Publicidade:
 

Referências Antigas de Campismo >> Conheça nosso site clicando nos links do menu acima…

Nosso país possui uma extensão territorial de proporções continentais, o acesso a maior parte deste território se dá por meio das rodovias e vias que possibilitam o traslado de veículos automotriz.
Atendendo ao turismo, existem diversas opções de veículos, que tem por objetivo transportar pessoas de pontos emissores a pontos receptores, ligando grupos de pessoas a localidades turísticas que usufruirão de serviços de hospedagem, alimentação e demais atrativos da localidade.
Existem, além dos ônibus, outras modais também rodoviários que são conhecidos tais quais os automóveis, motocicletas, vans entre outros. E outros não tão conhecidos no Brasil como os veículos recreacionias, como os trailers campers, e motor-homes. Que tem por objetivo, além de transportar as pessoas, acomodar as mesmas, proporcionando ao turista uma opção de turismo itinerante e uma flexibilidade de itinerários não conseguido com meios de hospedagem tradicionais, fixos.
O motor-home, veículo ainda pouco conhecido no mercado nacional, apresenta características tais que motivam a estruturação de um mercado turístico ainda inexistente e que no decorrer deste trabalho serão apresentadas.
Este veículo apresenta como característica principal a flexibilização de itinerários de acordo com o desejo do condutor. Salvo restrições de tráfego de acordo com o porte do veículo. Contra este modal existe o fato do consumo de combustíveis fosseis, não sendo financeiramente viável para grande parte da demanda real de turismo itinerário e de aventura, Cabe ao motor-home uma característica de acesso de todas as classes sociais?
Apesar de não serem divulgados em grande escala no mercado nacional, estes veículos atendem ao turismo, oferecerem características de acomodação e locomoção permitindo ao usuário a permanência por mais de vinte e quatro horas em uma localidade, bem como usufruir de serviços nas localidades visitadas, constituindo assim uma atividade turística.

Existem diversas opções de veículos, inclusive produzidas no mercado nacional, com absorção nacional e exportações desde a década de setenta. Mesmo perdurando por tanto tempo o mercado de montadoras e revendas não pode oferecer uma infra-estrutura mais atraente para que o turismo se desenvolva através desse modal?
Acompanhando o processo de regionalização do turismo nacional, o veículo poderá servir de ferramenta de divulgação das localidades de difícil acesso, ou de difícil implementação da própria atividade turística, tanto quanto da atividade hoteleira. Funcionando então com o objetivo de mostrar um panorama geral de cada localidade visitada e possibilitar que o turista tenha um primeiro contato com a localidade. Atividade esta já bem-sucedida no Brasil, como no caso do Hotel sobre Rodas, Exploranter, que inicialmente atuou somente no Brasil e atualmente, de acordo com as rotas oferecidas em seu sítio na internet atua na América Latina. Estaria então acabado com o Hotel sobre Rodas o mercado de turismo itinerante no Brasil? Se esta idéia funcionou por muitos anos no Brasil e se expandiu para a América Latina outras alternativas não tem espaço no mercado nacional?
Este trabalho têm como objetivo mostrar que existe um mercado inexplorado no Brasil apesar de oferecer diversas montadoras que utilizam tecnologia compatível aos padrões internacionais, além de mostrar uma modalidade de turismo ainda pouco utilizada e investigada no Brasil, as viagens itinerantes, e o turismo itinerante. Cabe ao Brasil e em suas extensões territoriais abranger tal modalidade de turismo de forma estrutura o suficiente para oferecer regularidade de serviços?
Através de pesquisas bibliográficas, pesquisas de sítios da internet, pesquisa com o mercado atual do produto, este trabalho tem por objetivo geral mostrar que existe no Brasil uma história recente com o veículo, que este se faz presente e que existem possibilidades de implementação do mesmo no mercado de turismo no cenário atual e futuro dentro do Brasil, se mostrando uma alternativa em detrimento de outros modais.
Este trabalho se baseia no empreendedorismo de brasileiros como o senhor Scheid, que no sul do Brasil iniciou umas das primeiras montadoras de veículos recreacionais na década de setenta e mais tarde, senhor Flávio Melo com o Hotel sobre Rodas, Exploranter que atuando de forma paralela a realidade do mercado turístico nacional teve seus negócios tão bem aceitos pela demanda que teve a oportunidade de comercializar seu produto na América Latina, senhor Alexandre da Castelo Trailer que trabalha de forma atuante no mercado comercializando e trabalhando de forma organizada para a melhoria do segmento no Brasil.
Dividido em três capítulos, o primeiro tratando dos conceitos de turismo no mundo e no Brasil, os órgãos brasileiros competentes quanto ao turismo, o segundo abordando os veículos recreacionais, suas vertentes e suas utilizações, o terceiro aborda o motor-home enquanto equipamento do turismo, sua história no Brasil e suas tendências a médio prazo.
Com isso, seria possível através de uma análise histórica projetar um cenário de desenvolvimento da modalidade de turismo itinerante utilizando os veículos referidos?

CEO e Editor do MaCamp | Campista de alma de nascimento e fomentador da prática e da filosofia. Arquiteto por formação e pesquisador do campismo brasileiro por paixão. Fundador do Portal MaCamp Campismo sonha em ajudar a desenvolver no país a prática de camping nômade e de caravanismo explorando com consciência o incrível POTENCIAL natural e climático brasileiro. "O campismo naturaliza o ser humano e ajuda a integrá-lo com a natureza."

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here