Patagonia 2016: Expedição MaCamp de Trailer.

Este tópico contém respostas, possui 25 vozes e foi atualizado pela última vez por Capt.A330 Capt.A330 2 anos, 7 meses atrás.

Visualizando 10 posts - 151 até 160 (de 215 do total)
  • Autor
    Posts
  • #91641 Resposta
    Neiva Lorencet
    Neiva Lorencet
    Participante

    É, meu curso do Imgur com o Dardo foi meio Tabajaras, ou eu é que sou loira…. a foto não foi…… buááá

    #91642 Resposta
    Neiva Lorencet
    Neiva Lorencet
    Participante

    null<img src="http://

    <script async src=”//s.imgur.com/min/embed.js” charset=”utf-8″ /></script>” alt=”null” />

    #91643 Resposta
    Neiva Lorencet
    Neiva Lorencet
    Participante

    #91644 Resposta
    Neiva Lorencet
    Neiva Lorencet
    Participante

    Ebaaaaaa, curso a distância Tabajaras Foto Com. Muito caro, com professor Dardo.
    Essa a foto. Olhem onde guardaram a lenha para o churrasco.
    Beijos

    #91645 Resposta
    Neiva Lorencet
    Neiva Lorencet
    Participante

    Bem. Hoje completei mue curso a distância com o professor Dom Dardo.
    Essa é a foto do armazenamento da lenha para o churrasco.
    Seria assado o Guanaquito?

    #91647 Resposta
    Capt.A330
    Capt.A330
    Participante

    Pô Neivinha, o dia do churrasco que Thomas fala, ainda está por vir no relato…faltam dois dias…menina apressada…e o Thomas também, já entregou o acontecimento do churrasco…eita pessoal com pressa…
    E quê negocio é esse de querer assar o Guanaquito? Na próxima viagem, você vai dormir na camioneta, por abusada!
    Está bem, vou ver se continuo logo com o relato, antes de me intimem a prosseguir…eu, hein? Povinho pouco paciencioso…KKKKKK
    Parabéns Neivinha por ter conseguido postar a foto; é isso aí, é só ir tentando até se ajeitar como o processo, e dai não esquece mais.
    Abraços!

    Dardo

    #91707 Resposta
    Capt.A330
    Capt.A330
    Participante

    Quinta-feira, 28/01/2016:

    Hoje aproveitamos que choveu ontem e apagou bastante a poeira do caminho ao Tronador, e lá fomos, acordando cedinho para ganhar tempo do dia.
    Preparamos alguns alimentos, bastante água e sucos, e lá vamos nós, para desfrutar de mais uma maravilha da Patagonia!
    O percurso do Camping Los Baqueanos até a entrada da estrada que nos leva até o Tronador, é de aproximadamente 15 km por asfalto na Ruta 40, e mais 45 km pela Ruta Provincial 82, de estrada de chão, que como é bastante estreita e com muuuuuuitas curvas, tem horários para subir e para descer; no percurso dela temos cinco Campings, um pertinho da Playa Negra, a perto de 5 km do asfalto e o que acho muito lindo, outro no Rio Manso, onde tiramos as fotos na ponte de madeira, e três em Pampa Linda, a 7 km do Ventisquero Negro, no pé do Tronador, más devido às características antes comentadas da estradinha, não aconselho ir com Trailers mais longos ou MH de mais de 7 mt., embora, é minha opinião, não uma proibição.
    Lembro, para quem for acampar por lá, que se deve pagar o ingresso no Parque Nacional (o local de cobrança se encontra aprox. 1000mt pela estrada de chão), e os Campings antes citados, só tem um par de horas de luz elétrica durante a noite, provista por geradores diesel.
    Aqui destaco os mesmos:

    A estrada de rípio RP 82:
    https://goo.gl/maps/RERSwoCDMrr

    Os Campings:

    La Querencia
    http://www.campinglaquerencia.com.ar/
    https://goo.gl/maps/R67Hjc71EkL2

    Camping Los Rápidos
    http://www.losrapidos.com.ar/#!/-bienvenido/
    https://goo.gl/maps/co9cM79gB3M2

    Os Campings em Pampa Linda:
    https://goo.gl/maps/5v9XLLWR2d32

    Bem, percorremos a estrada de rípio devagar, parando em diversos lugares de interesse para tirar fotos e admirar a paisagem, como na Ilha Coração, que proporciona uma excelente vista do Lago Mascardi rodeado de montanhas, e a nascente do Rio Manso, onde atravessamos uma ponte de madeira, e desde a mesma, podemos ver as trutas nadando naquela água cristalina; lá tem um Camping, Los Rápidos, e é um bom lugar para se ficar alguns dias…pena que seria bem difícil ir com o Guanaquito, por causa da estradinha. Continuamos devagar pela estrada cheia de curvas e contracurvas, com alguns precipícios que terminavam no lago, e assim que chegamos perto de Pampa Linda, pudemos avistar, embora rodeado de nuvens, a imponência do Cerro Tronador, que tem aprox. 3.500 mt de altitude, e serve de limite natural entre Argentina e Chile, sendo o ponto mais alto nessa região da Cordilheira de Los Andes.
    https://es.wikipedia.org/wiki/Cerro_Tronador

    Subimos com os carros até o mirante do Glaciar (Geleira) no pé do Tronador, e passamos um bom tempo por lá, admirando aquela maravilha da natureza, sentindo um pouco o frio da geleira quando o vento soprava daquela direção.
    Retornamos para almoçar em Pampa Linda, e após o almoço, enquanto conversávamos desfrutando daquela vista maravilhosa, as meninas e Fabrício foram brincar de rondinha…parecíamos crianças de novo…rimos muito, jogados na grama e nas cadeiras ao sol gostoso da tarde fresquinha… ficamos um tempo descansando por lá, até dar a hora de retorno para a Ruta 40, e para nosso Camping, onde chegamos de tardinha, dando tempo para descansar e tirar algumas fotos, agora com céu claro.
    Foi um dia de bastante andar, tanto de carro quanto a pé, o que nos fez tomar banho, jantar e ir cedo para a cama, para aproveitar bem o dia seguinte.
    Lembrando, se desejar ver a foto ampliada, é só “clicar” com o botão direito do “mouse” nela, e “Abrir imagem em uma nova guia”, e pronto, a foto no seu tamanho maior abrirá noutra página.

    Fotos de Isabella:

    De manhã cedinho, o sol começa a iluminar a encosta da montanha.

    As águas cristalinas do Rio Manso, no caminho para o Cerro Tronador.

    A turma fazendo pose no Rio Manso.

    Mais de perto.

    A ponte vista de baixo.

    Vista de cima da ponte de madeira.

    Mirante da Ilha Coração, no Lago Mascardi, caminho ao tronador.

    Ilha Coração…porquê será que tem esse nome?

    Não, não é Gavião da Fiel…é falcão do Lago Mascardi.

    Eis que após uma curva, aparece ele, o Tronador, ainda com nuvens em torno.

    Chegando na base do Tronador.

    Ventisquero Negro, na base do Tronador.

    O Glaciar, com o Tronador encoberto de nuvens.

    A turma na base do Tronador.

    Começa a se ver melhor o Tronador.

    Turistas brasileiros noutra vista do Tronador, desde o refugio na base.

    A fauna local…

    Na base do Tronador.

    Bela foto do cume do Tronador; se calcula em mais de 200 mt de altura essa camada de neve.

    Vista do Tronador desde nosso local de almoço em Pampa Linda.

    Minhas fotos:

    Neiva e Isabella na Playa do Lago Mascardi, no caminho para o Tronador. Foto de Beti.

    A estradinha para El Tronador, vista desde o mirante da Isla Corazón.

    O Tronador visto desde a estrada.

    A “Turma do agasalho” no Tronador.

    Cerro Tronador.

    Vista da “Garganta del diablo”.

    Em Pampa Linda, a 7 km do Ventisquero Negro.

    Conferindo o protetor de cárter da Frontier; tinha um par de parafusos soltos, e por vezes, no caminho de rípio fazia barulho, más nada para se preocupar. Não lembro se foi Beti ou Neiva quem tirou a foto.

    Arroio do degelo…ideal para resfriar uma bebida a base de malte, lúpulo e água…

    As meninas e Fabrício brincando de rondinha com o Tronador ao fundo…muitas risadas…

    O Tronador visto desde Pampa Linda.

    No retorno ao Camping, a tarde estava linda, e permitiu esta foto do Lago Gutierrez, tirada desde a prainha do Camping, a poucos metros do Guanaquito.

    O Acampamento, tirada desde a beira do lago.

    Mais uma, agora deslocada um pouco à direita.

    Continua…

    #91712 Resposta
    Raimar
    Raimar
    Participante

    Dardo, mais uma vez parabéns pelo belo relato. Como você mencionou as trutas, tenho uma curiosidade: é permitido pescar (anzol e molinete) nos rios e lagos da Patagonia?

    #91714 Resposta
    Capt.A330
    Capt.A330
    Participante

    Buenas Raimar!
    Obrigado pelas considerações; sim, é permitido pescar, e de fato, muitos pescadores europeios, e especialmente norte-americanos, gostam muito de ir pescar por aquelas bandas.
    Claro que tem que obter uma permissão ou licença para pescar, por determinados valores, dependendo do tempo que irá exercer o esporte, e também, tem época do ano que não é permitida a pesca, como a nossa piracema.
    A pesca da truta é todo uma arte, pois o bicho é muito desconfiado e extremamente arisco e esperto; isso, claro, adiciona muito do encanto de pescar os mesmos.
    Te envio alguns “liks” sobre o tema, a partir do terceiro estão em espanhol, más acho que não terás problemas com a tradução; espero que gostes:
    http://www.sundance.com.br/destino/trutas-gigantes-no-coracao-da-patagonia-argentina
    http://www.pescacommosca.com.br/argent.htm
    http://pesca.patagoniaexpress.com/ (este aqui tem um guanaco na capa, kkk)
    http://www.pescaargentina.com.ar/anuncios/arranca-la-temporada-pesca-deportiva-junto-la-fiesta-nacional-la-trucha
    http://www.reglamentodepesca.org.ar/index.php
    http://www.elmundodelapesca.com.ar/galeria.htm
    http://www.interpatagonia.com/pesca/Reglamento-de-Pesca-Deportiva-2015-2016.pdf
    http://aguaspatagonicas.com/cuenca-del-rio-futaleufu/lago-cholila
    Este Lodge de pesca, que acho fantástico, é aquele que aparece em muitas das fotos que ilustram os relatos das minhas viagens para aquelas bandas com o Guanaquito:
    http://www.cholilalodge.com.ar/
    Lembrando também, que é um esporte caro se for com uma excursão com todo incluído, como passagem aérea, licença, hotel, aluguel de barcos, guias do lugar, comidas, equipamentos para alugar, etc; claro que nesse caso, a preocupação é zero, é só pescar, e que alguém vai se ocupar de toda a logística (tem empresas que fazem tudo).
    O ideal, é ir com um RV, com tua carretilha e iscas artificiais (só podem ser iscas artificias para pesca esportiva, pois com iscas vivas, se te pegarem, dá pesadas multas, apreensão de equipamentos, e até cadeia, dependendo do caso!), obter tua licença de pesca por uns dias (por quinzena ou mês é mais em conta), e pescar nos lugares apropriados; é muito mais barato!
    Fotos da minha pesca no Lago Cholila:

    Foi daqui que fisguei ela, nesse mini cais:

    Grande abraço Raimar.

    Dardo.

    #91719 Resposta
    Raimar
    Raimar
    Participante

    Dardo, eficiente como sempre. Mas a minha ideia é de aproveitar uma folga a beira de um rio ou lago, durante uma viagem de RV, e tentar fisgar uma janta fresquinha.

PARTICIPE DO FORUM PELO FORMULÁRIO ABAIXO.
Visualizando 10 posts - 151 até 160 (de 215 do total)
Responder a: Patagonia 2016: Expedição MaCamp de Trailer.

You can use BBCodes to format your content.
Your account can't use Advanced BBCodes, they will be stripped before saving.

Sua informação:




CLASSIFICADOS: