Acervo Karmann Ghia (Manual não Oficial) >> Por Eneias Polini

Verifique periodicamente os seguintes itens:

•  Estado e pressão dos pneus.
•  Rodízio dos pneus.
•  Nível do líquido de freios.
•  Balanceamento das rodas.
•  Lubrificação do mecanismo da escada escamoteável e bequilha.
•  Tubulação de distribuição de gás. Aplique com uma esponja espuma de sabão neutro e observe. Se houver bolhas, há vazamento. Não utilize chama.
•  Nível de água da bateria (se for o caso).
•  Tensão dos voltímetros e/ou amperímetros,
•  Condições da ligação e do cabo de energia elétrica externa (encapamento e bitola adequada).
•  Borracha de vedação da porta, clarabóias e janelas.
•  Ao  efetuar  qualquer  reparo  na  instalação  elétrica,  desconecte  o  cabo  de alimentação externa e cabos de bateria.
•  Atente aos seguintes detalhes:
o  A estrutura do chassi dispensa maiores cuidados. É executado em perfis de aço dobrado, e recebe proteção contra a corrosão.
o  No  caso  de  se  verificar  sua  oxidação  (presença  de  ferrugem),  é conveniente lixar a camada afetada e aplicar nova demão de antioxidante.
o  A lança de rebocamento, devido ao fato de estar muito exposta à ação do tempo e a erosão provocada pela projeção de pedras e areia, é zincada e pintada, não requerendo maiores cuidados.
o  Lubrifique a cada 2.500 km os niples de eixo de suspensão. Esses niples encontram-se  sob  o  eixo,  em  sua  parte  inferior,  próximo  ao  braço  de suspensão. Lubrifique tambem o niple do conjunto frontal de inércia (freio) e a roda da bequilha.
o  Verifique os rolamentos. A graxa deverá ser substituída a cada 30.000 km, ou no máximo a cada dois anos.
o  Não  mantenha  o  freio  manual  acionado  por  períodos  prolongados. Acostume-se a utilizar calços.

Limpeza

A limpeza geral, além de proporcionar aspecto agradável, ajuda a manter em bom estado de conservação os componentes de seu veículo.
•  Limpeza externa:
o  Utilize água e sabão neutro, com pano macio e esponja.

o  Remova as manchas de graxa com benzina (não utilize álcool, gasolina ou tinner), esfregando com uma estopa embebida e secando logo em
seguida.
o  Limpe  com  água  e  escova  os  para-lamas,  estribos,  chassi,  perfis  de alumínio e frestas.
o  Para  limpeza  das  janelas  utilize  apenas  água,  sabão  e  panos.  Sob nenhuma hipótese não utilize álcool ou solventes derivados de petróleo.
o  As  mangueiras  e  tubulações  plásticas  não  devem  ser  pintadas,  nem tratadas  com  gasolina,  querosene  ou  óleos  minerais,  pois  ficarão ressequidas  e  quebradiças.  Os  resíduos  devem  ser  removidos exclusivamente com água e sabão.
o  Ao pulverizar e lubrificar o veículo, evite que as tubulações entrem em contato com o produto da pulverização.
•  Cromados:
o  Utilize um pano ou estopa com querosene ou benzina. Nunca use para este fim ferramentas cortantes ou abrasivas
o  Em praias ou em lugares onde os cromados sofrem a ação do sal ou areia, recomenda-se protegê-los previamente, com vaselina.

•  Limpeza interna:
o  Madeira  e  plásticos:  Utilize  água  e  sabão  neutro,  esfregando-os levemente. Não utilize solventes de qualquer espécie nas superfícies de madeira.  Este  procedimento  causará  o  branqueamento  e  remoção  da camada protetora do verniz selador.
o  Tecidos:  Para  uma  limpeza  eficiente  de  cortinas,  telas  e  forração  de estofados, coloque-os de molho em água pura, durante algumas horas, e após esfregue com sabão manualmente. Não utilize máquina de lavar.
o  Piso, teto e paredes: Limpe-os com pano úmido, água e sabão neutro.

Não  jogue  água  sobre  o  piso  do  veículo,  e  caso  isso  venha  ocorrer
acidentalmente, retire imediatamente toda água acumulada nos cantos.
o  Equipamentos: Para a limpeza de equipamentos tais como refrigerador, ar
condicionado, fogão etc., siga as instruções do fabricante. Não os remova
de  seus  locais  originais  de  instalação.  Em  caso  de  necessidade  de
remoção de qualquer equipamento interno, procure pessoal qualificado.

 

Avatar
CEO e Editor do MaCamp | Campista de alma de nascimento e fomentador da prática e da filosofia. Arquiteto por formação e pesquisador do campismo brasileiro por paixão. Fundador do Portal MaCamp Campismo sonha em ajudar a desenvolver no país a prática de camping nômade e de caravanismo explorando com consciência o incrível POTENCIAL natural e climático brasileiro. "O campismo naturaliza o ser humano e ajuda a integrá-lo com a natureza."

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here