Para os amantes de barracas de teto que também apreciam o Jipinho Russo LADA-NIVA, seguem algumas fotos retiradas do blog Grauçá 4×4.

Um pouco sobre o NIVA:

Niva é um automóvel produzido pela AutoVAZ (mais conhecida como Lada), é caracterizado como um jipe russo compacto e rústico. O modelo mais famoso e difundido pelo mundo é a versão curta, denominado pela fábrica como BA3 2121. Ele é produzido em várias versões e modelos, como o Jeep Curto, Jeep Curto Cabriolet, Jeep Station Wagon e Pickup.

Lada Niva 1.6
O Lada Niva 1.6 é o modelo construído sobre monobloco, ano 1990 a 1995; foram as primeiras unidades a chegar ao Brasil.

Cenário atual
Ao contrário do que pensam muitos, nem a Lada, nem seu veículo Niva acabaram. A Lada segue existindo, hoje com participação acionária da Renault, e o Niva completou mais de trinta anos de fabricação contínua. Atualmente o Niva é um veículo com várias diferenças se comparado com os primeiros que chegaram no Brasil, não tendo nenhum dos defeitos antigos. As qualidades seguem as mesmas: tração 4×4 permanente, resistência a atoleiros e muito mais conforto. Apenas há o diferencial de preço, que é atualmente muito mais alto do que os modelos antigos.

Motor: Dimensões e Capacidades Dianteiro, longitudinal, 4 tempos, pistões alternativos, ignição por centelha, injeção eletrônica monoponto sincronizada, arrefecido a água com monopropileno glicol; Cilindros: 4 em linha; Cilindradas (cm3): 1.568; Potência máxima (cv): 73 cv / 82 cv (1.7); Torque máximo (mkgf): 12,0 m.kgf a 3.200 rpm; Combustível: gasolina; Diâmetro e curso (mm): 79 x 80; Taxa de compressão: 8,5:1; Entre-eixos (mm): 2.200; Comprimento (mm): 3.720; Largura (mm): 1.680; Altura (mm): 1.640; Bitola traseira (mm): 1473; Bitola dianteira (mm): 1473; Peso em ordem de marcha: 1.191 kg; Carga útil: 359 kg; Tanque: 42 litros.

Direção Tipo: setor sem fim, pode ser instalada caixa de direção com relação de multiplicação 20,8:1.

Freios e Desempenho Sistema hidráulico de duplo circuito servo-assistido, a discos para as rodas dianteiras e as tambores para as rodas traseiras, com válvula reguladora de pressão nas rodas traseiras. Ângulo de entrada: 38º; Ângulo de saída: 32º; Vão livre: 217 mm; Travessia de água: 600 mm; Rampa máxima: 31º; Inclinação lateral máxima: 30º; Diâmetro de giro: 10 metros; Consumo: estimados 6,5 km/l para utilização em cidades e 9,5 km/l para utilização em estradas; Velocidade máxima: 136 km/h; 0 a 100 km/h: 23,6 segundos.

Transmissão: Mecânica de 5 marchas mais ré; Tração: integral 4×4 contínua/permanente; Caixa de mudanças com 5 velocidades à frente sincronizadas e uma à ré. Relações de transmissão: 1ª: 3,67:1; 2ª: 2,10:1; 3ª: 1,37:1; 4ª: 1,00:1; 5ª: 0,82:1; Ré: 3,52:1; Caixa de redução direta e reduzida, com bloqueio do diferencial central, comando na cabine; Caixa de transferência: Velocidade Superior: 1,20:1; Velocidade Inferior (reduzida): 2,13:1; Relação diferencial: 4,30:1.

Suspensão Rodas e Pneus: Dianteira: independente, sobre bandejas móveis transversais com molas helicoidais, amortecedores hidráulicos e barra estabilizadora. Traseira: eixo rígido com molas helicoidais, amortecedores hidráulicos com 4 barras tensoras longitudinais e uma transversal. Rodas: de aço, estampadas, aro 16, fixação com 5 porcas. Pneus: Radiais 175/80 R16 / Lameiros 6.95×16

O Portal MaCamp possui parceria em vendas de Barracas de Teto. ENTRE EM CONTATO.

 

COMPARTILHAR

CEO e Editor do MaCamp | Campista de alma de nascimento e fomentador da prática e da filosofia. Arquiteto por formação e pesquisador do campismo brasileiro por paixão. Fundador do Portal MaCamp Campismo sonha em ajudar a desenvolver no país a prática de camping nômade e de caravanismo explorando com consciência o incrível POTENCIAL natural e climático brasileiro. “O campismo naturaliza o ser humano e ajuda a integrá-lo com a natureza.”

  • Luis Buchebuan

    Gostei de ver os nivas !!!