Que atire a primeira pedra quem nunca comprou algum artigo de camping que não estava precisando.  Aquela lanterna de led, um canivete mil e uma funções, uma nova lona, e até mesmo uma nova e espaçosa barraca. Muitos campistas (inclusive eu) são ávidos por novidades, por tecnologia e também conforto, algo que deixe aquela sensação de estar em casa em meio à natureza.

Você não consegue entender porque seu filho troca de celular a cada seis meses, mas não deixa de passar em algum grande magazine para ver o há de novo… é assim que a roda gira…mas porque? Precisamos disto?

Estamos em mundo cada vez mais globalizado, onde a tecnologia torna a o acesso a informação muito fácil. Já passou do tempo em que as novidades do mercado europeu demoravam meses para chegar por aqui. Hoje o próprio mercado campista brasileiro dita tendências e algumas marcas desenvolvem seus produtos pensando em nossas necessidades.  Isso nos dá a sensação que nossos utensílios de camping se tornem obsoletos em pouco tempo. Minha barraca tem pouco mais de dois anos de uso e já esta fora de linha, um novo modelo foi lançado com novo design e cores alegres. Novas barracas são lançadas com sistema de iluminação embutido, ventilação ajustada e muito mais reforçadas.

Gostamos de estar bem equipados, sentir confortáveis onde que estejamos e até certo ponto mostrar para todo mundo que a época das frágeis barracas e períodos de péssima estrutura já se passaram.

Mas, existe a necessidade disso? Comprar uma nova barraca a cada seis meses, um novo fogão… uma gazebo maravilhosa… Claro que vai depender muito da sua condição financeira, e bem mais que isso, haja espaço para guardar tanta tralha em casa. O campismo sempre foi pautado por praticas simples, de atitudes modestas e muitas vezes conservadoras.

É compreensível esse desejo, como disse muitos leitores se identificaram com esse perfil campista. Vale apenas avaliar se o estilo de vida campista não está sendo superado pelos distúrbios tecnológicos desta nova era.
Um abraço
Até breve!

André Dalastra

 

 

COMPARTILHAR
Colunista: André Dalastra

André Dalastra tem 29 anos e é administrador de empresas. Natural de Jundiaí – SP. Conheceu o campismo há dez anos através das historias de um amigo e resolveu experimentar. Se apaixonou e nunca mais parou. Desde 2007 é o autor do blog Camping Total.

campingtotal@gmail.com
http://campingtotal.blogspot.com.br/