De volta ao motor-home, calibramos o aparelho de GPS para Roma. Desta vez optamos ir por rodovia pedagiada, mais rápida. Estávamos muito atrasados. Que coisa, né?! De férias e só pensando e calculando tempo. Que luta! É, mas não dá nada, pobre é assim mesmo, tem que aproveitar o que dá no menor tempo possível, até o sumo… Vai que dá! hehehehe
O caminho até Roma é algo de cinema. Aquelas propriedades espalhadas por planícies e colinas, tudo organizado como um jardim chama muito a atenção de quem passa pela rodovia ou de trem. Algumas delas tinham como enfeite principal um pequeno e charmoso castelo outras aqueles imensos casarões antigos. Não tem como evitar o comentário. Dá vontade de parar em cada uma delas, para bebericar um vinho, comer um queijo com pão e falar um pouco sobre os costumes e a vida daquela região. Assim, fomos seguindo. Por vezes, também, brotavam pequenos vilarejos medievais ao nosso redor. É uma visão inusitada, principalmente, depois de ter assistido a tantos filmes na “sessão da tarde”, que mostravam essas cidades ou castelos, contadas numa aventura.

  Deusdeth Waltrick Ramos

 

CEO e Editor do MaCamp | Campista de alma de nascimento e fomentador da prática e da filosofia. Arquiteto por formação e pesquisador do campismo brasileiro por paixão. Fundador do Portal MaCamp Campismo sonha em ajudar a desenvolver no país a prática de camping nômade e de caravanismo explorando com consciência o incrível POTENCIAL natural e climático brasileiro. "O campismo naturaliza o ser humano e ajuda a integrá-lo com a natureza."