

Visualizando 10 posts - 51 até 60 (de 60 do total)
  • Autor
    Posts
  • #50312 Responder
    Odair TeixeiraOdair Teixeira
    Participante

    ……previoulsy on Lost…. Dia 12 de Janeiro (ultima perna da viagem de retorno) Após pegar várias horas de transito parado nas praças de pedágio em construção na BR 101 no ES, chegando na região metropolitana de Vitória ainda mais trânsito. Acabamos pernoitando em Viana mesmo. A idéia era ter chegado em Vitória as 18:00, para chegar em Marataízes no Camping do Siri lá pelas 21:00 mas devido ao transito lento, chegamos as 21:00 no anel viário . Acabei ligando para meu amigo Giba Quadros que me indicou parar e pernoitar no Posto Flecha em Vianna, já na saída para BR 101 -RJ. Acordamos cedinho, tomamos café da manhã e pegamos a estrada rumo ao RJ. Paramos em Casimiro de Abreu para almoçar com um calor de 42 graus. Abasteci a Hilux e o frentista ofereceu um ponto para estacionar com água e energia elétrica. Aproveitei para descansar um pouco. Após o almoço, pegamos a estrada em às 16:00 passamos pela ponte Rio – Niterói. Achei que o Imperial iria balançar um pouco com o vento na ponte, mas foi super tranquilo. Já na Dutra, parei no clube dos 500 para descanso e um lanche na rede graal. Cheguei em Vinhedo às 22:00 depois de ter rodado 15 horas, com muitas paradas pelo caminho. Abaixo, algumas fotos Pernoite no posto flecha 1_102.jpg “biobreak” 2_90.jpg Saque a carreta de pneus da Michelin na divisa do ES com RJ. Era um bi trem que teve a carroceria danificada por outra carreta. O povo arrancou a porta traseira e esvaziou a carreta. As pessoas estavam tirando pneus de dentro da carreta, que não havia tombado. O motorista foi ameaçado quando tentou parar a ação dos saqueadores. Cena lamentável, mas comum nas estradas brasileiras. 3_68.jpg Passagem sobre a ponte Rio – Niterói 4_50.jpg ……E terminou aí mais uma aventura do Turiscar Imperial, que nasceu pra rodar o mundo e por isso ganhou 4 rodas …..

    #50314 Responder

    O Imperial do Odair está com 4 Pneus Michelin novos….. idem pra Hillux…. hahaha

    Marcos Pivari - CEO e Editor do MaCamp

    #50319 Responder
    Odair TeixeiraOdair Teixeira
    Participante

    Pior que está sim. Troquei os sapatinhos da Hilux antes da viagem e morri com R$ 950,00 em cada um. Fiquei um mês na caça dos Michelin LTX ATR2 que estavam sumidos. A Michelin estava aguardando uma importação, pq eles são fabricados nos USA. E quando passei do lado do acidente, o que eu vejo? As pessoas carregando vários deste modelo nos braços. Uma senhora me ofereceu tipo ” E aí ? Vai um pneu novinho aí?” Parecia um ataque de piranhas na carreta. Cena deprimente. Os pneus do Imperial eu havia trocado ano passado (Pirelli 8 Lonas). O que vou precisar trocar são alguns amortecedores, já que a buraqueira na estrada estourou pelo menos um deles. Se ver um caminhão da Cofap tombado por aí, pega um e depois me vende…

    #50405 Responder
    Capt.A330Capt.A330
    Participante

    …”previoulsy on Lost”… :D:D:D Bela viagem, fotografia e relato Odair, parabéns! É claro que rimos muito com Beti das tuas andanças, você sempre tão meigo e sensível, (Wig é um :anjo:) :D . Bem, agora, com tempo, estou começando a escrever o meu. Abraço, meu irmão!

    #57026 Responder
    Avatarrodrigo rj
    Participante

    CARAMBA, QUANTAS AVENTURAS, SHOW ESSA VIAJEM, PARABÉNS, TEM COMO PASSAR O ESQUEMA DO AMORTECEXOR EXTRA??? MUITO BOA A IDEIA

    #57030 Responder
    Avatarleandrovaranda
    Participante

    Odair, e como anda a Hilux depois de tanto tempo carregando 1900Kg a mais que no manual (mas dentro do peso recomendado no manual de outros países) :D ? Vai entender as montadoras do Brasil. Relendo o tópico lembrei de um fato, prenderam umas pessoas por aqui que estavam em uma caminhonete roubando carga de um caminhão tombado. A PRF passou lá na hora.

    #57033 Responder
    Junior ABCJunior ABC
    Participante

    Ufa, acabei de atualizar-me dessa incrível viagem! quantas aventuras Odair, muito bom ler seus relatos e é muito legal ler histórias de lugares que vocÊ já passou, a gente lembra da nossa própria viagem, estive em Porto Seguros em jul/13 e foi uma das melhores viagens de minha vida! show!

    #57046 Responder
    Odair TeixeiraOdair Teixeira
    Participante

    Leandro A Hilux está como sempre esteve. Confiável. Fiz a revisão dos 200 mil km semanas atrás. Tive que insistir para trocarem o fluido ATF do cambio automático, pq diziam que não precisava. O mecanico alegou que a cor estava normal. Quase briguei com o mecânico. Expliquei que puxava um trailer pesado e queria ficar com a consciência tranquila. Só assim ele aceitou trocar. Troquei tb as lonas do freio traseiro que ainda eram originais. Apertaram a correia do ar condicionado que dava um pequeno assobio qdo dava partida (ainda é a original) . Aproveitei e pedi para passarem o scanner e apagar algum erro. De fato havia um log de erro na memória do módulo do cambio. Por causa do incidente do chicote de um Karmann Ghia 740 de um amigo que puxei ano passado. Estava com a polaridade trocada e queimou o fusível do STOP, travando o cambio em primeira. Foi só trocar o fusível e voltou ao normal. Em matéria de desempenho, a Hilux não é a mais potente, nem a mais bonita. Mas é o carro mais confiável que já tive. Tirei ela zero em 2010 até hj com 200.000km rodados, nunca deu nenhum problema. Absolutamente nada. Com relação ao hábito dos brasileiros de pegar objetos em acidentes, isto é tão comum que assusta. Eu nunca peguei nada, pq simplesmente aquilo tem dono. Dias atrás, estava na Regis Bittencourt sentido Curitiba e tombou uma carreta de maçãs argentinas. A carga estava fechada em um baú. Ainda assim, arrombaram as portas e roubaram as caixas. Como o transito estava lento, vários moleques vieram me oferecer para comprar caixas de maçãs. Perguntei se eles não tinham vergonha de oferecer para os outros algo que não lhe pertencia. Resultado: Ganhei um amassado na porta do Corolla que estava dirigindo. O maldito do moleque arremessou a maçã no meio da porta. Brasil, um país de tolos. Abraço Odair

    #57049 Responder
    Capt.A330Capt.A330
    Participante

    Meu irmãozinho, buenas! Sinceramente, espero que a minha Frontier chegue tão bem aos 200.000 kms. como a tua HiLux (embora a minha não é feita na Argentina…) :D :D :D Falando serio, como é bom saber das tuas experiencias, pois se você, que reboca um Imperial, tem tua camionete perfeita de motor, caixa e estrutura inteira, fica mais uma vez provado que carro automático puxa, sim, reboque pesado, e puxa muito bem, obrigado! Grande abraço e aguardo tua ligação. Dardo.

    #57052 Responder
    Avatarleandrovaranda
    Participante

    Uma SW4 que compramos usada (acho que o hodômetro tinha sido voltado pelo antigo dono) só quando ela estava marcando 300mil Km que começou o câmbio (manual) a ficar duro. Fomos ver tinha eu trocar uma peça (desgaste natural), como ela era ainda das importadas do Japão teria que importar a peça (o que demoraria uns 3 ou mais meses), ai decidimos vende-la a um mecânico, que fez uma peça substituta. Essa caminhonete nunca nos deixou na mão. Tivemos Hilux por muito tempo, só vendemos a última porque estavam havendo muitos roubos nas estradas justamente visando essas caminhonetes. Agora temos Corolla, igualmente confiável. 11o mil Km e só tive que arrumar o freio, além da manutenção normal (troca de óleo, filtros, pastilha de freio e pneus). Esse negócio de colocarem que a caminhonete só da conta de um reboque de 750Kg é um absurdo brasileiro:@. A sua caminhonete é a prova de que o manual está errado. :demais:

PARTICIPE DO FORUM PELO FORMULÁRIO ABAIXO.
Visualizando 10 posts - 51 até 60 (de 60 do total)
Responder a: Viagem Vinhedo – Porto Seguro 2014

You can use BBCodes to format your content.
Your account can't use Advanced BBCodes, they will be stripped before saving.

Sua informação:




ÚLTIMAS NOTÍCIAS:

CLASSIFICADOS: