Reunião da ABRACAMPING
Publicidade:
 

Campismo começa a se estruturar

 

A Associação Brasileira de Campismo (ABRACAMPING) promoveu no dia 7 de julho, em Pirassununga, SP, na sede da Motortrailer, reunião para discutir a organização e estruturação do campismo no Brasil. Estiveram presentes proprietários de campings, fabricantes e revendedores de trailers e motorhomes, diretores de clubes de caravanismo e campistas de vários Estados.
Na oportunidade foi apresentada a política de desenvolvimento do turismo brasileiro, que será implantada pelo Ministério do Turismo, através de ações regionais, e como o campismo deve ser inserido nesse contexto. Mas, para isso, é preciso a participação ativa dos agentes dos diversos segmentos campistas e a criação de entidades de classe estaduais representativas.
Após ampla discussão e trabalhos em grupo, ficou decidido que serão criadas associações estaduais de campismo onde esse setor é mais ativo, e que as entidades deverão ser abrangentes, reunindo como associados os fabricantes e revendedores de equipamentos de camping e veículos de recreio, proprietários de campings e presidentes dos clubes de caravanismo. A ABRACAMPING será a entidade nacional representativa das associações estaduais em âmbito federal.
Foi enfatizada a necessidade do campismo estar representado nos Fóruns Estaduais de Turismo que estão sendo criados.
O encontro contou com a participação de representantes do SEBRAE/SP, que mostraram como a entidade poderá participar desse trabalho de organização e consolidação do campismo através de oficinas de capacitação, organização de seminários, estruturação associativa. O setor campista é constituído principalmente de micro e pequenas empresas.
Os pontos salientados como prioritários para o desenvolvimento do setor foram: implantação de programas de qualidade e de marketing e organização de uma base de dados que retrate a dimensão do setor. Os fabricantes de trailers e motorhomes enfatizaram a necessidade de criação de normas de fabricação e segurança para veículos de recreio, como existe em outros países. Os proprietários de campings salientaram que é preciso estabelecer parâmetros de qualidade para diferenciar campings organizados de simples áreas de acampamento, que degradam o meio ambiente e prejudicam o conceito do campismo, e atender a demanda dos campistas de melhores condições de conforto e qualidade de instalações e serviços.
São Paulo foi escolhido para iniciar esse trabalho de estruturação do setor através de parceria com o SEBRAE, por já contar com uma entidade consolidada reunindo proprietários de campings, a ABPC – Associação Brasileira de Proprietários de Pousadas e Campings.

Criada a Associação Paulista de Campismo

Complementando os trabalhos do dia anterior, os associados da ABPC-Associação Brasileira de Pousadas e Campings, e revendedores de veículos de recreio, reuniram-se no dia 8 de julho, no Camping Casarão em Itu, SP, com o objetivo de discutir as propostas apresentadas na reunião da ABRACAMPING.
Foi decidida a transformação da entidade em Associação Paulista de Campismo, reunindo os segmentos campistas do Estado. Enfatizou-se a necessidade de parceria com o SEBRAE/SP para a reorganização associativa nessa primeira fase. Posteriormente, na capacitação empresarial, definição de estratégias, programas de marketing e de qualidade.
O modelo adotado em São Paulo será sugerido para adoção nos demais Estados.

LUIZ EDGAR TOSTES
Diretor da ABRACAMPING – Associação Brasileira de Campismo
[email protected]

 


CEO e Editor do MaCamp | Campista de alma de nascimento e fomentador da prática e da filosofia. Arquiteto por formação e pesquisador do campismo brasileiro por paixão. Fundador do Portal MaCamp Campismo sonha em ajudar a desenvolver no país a prática de camping nômade e de caravanismo explorando com consciência o incrível POTENCIAL natural e climático brasileiro. "O campismo naturaliza o ser humano e ajuda a integrá-lo com a natureza."

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here