BARRACAS

O equipamento de campismo mais primitivo do mundo tem suas origens nas tendas confeccionadas de tecido ou pele animal e era utilizado desde a idade média nas expedições militares. Hoje em dia ganharam desenhos estáveis aos ventos, os tecidos deram lugar ao nylon (poliamida) e sua estrutura que fora de madeira, passou a metálica e por fim de fibras de vidro e carbono. Agora as barracas são dotadas também de mosquiteiros e zíperes para a sua completa e eficiente vedação.

São seis os principais tipos de barracas:

0Bangalô: Modelo geralmente de tamanho grande, oferece maior conforto para a família e seu formato se assemelha ao de uma casa. Pode possuir mais de um ambiente isolado além da ampla varanda. Suas lonas são grossas e oferecem maior proteção contra chuvas e altas temperaturas. Tem como desvantagem o fato de ser pesada e de demorar mais para ser armada.

1Canadense: Modelo de formato clássico de “V” invertido. Oferece ambiente único, algumas vezes estendido por uma varanda. Há exemplares com lonas grossas ou finas, porém sua estrutura metálica se configura pesada, semelhante à do tipo bangalô.

1Iglu: Modelo mais indicado para expedições, aventuras, caminhadas e acampamentos em geral. Possui estrutura de fibra e coberturas de nylon, configurando um equipamento extremamente leve. Fácil e rápida de montar, esta barraca é a mais procurada pelos novos campistas. Sua desvantagem está no fato de ser a menos durável e necessitar na maioria das vezes de impermeabilização.

1Gruta (Túnel): São barracas que surgiram já no século XXI e estão ganhando o mercado das velhas “Bangalôs”. Isto porque são barracas espaçosas e com mais de um dormitório interno além de salão e varanda. Assim como o tipo “Bangalô” são utilizadas por famílias que curtem um acampamento mais cheio de apetrechos e acessórios como cozinha, mesa, assentos e outras ambientações. Tudo muito espaçoso e protegido.

1c9441258eee3e0e39a6d99991bd5ae8e564bb2aPop Up:Não mais exclusividade de uma grande marca de esportes, as barracas denominadas “Pop Up” ou “Two Seconds” possuem uma característica única e específica. Sua estrutura foi concebida para que se “arme” em apenas dois segundos e é isto o que ela faz. Com suas varetas dispostas circularmente e já atreladas ao dormitório e sobreteto, a barraca presa por algumas amarras e fica acondicionada em uma bolsa. Ao soltar as amarras a barraca tende a voltar para a posição em que as varetas fiquem com menos tensionamento – exatamente na posição “armada”. Aí é só prender os espeques e as cordinhas e curtir o acampamento.

0Montanha (Tubular): As barraca do tipo “montanha” são feitas para serem o mais leves e compactas do mercado, de fácil montagem e prática desmontagem e trato, abrigando uma ou duas pessoas. Também conhecida como “barraca tubular” ou mesmo “modelo trekking”. É o tipo de barraca adotada por aventureiros e montanhistas que utilizam a barraca apenas como dormitório no meio do caminho de suas expedições. São geralmente bem aerodinâmicas para enfrentas ventos e chuvas e possuem poucas “águas” para aumentar a inclinação da lona e utilizar o menos varetas possível. Muitas delas possuem formatos de altura bem baixa e acessos (portas) bem mais protegidas e menores. Muitas possuem um sobreteto que se projeta em frente a porta para abrigar botas e até mochilas da chuva.

Na Barraca:

Barraca Bangalô

Barraca Pop Up

Barraca Canadense

Barraca Iglu

Mosquiteiro na Barraca

Esticadores

Varetas das Barracas

Seja qual for o tipo de barraca escolhido, deve-se sempre haver cuidados na hora da escolha do local e montagem. Proteja sempre o assoalho da barraca com uma lona estendida no chão já livre de pedras e galhos. Em regiões frias, isole com jornais ou papelão para evitar que a umidade suba para o colchonete. Estique bem todas as extremidades e utilize todas as amarras que o equipamento dispuser. Escolha o local sempre com boas sombras. Procure analisar a natureza em volta e seus componentes mais próximos. Estude o caminho do Sol para maior comodidade. Em campings, procure evitar locais próximos dos banheiros, entrada/saída e pavilhões de lazer. Evite ao máximo ligar aparelhos de som, respeitando assim seu vizinho próximo e a natureza. Mantenha limpa a área próxima ao seu módulo e trate do lixo da maneira correta.

Sem dúvida a barraca é a opção mais barata dentre os equipamentos de campismo e também muito prazerosa. A maior deficiência em relação aos veículos de recreação é o banheiro.

Sem dúvida o primeiro passo de um campista é adquirir uma barraca. A escolha do tipo e modelo é fundamental para o bem estar do indivíduo.
Escolha no menu a esquerda o tipo de barraca para maiores informações.

Além dos três principais tipos de barracas, temos outras “invenções” que poderão cultivar a curiosidade e a vontade dos campistas e aventureiros.

As barracas de teto são fixadas ao rack de qualquer veículo e poderá trazer praticidade e rapidez na montagem do acampamento-dormitório. veja mais detalhes na seção do menu ao lado)

Montagem

Ao montar sua barraca no camping ou espaço escolhido, primeiramente escolha o local mais apropriado. Verifique a proximidade com as tomadas elétricas e banheiros, se a área está plana e não constitui rota de água em caso de chuva. Estude a posição do Sol. Não pela orientação da barraca e sim pela posição dela em relação aos fatores externos, como morro, árvores e construções. A barraca em qualquer um dos lados será atingida e aquecida pelo sol, porém deve-se tomar essas ATITUDES para – risco de embaixo das árvores – quedas de galhos e raios – Posição do sol  referencia de dicas diversas…
Cuidados

Basicamente os cuidados a serem tomados com sua barraca são simples. Primeiramente, a montagem sempre deverá ser completa. Nada de deixar algumas amarras de lado simplesmente porque a barraca já parece rígida. Em casos de vento ou movimentações do conjunto, a mesma poderá rasgar ou lassear. Principalmente no caso das barracas do tipo iglu, mas também de todas de uma forma geral, deverão ser tomados alguns cuidados se forem utilizadas em regiões que sofrem grande variação térmica ou climática no mesmo dia.

Exemplo de cidades de serras, onde de dia sofre com o calor intenso e de noite com um orvalho gelado ou até geadas. Nestes casos o melhor será cobri-la com uma lona, mesmo que fina, já que o tecido da cobertura desbotará e se rasgará facilmente, após um período. Evite armar sua barraca sob árvores que soltam seivas, principalmente coníferas. Outro cuidado é mantê-la sempre limpa e seca. Nada de guardá-la com areia, grama ou molhada. Uma dica para a desmontagem em dias de chuva é começar o desarme retirando-se primeiramente o dormitório. Apesar de mais difícil, você poderá usar da cobertura para proteger a parte interna. Os tecidos dos dormitórios ficam facilmente embolorados quando guardados úmidos. Após sua retirada, enrole a cobertura molhada e guarde-a em um saco plástico separado. No primeiro dia de sol, já em casa ou em ambiente coberto, desenrole a cobertura e deixe secar. Este conjunto de cuidados irá manter seu equipamento por muitos anos.

Marcos Pivari

Memorial de Barracas:

Linha Extreme Capri

Manaslu: Voyager

Nautika: FOX 3/4

Coleman: Montana 4

Manaslu: Trip

Delta 3 Adventure Capri

Quechua: 2 SECONDS I

Guepardo: VÊNUS – 6P

FOX 5/6

AMAZON 3 / 4

Mormaii: Bali 2

TIPOS DE BARRACAS:

Barraca Pop Up

Não mais exclusividade de uma grande marca de esportes, as barracas denominadas "Pop Up" ou "Two Seconds" possuem uma característica única e específica. Sua...

Barraca Automotiva (De Teto)

Mais conhecida como "barraca de teto" o equipamento desperta desejo e curiosidade de campistas e aventureiros. Seus maiores predicados estão na rapidez e praticidade...

Barraca Gruta (Túnel)

São barracas que surgiram já no século XXI e estão ganhando o mercado das velhas "Bangalôs". Isto porque são barracas espaçosas e com mais...

Barraca Montanha (Tubular)

As barraca do tipo "montanha" são feitas para serem o mais leves e compactas do mercado, de fácil montagem e prática desmontagem e trato,...

Barraca Bangalô

São Barracas grandes e são, visualmente, as mais parecidas com uma casa. Geralmente têm dois quartos ou mais e ambientes internos que servem também...

Barraca Canadense

Observando de frente esse tipo de barraca, vemos que é o modelo mais tradicional. Em seu formato triangular de "V" invertido, se apresenta em...

Barraca Iglu

Para os dias de hoje, as barracas do tipo iglu estão muito presentes na mente de qualquer pessoa e sua forma, leveza e praticidade,...

Barraca De Emergência

Este tipo de abrigo é chamado de "barraca" tanto pelo seu formato, quanto ao seu sistema de funcionamento estrutural que deriva das primeiras barracas...

ÚLTIMAS NOTÍCIAS: